Edição do dia 18/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Os últimos dias da 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Confira o que aconteceu nesta semana e o que vai movimentar o fechamento da festa
1ª Semana Lixo Zero: Tudo pronto na programação
GERAL - Objetivo é incluir o município na lista de cidades com o título Lixo Zero, concedida pelo ILZ
Menos barulho nas comemorações de fim de ano
GERAL - Assembleia Legislativa aprovou dois projetos referentes ao uso de fogos de artifício
Evento apresenta o que há de melhor em arquitetura
GERAL - Os ambientes foram decorados por profissionais renomados
Equipe do Colégio Mauá se destaca no Nacional
GERAL
Novo Cabrais: Novas soberanas serão conhecidas nesta sexta
VARIEDADES
Novo Cabrais: Uma história que se constrói a cada dia
GERAL - Município comemora 23 anos de emancipação político-administrativa com desenvolvimento e progresso
Novo Cabrais: Saúde realiza atividade de prevenção
SAÚDE
Novo Cabrais: Feira de Saúde terá palestras sobre depressão e suicídio
SAÚDE - Evento tratará tema que vem em crescente demanda no município e na região e também oferecerá serviços gratuitos
Empregar RS disponibilizará 50 vagas
GERAL
Marcel Knak é o novo coordenador
GERAL - Ele será responsável por atender 23 municípios da região
Fios de Esperança: um ato de amor
GERAL - Projeto voluntário promove a autoestima e melhora a qualidade de vida de pacientes com câncer
Dia do médico: Celebre o profissional que cuida da sua saúde
ESPECIAIS
Dia do pintor: Eles dão mais cor ao nosso mundo
ESPECIAIS
Farsul em Campo: Seminário teve um dia repleto de atividades
GERAL - Evento contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas
Pompéia de cara nova
EMPRESARIAL - A loja ampliou o espaço e o mix de produtos
Influencers Live Show: Gravações iniciam na próxima semana
GERAL - O programa vai ao ar a partir do dia 2 de novembro
Entrega de recursos ocorre na próxima terça-feira
GERAL

Muita paciência nesta temporada

Focando no Esporte - Júlio Mello - 20/06/2018

O esporte é assim mesmo. Nem sempre se vence e nem sempre se perde. Se no ano passado deu tudo certo, este ano o Projeto Pés no Chão passa por dificuldades dentro de quadra. Fora dela, está andando conforme o estabelecido. O time não está conseguindo vencer nesta temporada. São seis partidas e seis derrotas. A jovem equipe comandada por Cleber Pereira, não está conseguindo fazer com que a bola entre. Fizeram boas partidas, mas acabaram sucumbindo. Não é nada fácil. Contudo, não dá para desistir. O projeto foi feito para jogadores pratas da casa e deverá seguir assim, apesar dos infortúnios da competição. O objetivo é formar bons cidadãos através do esporte. Portanto, vai ter seguimento o projeto com ou sem derrotas.

Muito bem fora de quadra

O Projeto Pés no Chão está muito bem organizado fora de quadra. A gestão Cleber Pereira tem feito várias parcerias e isso inclui arbitragens, ambulâncias, uniformes e outras coisas primordiais para o dia a dia. Os jogadores estão ganhando tudo o que precisam para jogar um bom futsal. Contudo, o esporte é assim. Mesmo que se faça tudo dentro do que é o organizado, em alguns casos a vitória não acontece dentro de quadra. No último sábado, a equipe jogou em Passo Fundo e perdeu por 5x1.

As grandes decepcionaram

Brasil, Alemanha e Argentina, todas elas decepcionaram seus torcedores. A Argentina do badalado Messi, empatou e com um pênalti perdido por ele. Já a Alemanha perdeu na estreia para o México. Já o Brasil, do concorrido treinador Tite e do Neymar, não conseguiu vencer a pobre Suíça. Vai ter que vencer, e bem, os dois jogos seguintes. Jogou pouco demais o Brasil, para quem quer ser campeão mundial tem que jogar muito mais.

Grande Bimba

Na semana passada, o grupo de jogadores da Assaf pôde ouvir a história de vida do Bimba, ex-atleta do Corinthians. Eu sempre falo dele no meio esportivo. Em uma de suas falas, ele disse aos jogadores: “Quem toma as decisões somos nós mesmos. Ninguém pode decidir o que fazer por nós. Nós somos os responsáveis por todas as decisões que tomamos na vida”. Felipe Wahrendorff, seu nome verdadeiro, falou ainda de como ele se formou jogando basquete: “Eu nem jogava muito. Mas treinava bastante. Tudo que temos dentro da cabeça não perdemos”. Portanto, uma grande palestra de uma pessoa que é vencedora. Valeu, Bimba, pela presença.

Palestra ocorreu dentro do vestiário da AssafPalestra ocorreu dentro do vestiário da Assaf Crédito: Julio Mello

Ainda a Copa Cidade

O campeonato teve bons times que ficaram pelo caminho. O Esmeralda e o Faxinal são dois bons exemplos. Fizeram por merecer os elogios antes de ficarem de fora das finais. Outra equipe que se mostrou guerreira e por pouco não chegou à final foi o San Lorenzo, do Oda. Claro que não tinha a mesma qualidade técnica dos que chegaram às finais, mas a garra e a vontade de vencer eram bem grandes.

José de Abreu (primeiro à esquerda) na entrega de troféus para direção do San LorenzoJosé de Abreu (primeiro à esquerda) na entrega de troféus para direção do San Lorenzo Crédito: Julio Mello

Merecida a medalha

Outra coisa que gostei foi a escolha do árbitro destaque da Copa Cidade. Realmente foi acertado o nome do Willian Jacobs. O Daronco apitou a final entre Bom Jesus e Belvedere, mas ainda acho que deveria ser um daqui da nossa cidade.

Um grande batalhador

Tenho que elogiar também aqui neste espaço o grande trabalho realizado pelo Jeferson de Souza, o famoso Redondo. Evidente que poderia não ganhar a Copa Cidade, mas foi com o seu trabalho aglutinador que muita gente se envolveu com o clube Bom Jesus. Redondo merece os elogios pela grande conquista, e muita coisa passou pela sua mão. Parabéns por este belo trabalho em sua comunidade, meu amigo. Aproveitando a oportunidade, também quero elogiar o líder Clairton Ferreira, do mesmo bairro.

Redondo, do Bom JesusRedondo, do Bom Jesus Crédito: Divulgação/Facebook