Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América
Brique da Praça completa 10 anos de atividades
GERAL
Luizinho Ruas ingressa com projeto que declara Coomcat de utilidade pública
GERAL
Copa Cidade Miller Supermercados tem dois jogos no domingo
ESPORTES - Partidas são válidas pela primeira fase do certame
Santa Cruz do Sul está em estado de alerta
SAÚDE - Com 62 notificações da doença, município realiza ações intensas de combate ao mosquito, mas, a colaboração da população é fundamental
Residencial Bem-Viver: um sonho para a terceira idade
GERAL - Para finalizar as obras do complexo a ajuda de parceiros é necessária
Qualidade e bom atendimento em novo endereço
GERAL
Inscrições para representantes encerram dia 19 de junho
GERAL
Unisc desenvolve atividades na escola José Mânica
GERAL
Florais Quânticos são o tema de curso neste final de semana
GERAL
Predilar: Há 32 anos tornando seu sonho realidade
GERAL
Sincotec-Varp realiza curso intensivo
GERAL
Atitude humana
EDITORIAL
Ter metas desafiadoras é um estímulo para potencializar a gestão do negócio
GERAL

Muita paciência nesta temporada

Focando no Esporte - Júlio Mello - 20/06/2018

O esporte é assim mesmo. Nem sempre se vence e nem sempre se perde. Se no ano passado deu tudo certo, este ano o Projeto Pés no Chão passa por dificuldades dentro de quadra. Fora dela, está andando conforme o estabelecido. O time não está conseguindo vencer nesta temporada. São seis partidas e seis derrotas. A jovem equipe comandada por Cleber Pereira, não está conseguindo fazer com que a bola entre. Fizeram boas partidas, mas acabaram sucumbindo. Não é nada fácil. Contudo, não dá para desistir. O projeto foi feito para jogadores pratas da casa e deverá seguir assim, apesar dos infortúnios da competição. O objetivo é formar bons cidadãos através do esporte. Portanto, vai ter seguimento o projeto com ou sem derrotas.

Muito bem fora de quadra

O Projeto Pés no Chão está muito bem organizado fora de quadra. A gestão Cleber Pereira tem feito várias parcerias e isso inclui arbitragens, ambulâncias, uniformes e outras coisas primordiais para o dia a dia. Os jogadores estão ganhando tudo o que precisam para jogar um bom futsal. Contudo, o esporte é assim. Mesmo que se faça tudo dentro do que é o organizado, em alguns casos a vitória não acontece dentro de quadra. No último sábado, a equipe jogou em Passo Fundo e perdeu por 5x1.

As grandes decepcionaram

Brasil, Alemanha e Argentina, todas elas decepcionaram seus torcedores. A Argentina do badalado Messi, empatou e com um pênalti perdido por ele. Já a Alemanha perdeu na estreia para o México. Já o Brasil, do concorrido treinador Tite e do Neymar, não conseguiu vencer a pobre Suíça. Vai ter que vencer, e bem, os dois jogos seguintes. Jogou pouco demais o Brasil, para quem quer ser campeão mundial tem que jogar muito mais.

Grande Bimba

Na semana passada, o grupo de jogadores da Assaf pôde ouvir a história de vida do Bimba, ex-atleta do Corinthians. Eu sempre falo dele no meio esportivo. Em uma de suas falas, ele disse aos jogadores: “Quem toma as decisões somos nós mesmos. Ninguém pode decidir o que fazer por nós. Nós somos os responsáveis por todas as decisões que tomamos na vida”. Felipe Wahrendorff, seu nome verdadeiro, falou ainda de como ele se formou jogando basquete: “Eu nem jogava muito. Mas treinava bastante. Tudo que temos dentro da cabeça não perdemos”. Portanto, uma grande palestra de uma pessoa que é vencedora. Valeu, Bimba, pela presença.

Palestra ocorreu dentro do vestiário da AssafPalestra ocorreu dentro do vestiário da Assaf Crédito: Julio Mello

Ainda a Copa Cidade

O campeonato teve bons times que ficaram pelo caminho. O Esmeralda e o Faxinal são dois bons exemplos. Fizeram por merecer os elogios antes de ficarem de fora das finais. Outra equipe que se mostrou guerreira e por pouco não chegou à final foi o San Lorenzo, do Oda. Claro que não tinha a mesma qualidade técnica dos que chegaram às finais, mas a garra e a vontade de vencer eram bem grandes.

José de Abreu (primeiro à esquerda) na entrega de troféus para direção do San LorenzoJosé de Abreu (primeiro à esquerda) na entrega de troféus para direção do San Lorenzo Crédito: Julio Mello

Merecida a medalha

Outra coisa que gostei foi a escolha do árbitro destaque da Copa Cidade. Realmente foi acertado o nome do Willian Jacobs. O Daronco apitou a final entre Bom Jesus e Belvedere, mas ainda acho que deveria ser um daqui da nossa cidade.

Um grande batalhador

Tenho que elogiar também aqui neste espaço o grande trabalho realizado pelo Jeferson de Souza, o famoso Redondo. Evidente que poderia não ganhar a Copa Cidade, mas foi com o seu trabalho aglutinador que muita gente se envolveu com o clube Bom Jesus. Redondo merece os elogios pela grande conquista, e muita coisa passou pela sua mão. Parabéns por este belo trabalho em sua comunidade, meu amigo. Aproveitando a oportunidade, também quero elogiar o líder Clairton Ferreira, do mesmo bairro.

Redondo, do Bom JesusRedondo, do Bom Jesus Crédito: Divulgação/Facebook