Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Jaqueline na maior liga do atletismo mundial
ESPORTES - Atleta da AMO participou da Diamond League em Rabat, Marrocos
Maurício Scota conquista 4 ouros nos JUGS
ESPORTES - Nadador está classificado para os Jogos Universitários Brasileiros
Mauá traz três primeiros lugares da primeira etapa do Estadual de Ginástica Rítmica
ESPORTES - Alice Silva, Júlia Furtado e Rafaela Cavalheiro conquistaram títulos nas suas categorias
Câmara aprova criação de comissão processante e escolhe membros
GERAL
Computação na Educação lança material didático nesta terça-feira na Unisc
EDUCAÇÃO
OAB promove palestra: Vamos conversar sobre o racismo?
GERAL
Unidos da Villa e Esmeralda fazem o jogo dos líderes do grupo B
ESPORTES - No domingo, Copa Cidade Miller Supermercados teve vitórias do San Lorenzo e Margarida
Lifasc Sub-18: João Alves se isola ainda mais na liderança
ESPORTES - Equipe derrotou o Aliança por 2x0 neste domingo e mantém-se invicto
DESENVOLVIMENTO REGIONAL: Corede/VRP faz renovação da Assembleia
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Cursos de Gastronomia e Nutrição da Unisc promovem prática culinária com alunos do Uniama
GERAL
APAE promove Feijoada
GERAL
Educar-se promove novo encontro para famílias
EDUCAÇÃO
Mais de 1,1 mil candidatos realizam o Vestibular de Inverno da Unisc
GERAL
Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé
Endurance Brasil: Xandy e Xandinho Negrão continuam líderes
ESPORTES - Pai e filho fecham a terceira etapa de Santa Cruz do Sul com pódio e mantêm a liderança na geral e na categoria GT3
Pinheiral leva o bicampeonato no Futebol Sete Master da Lifasc
ESPORTES - Equipe derrotou o Linha Santa Cruz na decisão, por 4x3 de virada, em partida eletrizante
De camisa branca, o Brasil vence na estreia
ESPORTES - Seleção fez 3 a 0 sobre a Bolívia pela Copa América

Reféns da Própria Espécie

Valério Garcia - 06/07/2018

A cada dia que passa, mais difícil fica para assistir televisão, ler jornais, escutar rádio ou qualquer outro meio de comunicação. Estamos sempre angustiados e apreensivos devido ao grande número de casos envolvendo as mais variadas formas de violência. Chegamos a questionar certas notícias que escutamos, ao ponto de duvidar que sejam seres humanos os protagonistas de tamanhas aberrações. E o que é pior: os escrúpulos envolvem desde os mais velhos, até as singelas crianças. Sim, o ser dito humano, perdeu totalmente o sentido das palavras sentimento e humanidade! Estamos reféns de nós mesmos. Reféns da nossa espécie.
A Escola é uma das responsáveis para a mediação do conhecimento entre professores e alunos, num elo indivisível com a comunidade escolar. A comunidade precisa, imediatamente, aproximar-se da Escola antes que outras pessoas o façam. A família encontra-se cada vez mais fragmentada e aqueles que vivem às custas da violência, ficam como aves de rapina esperando o momento de atacar. 
Crescemos ouvindo um ditado popular: “A educação se traz de casa, deve vir do berço”. Até que ponto estamos conseguindo educar nossas crianças em casa, principalmente com limites e com exemplos bem sucedidos? Este papel não pode ser transferido somente para a Escola, embora ela pode e deve ajudar, para benefício de seus (nossos) filhos. 
Neste momento, mais do que nunca, estamos precisando de processos que envolvam a humanização. Desde a educação infantil, até o ensino superior, devemos trabalhar valores com nossos alunos. Até o fim de nossas vidas pois, em determinados momentos somos professores, em outros, seremos alunos. A vida é assim: um eterno aprendizado. Valores baseados em cooperação, sinceridade, humildade e sobretudo amabilidade, entre tantos outros, deverão fazer com que as pessoas tornem-se mais fraternas e consequentemente mais humanas. Quem não tem um filho, irmão, ou outro ente querido que mora longe, que viaja e que a gente não descansa enquanto não recebe uma mensagem, um toque ou uma ligação dizendo que chegou bem? Só assim conseguimos dormir sossegados.
Sossego e Paz não estão à venda em balcão algum, mas parecem custar tão caro, pois são muito difíceis de se encontrar! Mas não percamos a esperança, não percamos a vontade de ver e sentir um mundo melhor, afinal de contas seremos nós os beneficiados. Bom final de semana.