Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Os negócios da China

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 06/07/2018

Segundo informa matéria publicada pela BBC Brasil, somente ano passado a China comprou 21 empresas brasileiras, gastando um total de US$ 21 bilhões, sendo 80% deste investimento no setor da energia. 

Tal volume de investimento somente demonstra a capacidade e a voracidade deste gigante Asiático, que apesar de estar plenamente adequado a economia de mercado, mantêm no campo da política o poder centralizado no Partido Comunista, que controla de forma muito forte boa parte das empresas chinesas, sendo que os investimentos  feitos no Brasil estão sendo patrocinados por empresas estatais.
O preâmbulo acima somente serve de sinalizador para os fatos estranhos que estamos vivendo em nosso País. Se de um lado, ao que tudo indicam os movimentos políticos de vários setores da sociedade, estamos frente a uma segunda leva muito profunda de privatização de patrimônios públicos, sob argumento de que o Estado não tem capacidade de gerir, e  que o papel do Estado deve se restringir de cuidar da Saúde, Educação e Segurança.
É evidente que modelo político/econômico/social da China não serve de modelo para ninguém e muito menos para Brasil, mas não podemos aceitar de forma ingênua o argumento que o papel o Estado se resume ao trinômio Saúde/Educação/Segurança. A velha e já cansada mão invisível do mercado históricamente não deu conta de regular as várias faces de uma economia globalizada, onde cada dia mais, as grandes corporações combinam entre si preços, juros, novas demandas em todos os setores da economia, deste a produção de alimentos, combustíveis, computadores, medicamentos, etc...
A era do conhecimento de certa forma criou uma armadilha, pois nos vende a ilusão de ter direito ao acesso de tudo, mas na realidade a pesquisa e o produto dela tornou-se mercadoria controlada por poucas corporações, na sua grande maioria não estatais, à exceção, é claro da China.