Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL
Persuasão interna é o caminho para a alta performance
GERAL

Uma chance à poesia

'Um quarto de Lua' - Edison Botelho

A Leitura que Habito - Luana Ciecelski - 24/07/2018

A minha relação com a poesia começou bastante tarde quando eu já me encontrava na fase adulta. Não me lembro de ter tido um grande contato com ela na escola, nem mesmo no sentido teórico e não a procurei por conta própria, porque sempre achei que eu preferia a prosa e ponto final. Em função disso, eu sempre me senti um pouco desconfortável para falar sobre poesia. Quase como uma analfabeta nesse assunto. 

Ainda assim, entretanto, vim falar sobre um livro de poesia na coluna de hoje: o “Um quarto de Lua” do Edison Botelho. Resolvi falar sobre ele, porque recentemente ele ajudou a mudar a minha relação com a poesia. Acontece o seguinte: mesmo depois que passei a ter mais contato com a poesia, porque bons livros foram chegando às minhas mãos, esse contato foi deficiente. Eu custei a perceber que o prazer proporcionado pela poesia é diferente do da prosa. Que a forma de busca-lo é diferente também. Nas minhas primeiras leituras de versos, eu tinha presa pra ler e pra encontrar sentido. E então a leitura era muito superficial. 

Crédito: Divulgação

Mas então, há algum tempo fui ao lançamento desse livro do Botelho e eu resolvi que eu faria uma leitura diferente. Cheguei em casa, abri o livro, e pela primeira vez eu me deixei levar pela poesia, e deixei que ela dissesse aquilo que ela queria dizer. Li em voz alta, palavra por palavra. Apreciando o som delas. E então o sentido veio aos poucos. E eu gostei do que encontrei nele.
Não posso falar muito mais do que isso, porque como falei antes, não me sinto apta para tecer comentários. Mas posso falar com minha experiência de alguém que está aprendendo a ler poesia, que esse livro é muito gostoso, porque os versos são bonitos e expressam com muita clareza situações e sentimentos humanos. Essa é uma poesia que me fez querer ler mais poesia. 

Mas, sobretudo, escrevo essa coluna hoje, e faço essas confissões, porque imagino que assim como eu deve haver outras pessoas que tiveram apenas um contato superficial com a poesia. E com essa coluna quero dizer pras pessoas que deem uma nova chance aos poemas e seus poetas, insistam neles, deixem-se levar por eles uma vez mais. Porque poesia é alma. Agora eu sei.