Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES
18,2 mil exemplares foram vendidos
VARIEDADES - Além do sucesso em vendas, o público também compareceu e lotou a Praça Getúlio Vargas

Uma chance à poesia

'Um quarto de Lua' - Edison Botelho

A Leitura que Habito - Luana Ciecelski - 24/07/2018

A minha relação com a poesia começou bastante tarde quando eu já me encontrava na fase adulta. Não me lembro de ter tido um grande contato com ela na escola, nem mesmo no sentido teórico e não a procurei por conta própria, porque sempre achei que eu preferia a prosa e ponto final. Em função disso, eu sempre me senti um pouco desconfortável para falar sobre poesia. Quase como uma analfabeta nesse assunto. 

Ainda assim, entretanto, vim falar sobre um livro de poesia na coluna de hoje: o “Um quarto de Lua” do Edison Botelho. Resolvi falar sobre ele, porque recentemente ele ajudou a mudar a minha relação com a poesia. Acontece o seguinte: mesmo depois que passei a ter mais contato com a poesia, porque bons livros foram chegando às minhas mãos, esse contato foi deficiente. Eu custei a perceber que o prazer proporcionado pela poesia é diferente do da prosa. Que a forma de busca-lo é diferente também. Nas minhas primeiras leituras de versos, eu tinha presa pra ler e pra encontrar sentido. E então a leitura era muito superficial. 

Crédito: Divulgação

Mas então, há algum tempo fui ao lançamento desse livro do Botelho e eu resolvi que eu faria uma leitura diferente. Cheguei em casa, abri o livro, e pela primeira vez eu me deixei levar pela poesia, e deixei que ela dissesse aquilo que ela queria dizer. Li em voz alta, palavra por palavra. Apreciando o som delas. E então o sentido veio aos poucos. E eu gostei do que encontrei nele.
Não posso falar muito mais do que isso, porque como falei antes, não me sinto apta para tecer comentários. Mas posso falar com minha experiência de alguém que está aprendendo a ler poesia, que esse livro é muito gostoso, porque os versos são bonitos e expressam com muita clareza situações e sentimentos humanos. Essa é uma poesia que me fez querer ler mais poesia. 

Mas, sobretudo, escrevo essa coluna hoje, e faço essas confissões, porque imagino que assim como eu deve haver outras pessoas que tiveram apenas um contato superficial com a poesia. E com essa coluna quero dizer pras pessoas que deem uma nova chance aos poemas e seus poetas, insistam neles, deixem-se levar por eles uma vez mais. Porque poesia é alma. Agora eu sei.