Edição do dia 22/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida empata pela segunda vez no Gauchão
ESPORTES - Periquito cedeu igualdade para o Brasil de Pelotas. Próximo jogo é domingo contra o Caxias, fora
Unisc divulga listão dos aprovados no curso de Medicina
GERAL
Secretaria de Esporte promove 1º Santa Cruz Kangoo Fest
ESPORTES
Seminário Internacional com inscrições abertas
EDUCAÇÃO
Centro de Cultura será revitalizado
VARIEDADES
Estão abertas as inscrições de produções audiovisuais de todo o RS para o 6º CineSerra
VARIEDADES
RS pede a suspensão de reajuste de juízes, promotores e defensores
POLÍTICA - Governador faz reunião de emergência e detalha crise financeira
Desenvolvimento Regional
GERAL - Unisc e Unitau promovem Doutorado Interinstitucional
Processos de cassação do direito de dirigir cresceram em 2018 no RS
GERAL
Denúncias aumentam entre dezembro e março
GERAL - Fiscalização já emitiu mais de 100 notificações sobre terrenos baldios em janeiro
As tensões na agenda
OPINIÃO
A educomunicação, o jornal e a sala de aula
OPINIÃO
Produção e difusão do conhecimento: estratégia propulsora para inovação
OPINIÃO
Dia do Aposentado: Passo a passo, a evolução da Previdência
ESPECIAIS
Apopesc investe para atrair novos associados
ESPECIAIS
Santa Cruz já pode ter cemitérios privados para animais
GERAL - A partir de agora cabe a empresas interessadas abraçar a causa
Gauchão 2019: Avenida recebe o Brasil de Pelotas
ESPORTES - Periquito, que vem de empate na primeira rodada em Veranópolis, enfrenta Xavante hoje à noite, nos Eucaliptos
Crítica à perpetuação no poder
EDITORIAL - O caso da Venezuela evidencia as consequências da ditadura

Poema do amigo aprendiz

Osvino Toillier - 24/08/2018

Os mais belos sentimentos são sempre melhor expressos pela poesia. Com refinada sensibilidade, o poeta consegue captar a beleza sutil das coisas, se vale de metáforas para capturar a pureza dos sentimentos, a originalidade das emoções, enfim, a beleza intrínseca e periférica de uma pedra bruta e tosca.
Como nossa temática é amizade, vamos convocar o poeta Fernando Pessoa para nos ajudar nesta pretensão de discorrer sobre este belo sentimento. Ele nos brinda com esta pérola: “Quero ser o teu amigo. Nem demais e nem de menos. Nem tão longe e nem tão perto. Na medida mais precisa que eu puder. Mas amar-te sem medida e ficar na tua vida. Da maneira mais discreta que eu souber. Sem tirar-te a liberdade, sem jamais te sufocar. Sem forçar tua vontade. Sem falar, quando for hora de calar. E sem calar, quando for hora de falar. Nem ausente, nem presente por demais. Simplesmente, calmamente, ser-te paz. É bonito ser amigo, mas confesso é tão difícil aprender! E por isso eu te suplico paciência. Vou encher este teu rosto de lembranças. Dá-me tempo de acertar nossas distâncias”.
Como é bom poder curtir os amigos. Sem eles, a gente não poderia viver. Eles são essenciais à vida. Suportaria perder tudo, menos os meus amigos, mesmo que a gente fique longo período sem se ver.
As prolongadas ausências podem gerar sentimentos estranhos, e não poucas vezes o tão desejado encontro gera impressões nem sempre agradáveis. 
Amizade é, portanto, um sentimento precioso, e os amigos são muito importantes e preciosos em nossa vida, mas exigem que continuemos regando este sentimento como uma frágil plantinha, que precisa de água e amparo para fortalecer-se sempre.