Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria
Presidente dos Festejos Farroupilhas destaca a importância da cultura gaúcha
VARIEDADES
Tchê Bistrô e Arte: enaltecendo a tradição gaúcha
VARIEDADES
A força buscada nos versos
VARIEDADES
Cavalos passarão por inspeção antes do desfile
VARIEDADES - Além da Guia de Transporte Animal (GTA), será exigida apresentação de comprovantes para verificar as condições de saúde do animal
CTG de Paredão entregará 500kg em doações
VARIEDADES
Segurança Pública será reforçada em 36 municípios
POLÍCIA - Municípios da região receberão um total de aproximadamente R$ 2 milhões
Assaf vai encarar a Assoeva nas quartas de final
ESPORTES

O que está acontecendo?

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 07/12/2018

O questionamento acima certamente está sendo feito por muitos cidadãos do mundo ocidental sobre os rumos da democracia e da própria política, pois as eleições tanto aqui no Brasil, como nos EUA demonstram uma tendência muito clara do avanço de teorias liberais, nacionalistas e preconceituosas.  
O interessante que o movimento de direita, se assim pode ser conceituado, sucede um processo de democratização que teve início na segunda metade do século XX, onde a queda de um grande contingente de ditadores, tanto na Europa como aqui na América Latina.  Não estou aqui sentenciando de que os ditadores estão voltando, mas tenho a impressão que vários eleitos aqui no Brasil não tem nenhuma vergonha de terem sido apoiadores do regime militar, e que de certa forma se orgulham de tal biografia, pois segundo a versão destes, livraram o Brasil do comunismo.
Se é verdade que a onda de descrédito da política e dos políticos fez com que os eleitores votem em salvadores da Pátria, como parece o caso de Donald Trump e Jair Bolsonaro, por outro lado, tem-se a impressão que não há a mesma preocupação sobre a manutenção da democracia e no aprimoramento desta.
Tal comportamento também se replica no mundo, onde propostas nacionalistas ganham força, seja com a retirada do Reino Unido da União Europeia, com a eleição da direita em vários países europeus, aliados a grupos racistas, homofóbicos de extrema direita.
E o interessante que tudo isto ocorre após quase 50 anos de democratização de muitos países, dentre os quais o nosso e vizinhos da América Latina. Com certeza, todos os democratas do mundo devem estar se questionando, qual o motivo de um meio século de democracia ter parido esta nova direita?  Será que Bertoldt Brecht tinha razão quando afirmou que “a cadela do fascismo está sempre no cio”? Não quero acreditar.