Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Expoagro Afubra 20 anos define tema
GERAL
Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES

A escola numa encruzilhada

Osvino Toillier - 07/12/2018

Eu guardo comigo uma das mais belas e poéticas definições de escola, formuladas pelo inesquecível Rubem Alves: “A missão da escola e do professor é ajudar a descobrir a beleza adormecida em cada ser humano e abrir as avenidas fundamentais dos sonhos”.
Este pensamento que nos leva às alturas, deveria estar escrito na entrada de cada instituição educacional, porque não permitiria que tornasse refém de qualquer ideologia e se apequenasse diante de correntes pedagógicas e políticas.
Isto remete à autonomia, (eu não falei superioridade!) para refletir livremente sobre as diferenças, sempre preservada a identidade. Como eu tenho saudade da escola nosso tempo, em que diferentes correntes de pensamento circulavam! Ouvíamos pelo rádio inflamados discursos de líderes políticos e atravessamos fases turbulentas de nossa história, mas não nos tornamos reféns de ninguém.
Por isto, não gosto da ideia da “escola sem partido”, porque a torna refém de ideologia, que é o contraponto da “escola livre”, em que diferentes correntes de pensamento possam ser abordados, sempre sob a liderança do professor, sem que este faça da cátedra espaço de conversão ideológica.
Querer impedir que a escola faça a análise das correntes ideológicas é um equívoco e um retrocesso. O que não pode é converter o aluno a uma linha de pensamento, torná-lo refém das crenças do professor. O mandamento máximo é a liberdade de cátedra, com a liberdade de o aluno escolher.
Cada escola é espaço sagrado para a formação de consciências, a partir do livre arbítrio do aluno, como foi no nosso tempo. Este pressuposto esteve presente ao longo da minha vida como professor e diretor.