Edição do dia 21/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Série Ouro de Futsal: Assaf perde primeira como mandante
ESPORTES - Tricolor jogou em Vale Verde e foi derrotado por 5x3
Copa Cidade Miller define os playoffs
ESPORTES - Competição encerrou a fase classificatória
Aliança goleia São José e cresce na Copa CFC Celso
ESPORTES - Mobilização é pela realização da primeira etapa da Olimpíada Rural, no próximo domingo
Troca de mensagens: Sergio Moro adia ida à Câmara
POLÍTICA - Ministro viajou para os Estados Unidos no último fim de semana e não comparecerá à audiência pública
Seleção feminina cai na prorrogação diante da França
ESPORTES - Brasil foi eliminado nas oitavas de final da Copa do Mundo
Avenida perde nos pênaltis e está fora da Série D
ESPORTES - Caxias classificou-se dentro dos Eucaliptos com vitória nas penalidades por 6 a 5
Brasil goleia Peru e jogará quartas de final na Arena do Grêmio
ESPORTES - Time brasileiro ficou com o primeiro lugar do Grupo A da Copa América
Copa Cidade tem três jogos no final de semana
ESPORTES - Rodada conta com os últimos confrontos da fase classificatória
Patinação: Copa XLise e Festival 25 anos movimentam Poliesportivo
ESPORTES - Evento ocorre neste sábado e movimenta patinadores de todo o Estado
Mais de 10 mil peças para aquecer os cabraisenses
GERAL - Distribuição das roupas arrecadadas ocorreu nesta terça-feira (18) para centenas de famílias moradoras de Novo Cabrais
Lixo eletrônico será recolhido na terça
GERAL - Mutirão da prefeitura vai passar por todas as localidades para coletar os materiais e dar o destino correto aos mesmos
Ipiranga leva a livre e Associação conquista o veterano
ESPORTES - Novo Cabrais conheceu os campeões do municipal de futebol sete, na última sexta-feira, no Centro Desportivo Municipal
Bela Vista e Flamengo jogam nesta sexta
ESPORTES
Copa Feminina: Brasil pega a França
ESPORTES
Série Ouro: Assaf faz parceria e vai jogar em Vale Verde
ESPORTES
Copa América: Diante do Peru, tentativa de reação
ESPORTES - Seleção Brasileira passa por fase de incertezas. Em 1989, time superou dificuldades
São Martinho é campeão em Monte Alverne
ESPORTES
Série D do Brasileiro: Avenida precisa de vitória simples
ESPORTES - Torcida deverá lotar o Estádio dos Eucaliptos, domingo, às 16h, contra o Caxias, valendo classificação

Escola sem partido: método ou conteúdo

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 14/12/2018

O tema escola sem partido, é fruto de um novo pseudodebate instalado no País, pois a polêmica na comunidade acadêmica é antiga, eis que não é de hoje a intenção de uma redução de matérias vinculadas às ciências humanas, e uma maior ênfase em conhecimentos técnicos e profissionalizantes, o que aliás sempre teve defensores no campo conservador da academia, apesar de minoritário, tem apoio importante em setores ainda mais conservadores da sociedade, esta, por sua vez,  cada dia mais expressiva.
Muitos dos profissionais da educação se manifestam contrários a proposta, o que inclusive deverá fazer o Congresso Nacional recuar, pois é evidente o equívoco cometido, pois além de não ter feito nenhuma discussão com a comunidade estudantil, os fundamentos teóricos adotados para o remendo proposto não encontra amparo no mundo da vida, pois, como muito bem foi explicitado por vários educadores, em um mundo que cada dia somos incitados para especialidade, o ambiente escolar deve ofertar a possibilidade de visão holística do mundo, não podendo a análise política ser olvidada.
Assim, a redução na carga horária de ciências humanas como sociologia e filosofia, história, demonstra o total despreparo dos formuladores de tal proposta, pois antes de sermos bons médicos, engenheiros, advogados, ou qualquer outro ofício, devemos ter uma formação humanística sólida, que possibilite o exercício ético da atividade profissional escolhida. 
A escola antes de oferecer formação profissional, o que é muito importante, deve formar pessoas humanas melhores, que tenham capacidade de compreender seu papel na sociedade. Não concordo muito com a tese de que educação se traz de casa, pois é condenar os infortunados sem lar consolidado a desventura eterna. É na escola que devemos ter a oportunidade de reverter mazelas que a vida não oportunizou para muitos, e não é possível cumprir tal missão sem a compreensão do todo.
Por fim, considero que qualquer reforma educacional deve ser pensada a partir do método que estimule o estudante almejar a buscar o conhecimento, e que a formação proveja o indivíduo de elementos que lhe dê capacidade de julgamento sobre todos os atos de sua vida, inclusive sobre sua vida profissional.