Edição do dia 14/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Unisc divulga listão dos aprovados no Vestibular de Inverno
GERAL
Classificada: Seleção vence a Itália
ESPORTES - Time brasileiro feminino avançou para as oitavas de final
Prefeito Telmo Kirst anuncia saída do PP
POLÍTICA
Jaqueline na maior liga do atletismo mundial
ESPORTES - Atleta da AMO participou da Diamond League em Rabat, Marrocos
Maurício Scota conquista 4 ouros nos JUGS
ESPORTES - Nadador está classificado para os Jogos Universitários Brasileiros
Mauá traz três primeiros lugares da primeira etapa do Estadual de Ginástica Rítmica
ESPORTES - Alice Silva, Júlia Furtado e Rafaela Cavalheiro conquistaram títulos nas suas categorias
Câmara aprova criação de comissão processante e escolhe membros
GERAL
Computação na Educação lança material didático nesta terça-feira na Unisc
EDUCAÇÃO
OAB promove palestra: Vamos conversar sobre o racismo?
GERAL
Unidos da Villa e Esmeralda fazem o jogo dos líderes do grupo B
ESPORTES - No domingo, Copa Cidade Miller Supermercados teve vitórias do San Lorenzo e Margarida
Lifasc Sub-18: João Alves se isola ainda mais na liderança
ESPORTES - Equipe derrotou o Aliança por 2x0 neste domingo e mantém-se invicto
DESENVOLVIMENTO REGIONAL: Corede/VRP faz renovação da Assembleia
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Cursos de Gastronomia e Nutrição da Unisc promovem prática culinária com alunos do Uniama
GERAL
APAE promove Feijoada
GERAL
Educar-se promove novo encontro para famílias
EDUCAÇÃO
Mais de 1,1 mil candidatos realizam o Vestibular de Inverno da Unisc
GERAL
Com dois jogadores a menos, Avenida arranca empate em Caxias
ESPORTES - Periquito decidirá mata-mata dentro dos Eucaliptos
Santa Cruz empata e está fora da Segundona
ESPORTES - Galo ficou no 0 a 0 com o Guarany, em Bagé

Ano Novo: Novas Esperanças

Valério Garcia - 29/12/2018

No Natal, a primeira coisa que nos vem à cabeça são os presentes que vamos compartilhar com nossos familiares e amigos. Presente é sinônimo de hoje, agora, e isto já basta para ser motivo de comemoração. É um sinal que estamos vivendo, convivendo e, de uma forma ou de outra, buscando incessantemente a felicidade. 
Quando o Ano Novo se aproxima, deixamos um pouco de lado o presente e passamos a dar lugar para o sentimento de Esperança. Vislumbramos um ano melhor em todos os aspectos para nossa vida. É próprio do ser humano sempre querer mais e o melhor; geralmente para si, esquecendo um pouco dos outros. Muitas vezes lembramos apenas de pedir, esquecendo-se de agradecer. Como o homem é um ser eternamente insatisfeito, tem a mania de olhar somente para frente, esquecendo-se de olhar para os lados e, quiçá, para trás. 
Não precisaríamos nem assistir os meios de comunicação, que deleitam-se em anunciar e mostrar fatos ruins e tragédias, para constatar quão difícil está o mundo ao nosso redor. É só pegar o nosso carro e dar uma volta nos bairros de nossa cidade em situação de vulnerabilidade social. Vamos ver com nossos próprios olhos, pessoas com problemas que nem acreditamos que possam existir! Parece mentira, mas temos homens e mulheres que passam fome, que não têm onde dormir, que não têm onde morar, mas nem por isso, deixam de ter Esperança..!! E o que eu acho mais importante: são aqueles que mais repartem entre si o pouco que têm. 
Inúmeras vezes participamos de várias campanhas em favor dos nossos irmãos! O que damos? Repartimos? Não. Fornecemos aquilo que não precisamos mais; aquilo que não nos serve, que está sobrando. Isto não é Caridade meus caros amigos. Caridade é compartilhar o que não está sobrando e está acima de “coisas” materiais; pode ser uma palavra, um sorriso, um conselho, enfim, algo que aflore o sentimento do Amor. Estamos carentes de muitos valores dentro da nossa casa. Precisamos olhar um pouco mais para trás. Muito se tem perdido no tempo, devido a correria do presente, devido ao empoderamento do capitalismo em favor da tecnologia. Estamos conversando e convivendo mais com as máquinas do que com nossos semelhantes! Pedimos conselhos aos computadores e celulares, ao invés dos familiares e amigos. Podemos perder tudo, menos nossa esperança e capacidade de sonhar!
Quando estivermos cabisbaixos ou tristes, lembremo-nos do mestre Mário Quintana: “Que eu nunca deixe minha esperança ser abalada por palavras pessimistas”. Saúde, paz e felicidades no Ano que se inicia!