Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Município divulga calendário de pagamento dos servidores
ECONOMIA
Aluno do Colégio Mauá é campeão da Copa Brasil de Xadrez Escolar
EDUCAÇÃO - Raykon Shizuka Taketa conquistou o primeiro lugar da categoria Sub10 neste domingo, 17, em São Gabriel
Saúde abre pré-cadastro para castrações de cães e gatos
SAÚDE
Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL

Qual campeonato jogar?

Focando no Esporte - Júlio Mello - 05/02/2019

O futsal do Rio Grande do Sul vive um dilema em 2019. Um grupo de dirigentes indignados com a atual direção da Federação Gaúcha de Futsal (FGFS) migrou para a Liga Futsal, que já organizava a Série Ouro no ano passado, mas com aval e chancela da Federação. Contudo, depois da eleição no final de 2018, com reeleição de Cesar Cabral e derrota de Carlos Quaresma, que era diretor de arbitragem da direção, aconteceu uma rebelião dos clubes. Praticamente todos que disputaram a Prata no ano passado migraram para a Liga e muitos da Bronze de igual forma.

Na semana passada, o presidente Cabral deu entrevista para uma rádio de Sobradinho e alertou os clubes que forem jogar a Liga. Segundo ele, todos estarão automaticamente fora da Federação Gaúcha. E mais, não terão jogadores registrados. Portanto, será complicado escolher para que lado se vai. A Assaf de Santa Cruz, que agora está de volta organizadamente, vive esse dilema para qual lado pender. De um lado, a FGFS, que detém todos os poderes para organizar de forma oficial os campeonatos de futsal e que tem o aval da Confederação Brasileira de Futsal. Do outro, uma organização nova e que busca apoiar os clubes de futsal de todo o estado. Porém, ainda no começo.

Algumas indagações devem nortear a decisão da Assaf. Primeiro: se jogar a Liga, que arbitragem será? Já que a Federação proíbe os federados de atuarem pela Liga. Segundo, qual a validade de um campeonato dos mesmos? Qual a motivação dos atletas que forem jogar se nem ao menos poderão receber convocações para a Seleção Brasileira de Futsal? Portanto, os dirigentes de Santa Cruz devem pensar muito antes de decidir para qual lado jogar. Liga ou a Federação Gaúcha de Futsal?

Inscrições na Liga até dia 8

Para jogar a Liga, todos os clubes devem se inscrever até o dia 8 de fevereiro. Já os congressos da FGFS começam dia 22 deste mesmo mês. Os valores para jogar a Liga não são tão distantes da Federação Gaúcha.

Grupo quase pronto

A Assaf já tem definido o seu técnico e praticamente está com o grupo fechado para jogar a Série Bronze de Futsal. O competente Cléber Pereira deverá comandar outra vez os jogadores dentro de quadra. A ideia é praticamente a mesma destes dois anos que se passaram. Ou seja, jogar com os Pés no Chão sem muitas promessas mirabolantes para jogadores e comissão técnica. Aos poucos, o Tricolor está recuperando a sua imagem perante o público de Santa Cruz. O ano de 2019 poderá ser a redenção do clube. O desejo de título é grande e, com as contratações feitas, as possibilidades aumentaram. A permanência de jogadores experientes como Thiago Leal, Ítalo, Amarildo, Graxa e  Nenesto, juntamente com os jovens Yan, Max, Tata, Marvim e Jordan, foi uma medida acertada.

Pensando nos jovens

Mesmo com o grupo praticamente fechado, a direção da Assaf vai realizar uma peneira para os jovens que possuem a intenção de jogar futsal em alto nível.  Será dia 18 de fevereiro, no Ginásio Poliesportivo. Serão cinco dias de treino para ver realmente a potencialidade de cada jogador. O atleta deve levar carteira de identidade, o valor de R$ 50,00 e material de treino.

Deu Pinheiral em cima do João Alves

O Pinheiral largou na frente no primeiro jogo das semifinais da Lifasc. Derrotou o grande rival João Alves por 1x0 e agora joga por empate no segundo jogo. O Linha Santa Cruz conseguiu um bom resultado fora de casa. Empatou em 1x1 com o São José em Rincão do Sobrado. Dois grandes confrontos pela Liga de Integração.

Trabalho e persistência

O basquete de Santa Cruz não é muito diferente do futsal. Os dois buscam os mesmos objetivos. Ou seja, uma volta ao passado vencedor e de muita gente nos ginásios. O Único, com apelo mais forte. Já que teve grande jogadores e um título nacional. Foram anos cheios de conquistas e alegrias. O futsal não foi diferente; teve grandes times e contou com craques como Fininho e Rabicó. Os dois estão com os mesmos pensamentos, principalmente no aproveitamento de jovens locais misturados com outros que possuem uma história mais longa dentro do esporte.

O basquete de Santa Cruz tem conseguido vitórias nos últimos dois anos com a participação efetiva dos jovens, e isso tem atraído cada vez mais jogadores com vontade de atuar aqui em Santa Cruz. Louvável realmente o trabalho de quem está à frente deste projeto de resgate do nosso basquete. Parabéns a todos os envolvidos.

Grêmio de Renato embalado

Não se tinha dúvida de que o Grêmio largaria na frente nestes primeiros jogos. O time de Renato Gaúcho está sobrando e ainda nem colocou todo mundo para jogar. Atualmente, Renato Gaúcho é sim um dos melhores técnicos do Brasil. No futebol, algumas questões são simples. O jogador tem que saber quem comanda e tem que respeitar isso. Assim é no Grêmio e, por isso, está cada vez melhor. Diferente do Inter, que ainda não engrenou. Precisa de muitos ajustes para que isso ocorra. E que seja meio logo, pois corre o risco de nem classificar para a segunda fase do Gaúcho.