Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL
Persuasão interna é o caminho para a alta performance
GERAL

Muito tempo depois

Osvino Toillier - 08/02/2019

Pilotar  nosso velho Fusca de 1972 – depois de receber tratamento para voltar para a estrada - está sendo  emoção indescritível. Ele faz parte da história da família, porque todos se valeram dele para suas necessidades pessoais ao longo de quase meio século.
Graças a ele, meu pai pode rever a irmã depois de décadas,  em Itapiranga – SC, oportunizando encontro emocionante, depois de cruzar o Rio Uruguai pela balsa; graças a ele, os pais da minha esposa conheceram o mar; graças a ele, os filhos puderam dispor do valoroso veículo para os primeiros compromissos profissionais; graças a ele, minha esposa cursou o curso de Nutrição, na Unisinos, indo todas as noites de Novo Hamburgo a São Leopoldo.
Agora, ele voltou para casa e recebeu um trato para voltar à estrada e recordar as viagens que nos levaram a desbravar os caminhos há quase cinquenta anos, sem nunca reclamar do calor ou falta do ar condicionado.
O velho Fusca certamente vai nos levar a bordo das nossas emoções, andando na velocidade permitida, embora com muito maior tráfego e riscos do que naquele tempo, mas conduzindo-nos pelos caminhos que nos levarão de volta à geografia de onde partimos para o mundo.
Foi num tempo anterior ao advento de carros modernos e potentes, mas o Fusca não se incomoda com isto, porque tem personalidade e se impõe perante o tempo. Que carro com a idade dele – 46 anos! – tem esta vitalidade de poder voltar à estrada como ele?
Depois das viagens com nossos filhos pequenos, chegou a vez de as netas brincarem a bordo no espaço privilegiado atrás do assento traseiro e embarcarem no sonho mágico e ver quem primeiro enxergava o mar... É privilégio que só o Fusca vai permitir!