Edição do dia 25/06/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Integrante da comitiva de Bolsonaro é preso na Espanha
POLÍCIA - Militar portava 39kg de cocaína na viagem rumo ao Japão
Empresários estão otimistas com relação à queda da inadimplência em 2019
ECONOMIA - Em Santa Cruz do Sul, o índice tem se mantido nos primeiros meses do ano e segue mais baixo em comparação ao restante do Brasil
Câmara aprova contratações de servidores
GERAL
Invernadas mirins dos CTGs Lanceiros e Rincão da Alegria conquistam bons resultados no Enart
VARIEDADES
Um em cada cinco brasileiros afirma dirigir usando o celular
GERAL
Semana Ufológica passa por Santa Cruz
GERAL - Evento itinerante que envolve cinco cidades do Rio Grande do Sul acontece nesta terça no município
Adolescência é tema de seminário ampliado
GERAL - Participaram do evento representantes de parceiros da educação e assistência social nos municípios
Empresas de Santa Cruz do Sul participam da Exposuper Acats em SC
GERAL
Mês romântico no Riovale Jornal
GERAL - Em parceria com empresas santa-cruzenses diversos prêmios foram sorteados na página do Facebook
Corede/VRP faz renovação da Assembleia nesta terça
GERAL - Encontro para a definição dos novos integrantes ocorre no dia 25 de junho, na sala 101 da Unisc
Unimed VTRP recebe startups de diversos cantos do Brasil
GERAL - Evento acontece na próxima quarta-feira, 26, em Lajeado
Teia de Saberes 2019 contempla terceira idade
GERAL
Pesquisa avalia transformações da vida no campo
GERAL - Resultados de estudo realizado com famílias que plantam tabaco em Vale do Sol gerou livro
Viagem Segura de Corpus Christi fiscaliza 37,4 mil veículos no RS
GERAL
Encontro debate a Lei Geral de proteção de Dados
GERAL
CPERS: Encontro Regional é na quinta
GERAL
Assembleia Geral Ordinária acontece na quarta
GERAL
Santa Cruz registra 100 notificações de dengue
SAÚDE

A Clarissa do Erico Verissimo

A Leitura que Habito - Luana Ciecelski - 19/02/2019

Faz algum tempo que não trago aqui alguma sugestão de leitura relacionada à literatura gaúcha. Pensando nisso, na coluna de hoje quero falar pra vocês a respeito do livro Clarissa, do Erico Verissimo. Eu reli recentemente essa história para o Clube de Leitura Gramatti + A Leitura que Habito. Aliás, eu e a Angelita Borges, da Gramatti, fizemos um vídeo sobre essa história no fim do mês de janeiro e compartilhamos no Youtube e nas nossa redes sociais, é bem fácil de conferir. Mas, pra quem não conhece esse livro, pensei em deixar a sugestão por aqui também. 
Bom, esse é um romance bem curtinho, com cerca de 170 páginas, o que o torna fácil de ler. Mas ele também tem uma escrita muito gostosa e um enredo que nos prende a atenção. O livro conta a história de uma menina chamada Clarissa, nome que dá título ao livro. Ela tem 13 anos no início da história e uma das questões mais marcantes desse livro, é justamente a passagem de sua vida da infância para a adolescência. 
Ela vive com a tia em uma cidade - não é citado o nome dessa localidade, mas sabe-se que é maior do que o local onde Clarissa nasceu e cresceu - porque seus pais a enviaram para estudar. Ela mora na pensão dessa tia e, ao longo de toda a história, Clarissa convive com os outros pensionistas que também vivem ali. A história se passa praticamente toda dentro da casa e do pátio dessa residência, exceto nos trechos em que Clarissa vai à missa ou à escola e caminha pelas ruas. 
O acompanhamos dentro dessas cento e poucas páginas, são alguns meses da vida dessa menina-moça e seu desenvolvimento como personagem. Acompanhamos sua inocência diante dos acontecimentos, mas também um pouco da perda dessa inocência. Seu amadurecimento. Seu contato com a morte e com as diferenças sociais e seus pensamentos em relação a isso. E eu, particularmente, fiquei com aquela sensação de que a vida passa tão depressa. As coisas vêm e vão e a gente nem percebe às vezes. 
É um livro, portanto, cheio de pequenas porções de delicadeza, como seriam todos os próximos escritos de Erico Verissimo. Ah, sim, porque esse foi seu primeiro romance publicado, ainda no ano de 1933. E por tudo isso, essa é uma leitura que vale muito a pena e eu deixo aqui a sugestão. Mas se antes de ler tu quiser saber um pouco mais sobre esse livro, acessa as redes sociais do A Leitura que Habito e da Gramatti Produções Literárias e confere o nosso vídeo, certo? Lá a gente traz até umas curiosidades bem legais a respeito dessa história. Até mais!

Crédito: Divulgação/RJ