Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Costuras e Reformas Suzana Ramos: ateliê comemora quatro anos
GERAL
Resultado financeiro da 35ª Oktoberfest supera R$ 1,6 milhão
GERAL
Contatos feitos via redes sociais são falsos
GERAL - Instituto Consulpam alerta sobre suposta contratação de equipe para trabalhar no concurso da Prefeitura
Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos

Despreparo aliado ao Ódio

Valério Garcia - 08/03/2019

Nunca estive tão preocupado e impressionado com o que tenho visto nos meios de comunicação sobre a violência. Violência contra o ser humano nas mais diferentes situações. Ela está presente em todos os níveis sociais, em todos os lugares e das mais diferentes formas.
O nosso País está tomado de ódio. As pessoas estão procurando conflito, ao invés de soluções. As amizades estão perdendo para as brigas e o caos está aumentando cada vez mais. O que é ruim é superdimensionado e o que é bom está sendo minimizado. Primeiro vamos olhar para o que está errado e depois vamos ver se tem alguma coisa certa. Isto parece estar sendo uma regra obrigatória para a busca pelo conflito. 
Infelizmente a corrupção tomou conta de quase tudo e de quase todos. Digo quase, por que ainda acredito nas pessoas e quero acreditar que esse Brasil tenha solução. Conheço muita gente boa e séria em diferentes áreas, sejam políticas, religiosas, profissionais, ou outra qualquer. Não podemos transferir a culpa do que está acontecendo a não ser para nós mesmos, afinal muitas vezes fugimos das nossas responsabilidades alegando sempre, a culpa aos outros. É mais fácil transferir do que assumir responsabilidades.
O que me chama atenção é a intolerância das pessoas com fatos que poderiam ser facilmente resolvidos, com calma e empatia. Sim empatia: colocarmo-nos no lugar do outro para realizar determinada ação. A máxima: “gostaria que fizesse a mim o que pretendo fazer...” ajudaria na reflexão sobre meus atos para com outras pessoas. Uma coisa é certa: ódios e conflitos somente fazem mal, não só para o corpo, mas para a alma também. 
O que temos visto pelos representantes do governo federal é uma aberração à racionalidade; uma afronta aos direitos das pessoas; um desrespeito aos trabalhadores que lutam dia a dia pela manutenção de suas conquistas, à duras penas. Jamais devemos delegar poder a quem transmite ódio ou qualquer sentimento contrário ao bem. Como profetizavam os antigos: “Quem planta vento, colhe tempestade”. Bom fim de semana.