Edição do dia 22/02/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Serviços são alterados neste Carnaval
GERAL
Crime de importunação sexual tem pena de até cinco anos de reclusão
ECONOMIA
Avenida joga amistoso na tarde deste sábado nos Eucaliptos
ESPORTES
Sistema usado no HSC é eleito melhor prontuário eletrônico da América Latina
GERAL
Prefeitura inicia melhorias no campo do Bom Jesus
ESPORTES - Investimentos serão realizados para implantação de novo gramado e iluminação
Edemilson pede demissão da prefeitura
GERAL - Secretário de Cultura deverá assumir compromissos pessoais com produções culturais
Locomotiva: os passos para a revitalização
VARIEDADES - O monumento estava em Canoas, antes de ser trazido para Santa Cruz, em 2015
Mistura de enérgico com álcool pode ser perigosa
GERAL - Cardiologista não recomenda realizar a combinação das bebidas, pois pode causar graves danos ao organismo e dependência
Sihmatel: 22 anos de tradição
EMPRESARIAL - Empresa está em novo endereço, com espaço mais amplo para melhor atender seus clientes
Avenida joga amistoso na tarde deste sábado nos Eucaliptos
ESPORTES - Técnico quer ajustar equipe para estreia dia 1º de março em Rio Grande
Caxias e Grêmio decidem primeiro turno na serra
ESPORTES
Afasc: Os resultados das categorias de base
ESPORTES
Judô: União Corinthians busca apoio para auxiliar atleta surda
ESPORTES
Lifasc: Posse da nova coordenação ocorre dia 27
ESPORTES
Santa-cruzenses correm para regularizar título de eleitor
GERAL - Fila quilométrica foi registrada na manhã de ontem, 21, nas imediações da Justiça Eleitoral
Seminário regional debate sobre a água
GERAL - Ação realizada na quarta, 19, foi uma promoção das prendas da 5ª Região Tradicionalista
Brigada Militar prende foragido
POLÍCIA
PRE combate embriaguez no feriadão de Carnaval
POLÍCIA

A importância dos avós - 1

Osvino Toillier - 29/03/2019

Os avós são as figuras poéticas do universo familiar. Cada um de nós se lembra deles com afeto, carinho e saudade. Eles são presenças marcantes em nossas vidas, embora muitos talvez não tenham tido o privilégio de conhecê-los e conviver com eles. Eu não conheci o meu bisavô paterno, mas convivi intensamente com os avós do lado materno, porque eram vizinhos, e a avó paterna era também figura muito doce.
Tive o privilégio de os meus pais estimularem muito o convívio com os avós, a ponto de minha mãe dizer que, em determinado fim de semana, deveria visitar a avó que morava distante.      
Uma das lembranças mais marcantes do avô materno foi o cavalo que ganhei de presente dele. Era o animal com a primazia do pasto lá em casa. Foi presente do meu vovô. Pena que ele foi tão cedo embora, vítima de doença grave. Foi no dia 28 de outubro de 1957, exatamente no mesmo dia em que nasceria nosso primogênito. Coincidências incríveis!
Em nosso tempo, os avós eram pessoas idosas, a quem a gente se referia com reverência, pela idade provecta. Hoje se alcançar esta idade muito mais cedo.
Mas eu queria falar do fato de sermos avós e do privilégio de poder conviver com netos e netas e, especialmente, da assimilação desta condição. De repente, nossos filhos nos deixam de chamar de pai e mãe e nos chamam de vovô e vovó. Confesso que isto mexeu comigo. Temos de assimilar uma nova cultura, ter criança pequena cuja educação não é mais de nossa responsabilidade, mas não dá para ficar indiferente diante de atitudes que conflitam com nossas convicções e entendimentos.
Aí começa uma aprendizagem em que a gente faz parte de um processo educacional, mas não é mais protagonista.