Edição do dia 15/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

CTG Lanceiros evidencia os direitos da Mulher
VARIEDADES
Inicia mais um Enart
GERAL - A 34ª edição do evento reúne em Santa Cruz do Sul os apaixonados pela cultura gaúcha
ACI: Gabriel Borba é aclamado presidente
GERAL - Ele estará à frente da entidade junto com o vice, César Cechinato, para o biênio 2020-2021
Copa Lisaruth 20 anos tem segunda rodada
ESPORTES
Cestinha Sesi/Unisc disputa o 2º turno das semifinais
ESPORTES
O Avenida ainda não confirmou a sua participação na Divisão de Acesso
ESPORTES
Dia de confirmar classificação
ESPORTES
Regional 2019: Fim de semana tem clássico em Vale do Sol
ESPORTES
Solled Energia ganha o principal prêmio brasileiro do setor
EMPRESARIAL
Secult abre novo prazo para cadastro de entes culturais
VARIEDADES
Marista São Luís é destaque e traz prêmios a Santa Cruz Do Sul
ESPORTES - Somente no Maristão, realizado em Porto Alegre, Colégio conquistou sete premiações
Excelsior: Casa do Cliente foi inaugurada
EMPRESARIAL
Por mês, operação do Rapidinho gera 94 mil advertências
GERAL - Valores ficam pendentes no sistema e precisam ser regularizados pelos usuários
Disputa das finais inicia neste sábado
ESPORTES - Campeões serão conhecidos após jogos de ida e volta nas categorias veterano, feminino e livre
Saúde recebe R$ 150 mil da Câmara
SAÚDE
Mostra do Cerest tem trabalho desenvolvido em Novo Cabrais
GERAL
Palestra debate o Direito sucessório do cônjuge e da união estável
GERAL
Persuasão interna é o caminho para a alta performance
GERAL

A vulnerabilidade da escola

Osvino Toillier - 12/04/2019

A escola atualmente é vítima de atitudes hostis tanto por parte de alguns frequentadores quanto da sociedade, quando deveria ser protegida, por se tratar de instituição sagrada.
Como admitir que possa ser vítima de comportamentos que não combinam com a decência por parte de alunos e até pais, que ameaçam as direções.
A escola é uma instituição que precisa ser protegida pela sociedade como um templo sagrado, porque, se assim não for, ela se torna um lugar vulgar, onde qualquer comportamento é tolerado. Por isso, sempre me manifestei firmemente contra a condição de cliente.
Ao longo dos tempos, evidentemente a instituição educacional se transformou, teve de ajustar-se por conta dos novos tempos, mas preservou certos rituais que lhe asseguram a condição de sacralidade.
As preocupações hoje se voltam para a segurança, porque os acontecimentos dos últimos tempos evidenciam risco de vida, quando pessoas descarregam na escola todo o seu ódio e desequilíbrio emocional, matando alunos e professores, sem aparente motivo. Hoje, é um perigo estar na escola!
O descaso com a vida é total, e o que é comum em outros países tornou-se corriqueiro aqui. Em razão disso, os dirigentes precisam reforçar a segurança, restringindo acesso de pessoas ao ambiente interno.
A escola está precisando transformar-se numa fortaleza para preservar a integridade de alunos e professores, porque todos se tornaram vulneráveis. Por isso, precisamos repensar a sociedade em que queremos viver. Não é possível que tenhamos de nos transformar em fortalezas inexpugnáveis para proteger nossos ambientes escolares, onde deveria rolar a vida solta de crianças e jovens.