Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES
18,2 mil exemplares foram vendidos
VARIEDADES - Além do sucesso em vendas, o público também compareceu e lotou a Praça Getúlio Vargas

Ingênuos de plantão

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 19/04/2019

O texto publicado pelo cineasta José Padilha, na folha de São Paulo, nesta semana, com o título “O Ministro antiFalcone”, de certa forma foi uma surpresa, que deu vazão a uma avalanche de manifestações no mundo das redes sociais e imprensa. O diretor do filme “Tropa de Elite” e da série “Mecanismo”, de forma racional expôs seu modo de ver o projeto anticrime do super ministro Moro.
Todos os argumentos utilizados no texto seguem na linha do que muitos já haviam dito sobre a colcha de retalhos que é o projeto anticrime, mas partindo de alguém que é conhecido no mundo das artes, que de certa forma, em suas obras sempre moldou a figura do policial herói contra os malfeitores, e agora, o arrependimento no mínimo parece contraditório, pois não é crível achar que José Padilha é um ingênuo. 
Mas é importante admitir que o cenário mais trágico seria o fato de que mesmo tomando ciência das aberrações contidas no projeto, uma figura pública como o cineasta silenciasse, ou pior, desse aval as medidas equivocadas anunciadas tanto pelo super ministro, como por outros lunáticos que compõem o ministério do atual governo. Aliás, em poucos meses de governo Bolsonaro, muitos foram os ingênuos de plantão que já se afastaram do “mito”.
Aliás, o governo federal tem demonstrado um total despreparo para apresentar projetos que sinalizem qualquer futuro para um País, que tem a pior distribuição de renda do mundo. Ao contrário, as medidas que temos visto, são todas contra o salário mínimo, que passou a ser o mais novo vilão da economia brasileira, pois a primeira medida do Presidente no governo foi retirar R$ 8,00 do reajuste do salário, e agora anuncia que não haverá mais aumento real nos reajustes anuais. Ou seja, a versão apresentada no falatório, é contradita pelos fatos e atos do governo. 
Por fim, creio que ainda há tempo para evitar o mal maior, como vem acontecendo na Argentina, que agora recorreu para a velha e ineficaz medida de congelamento de preços, sob batuta de um liberal que obviamente também não cumpriu o que disse ao povo Argentino. Mas para isto acontecer não haverá mais espaço para “ingênuos”.