Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Expoagro Afubra 20 anos define tema
GERAL
Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES

Grelhado de espinafre e queijo

Colher de Pau - Alayde Guimarães Motta - 07/05/2019

Comida pode fazer muito mais que matar a fome. As chamadas “comfort foods” também colaboram para o bem-estar inclusive emocional, pois nos remetem a sabores da infância, de casa, de estar sendo cuidado. Esta receita é de paladar fácil e preparo simples para você fazer em casa.

INGREDIENTES
3 colheres (sopa) de manteiga
2 cebolas médias picadas
2 alhos picados
2 tomates picados
1 maço de espinafre cozido e picado
2 colheres (sopa) de farinha de trigo
1 xícara (chá) de leite 
½ xícara (chá) de queijo parmesão ralado
4 ovos
2 colheres (sopa) de farinha de rosca

MODO DE PREPARO
Aqueça 2 colheres (sopa) de manteiga e doure 1 cebola e o alho. Junte o tomate e o espinafre. Refogue por 5 minutos, mexendo sempre. Reserve. Em outra panela, aqueça a manteiga restante e doure a outra cebola. Junte a farinha de trigo e misture bem. Adicione o leite, aos poucos, mexendo até engrossar. Ponha o espinafre reservado e metade do queijo. Reserve. Bata os ovos na batedeira até obter uma gemada fofa. Acrescente a mistura de espinafre e coloque em um refratário. Polvilhe o queijo restante misturado com a farinha de rosca e leve ao forno, preaquecido, até dourar. Sirva quente.
FONTE: https://mdemulher.abril.com.br

DICA DA SEMANA
A técnica de gratinar é francesa e surgiu por volta de 1870 como uma maneira de conferir textura aos alimentos. O procedimento é simples. Basta cobrir o prato com um molho qualquer, botar queijo em cima e levar ao forno para derreter. Pode-se adicionar, por exemplo, um pouquinho de farinha de rosca combinada com ervas para uma crosta mais crocante sobre carnes ou legumes. Mas o fundamental é o queijo. Os melhores queijos para gratinados são a mozarela e o parmesão, de preferência ralados na hora.
Não há dúvida que o gratinado valoriza e incrementa qualquer receita, mas desde que feito da maneira correta. O primeiro cuidado é com as temperaturas: pratos gelados nunca devem ir ao forno, e este tem sempre que estar pré-aquecido entre 180 e 200 graus. Se a comida estiver fria, a casquinha pode ficar pronta antes de o prato estar quente. A regra vale também para os equipamentos que possuem a função “grill”, que esquenta a parte superior do alimento e acelera o processo em relação ao forno comum. Se receber calor apenas do 'grill', o prato vai ficar gratinado por cima e frio embaixo. Para derreter e endurecer a cobertura, cinco a dez minutos são suficientes.
Outra medida importante é gratinar o prato na mesma travessa em que será servido, transportá-lo depois de pronto é desastre na certa. Louças de inox, cerâmica ou vidro, que seguram bem o calor, são as mais indicadas para o preparo.