Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente
Noite de comemorar o fim do 34º Enart
VARIEDADES - CTG porto-alegrense e Candeeiro de Vera Cruz levaram os principais prêmios

Esquerda, centro, direita

Osvino Toillier - 17/05/2019

O embate das ideias nos coloca, basicamente, na frente de três opções: esquerda, centro ou direita. Onde se enquadra nossa ideologia? Este é o confronto.
Hoje em dia torna-se difícil debater uma ideia, sem que se confronte com um desses três filtros. Estamos condicionados a nos enquadrarmos numa dessas opções para termos alguma chance de êxito em nossa propositura.
E será que este é o único caminho em que podemos evoluir em nossos pensamentos? Será que, no passado, todos os projetos foram desenvolvidos em nossas instituições tiveram estes condicionamentos ou foram conduzidos a partir dos méritos que tinham, visando ao futuro das pessoas ou dos organismos?
Eu sei que não existe neutralidade, tudo é iluminado ou demarcado por uma ideologia! Pena que as pessoas se deixaram engessar por estas margens e não conseguem se libertar disso.
Acho que temos de nos esforçar para não reproduzirmos ingenuamente este modelo. Facilmente somos desafiados a nos manifestarmos diante de eventos ou situações políticas, até porque temos muitos canais que nos desafiam para conhecer nossa opinião.
Tudo isto não tem risco maior, desde que não nos enfileiremos com alinhamentos que possam nos trazer constrangimentos futuros. Há muito produzo um texto semanal, que é publicado por diferentes veículos, e os meus leitores já conhecem minha linha de pensamento, e certamente estranhariam uma manifestação que destoasse da tradicional linha ideológica.
As manifestações para ajudar pessoas a compreenderem o contexto de pós-modernidade são bem-vindas, desde que não nos intimidem para alterarmos nossas convicções.
Cada um deve ser respeitado em suas opiniões, desde que também se tenha o mesmo tratamento.