Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

Doença chamada Celular

Valério Garcia - 31/05/2019

Nosso planeta vive um dos momentos mais complicados referente à saúde de seus habitantes, especialmente os seres humanos. Digo especialmente os humanos pois eles interferem diretamente na existência dos outros seres, infelizmente. Só que parece estarmos num processo contínuo de autodestruição. São vários problemas como drogas, poluição, doenças, violências, enfim, infindáveis causas com suas terríveis consequências.
Eis que surge mais uma “doença”: o celular!
Não nos damos conta do que ele é capaz de fazer com nossos filhos, netos, pais, avós, ou seja, toda nossa família. Não pergunta a idade, nem sexo, cor, religião, simplesmente vai tomando conta das pessoas e de seu tempo. 
Fui almoçar dia destes num restaurante onde, já estava lá, um jovem casal. Logo que cheguei notei que os dois estavam sentados e cada um com seu celular à mão, sem sequer trocarem palavras, quiçá um olhar ou esboço de conversa. Servi minha refeição e voltei para o mesmo lugar onde olhei, novamente, para o casal. Estavam do mesmo jeito, pareciam duas estátuas, e pasmem: comiam sem olhar para seus pratos ou talheres, apenas para o celular. Almocei e fui embora, impressionado com a cena sempre do mesmo jeito, sem alteração nenhuma!
Sou do tempo que a conversa era primordial no nosso dia a dia. Trocávamos ideias com nossa família e amigos, e interagíamos com as pessoas. Combinávamos brincadeiras e assuntos que necessitavam mais seriedade através do diálogo, palavra essa que parece estar caindo em desuso. O homem está perdendo sua humanidade para a tecnologia, e estamos sendo reféns de nós mesmos através dos aparelhos. Podemos até não saber onde está um familiar que tem o nosso sangue mas, perder nosso celular, nunca! Acordamos com ele em pensamento e quando percebemos que sua bateria está descarregando, meu “deus”: é um “deus nos acuda.” É a síndrome da abstinência do celular... quem diria. As pessoas estão trocando a companhia de outras pessoas pela companhia de um aparelho. Precisamos conversar mais sobre isto, pois estamos perdendo todos os dias, cada vez mais para os aparelhos.
Se os amigos acham que estou exagerando, comecem a observar melhor as pessoas que estão à sua volta, principalmente seus filhos. Bom fim de semana.