Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

Centelha de vida

Osvino Toillier - 31/05/2019

Notável palestrante do Fronteiras do Pensamento deste ano – que tem como tema geral Sentido de Vida – Graça Machel inaugurou a edição deste ano na UFRGS, no dia 20 de maio, com uma palestra memorável, trazendo para o público abordagem profundamente humana, sendo aplaudida de pé pelo auditório lotado. Apesar de o Fronteiras trazer profissionais de alto gabarito, poucos conseguem o reconhecimento da líder africana.
Ela começou dizendo que todos nascemos com a centelha da vida, absolutamente iguais, mas, no decorrer do tempo, buscamos nos impor através do poder, forjando espaços para dominar os outros. Ela fez uma referência a sua pele como negra, afirmando que um corte na mão revelaria que temos sangue igual. Por que então precisamos nos impor perante os outros por conta de nossa condição social e oprimir o semelhante? Só mesmo o egoísmo e a ganância explicam isto.
Um legado de comovente humanidade sensibilizou a todos, sem uso de recursos tecnológicos, numa fala simples que conquistou mentes e corações com fala mansa e comovente. Ela foi Secretária de Educação por 15 anos de Moçambique, casada com Samora Machel. Depois da morte dele, casou-se com de Nelson Mandela e continuou sua obra na África do Sul.
Sua luta tem sido contra o preconceito, a segregação, o machismo, a violência e a invisibilidade. No entender da conferencista, a África não tem a pujança dos órgãos de comunicação do primeiro mundo, por isso as questões vitais ficam invisíveis para o resto do mundo.
Na opinião dela, não há falta de líderes, mas falta de clareza sobre quem são os inimigos. No tempo do colonialismo, era o Apartheid, mas hoje em dia esta realidade se modificou e tudo está mais difuso.