Edição do dia 15/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Calendário de Eventos 2020
GERAL
35ª Oktoberfest: Shows tradicionalistas são atração desta quarta-feira
GERAL - Festa da Alegria terá apresentações do Grupo Fandangaço, às 20h, e Os Serranos, às 22h30, no Lonão
Festa da Alegria recebe 20 mil pessoas no Dia da Maturidade Ativa
GERAL - Mais de 40 grupos e excursões de todo o Estado estiveram na 35ª Oktoberfest nesta terça-feira, 15 de outubro
Dia do Professor: educação para a erradicação do trabalho infantil
GERAL - Conheça a história de dois profissionais que estão na linha de frente do programa ARISE, iniciativa que muda a realidade de crianças e adolescentes
Praça da Cultura levará o nome de José Paulo Rauber Filho
GERAL - Inauguração do local ocorreu no sábado, 12 e contou com a presença da família do homenageado
Terça-feira será de ponto facultativo nas escolas
GERAL - Além das escolas municipais e estaduais, algumas particulares também não terão aula neste dia
Dia do Eletricista é nesta quinta-feira
GERAL - Data marca a importância do profissional habilitado
Inscrições abertas para a Escola de Educação Infantil
GERAL - Há vagas gratuitas e pagas para crianças de 4 e 5 anos
Rodrigo Solda é o novo presidente
GERAL - Além dele, outros prefeitos foram empossados para a diretoria e conselho fiscal do biênio 2020/2021
Evento discute problemas do contrabando e a pirataria
GERAL - Palestra apresentou dados sobre as ameaças do mercado ilegal para a economia
Sicredi Vale do Rio Pardo enaltece o cooperativismo durante o desfile da 35ª Oktoberfest
GERAL
Quase 17 milhões já foram emprestados pelo município
GERAL
Primeiros dias de Oktoberfest superam 54,6 mil pessoas pagantes
GERAL - Semana segue repleta de atrações
Fala, professor!
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
Histórico da data
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
O profissional que dedica a sua vida a ensinar
EDUCAÇÃO - Especial Dia do Professor
O big bang é o Operacional Divino
OPINIÃO
Permitir não é obrigar
OPINIÃO

Linda homenagem aos que trabalham

De Olho na Informação - Júlio Mello - 14/06/2019

O vereador Luis Ruas, PTB, foi bastante feliz em sua homenagem aos catadores e recicladores. Pessoas anônimas e muitas vezes marginalizados pela “grande sociedade”. A Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Sul realizou sessão solene na noite da última segunda-feira, 10, para realizar uma homenagem à Cooperativa de Catadores e Recicladores de Santa Cruz do Sul (COOMCAT), pela passagem do Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado no dia 5 de junho e pela passagem do Dia Nacional de Lutas dos Catadores de Materiais Recicláveis, comemorado 7 de junho. Atualmente, a COOMCAT é integrada por 52 associados e atua no Programa Municipal de Coleta Seletiva Solidária, na prestação de serviços de logística reversa solidária e gestão da Usina Municipal de Triagem. “Este formato de trabalho, possibilita a inclusão de catadoras e catadores autônomos no mercado formal da reciclagem através da autogestão da cooperativa”, explica Luizinho. Segundo Ruas, a homenagem é importante para reconhecer o trabalho realizado pelos catadores de materiais recicláveis, uma classe fundamental para o meio ambiente. Foram entregues diplomas aos catadores Luís Carlos Nunes, Odete Oliveira dos Santos, Rosane Grasel, Eliane Grasel, João Neri Ferreira dos Passos, Ângela Maria de Oliveira, Alceu Elói Soares, Ondina Martha da Rosa, Jane Maria dos Santos e Marcos Alexandre de Oliveira, que receberam a distinção em nome dos demais.

Homenagem aos catadores e recicladores ocorreu na CâmaraHomenagem aos catadores e recicladores ocorreu na Câmara Crédito: Assessoria/Câmara

O PT tem novo presidente
No começo da semana recebemos a visita do jovem presidente do Partido dos Trabalhadores. O nome dele é Frederico de Barros Silva, 25 anos e um militante confesso. Como todo bom militante, ele participou ativamente do movimento estudantil. Silva afirmou que a lembrança do seu nome para comandar o partido faz parte da nova mentalidade partidária, “existe uma sensação dos filiados em mudar de rumo. Isso implica em dar oportunidades aos setores que não estavam bem próximos. Neste processo de discussão nós devemos discutir a política como um todo. E não sou apenas eu e sim represento toda uma mudança para voltar as suas origens”. Com relação ao vereador Paulo Lersch, o presidente petista falou, que esta questão, já é página virada. Com relação ao Ari Thessing, que também está na berlinda, Silva entende que ele deve explicações ao partido, “ele vai ter que explicar para o partido como é esta sua aliança com o governo municipal. Envolve cargos, não envolve, enfim, ele vai ter que dizer ao partido porque se aliou ao governo”. O mandato de Frederico da Silva vai até setembro, quando o partido vai realizar eleições.

Novo presidente do PT em Santa Cruz, Frederico de Barros SilvaNovo presidente do PT em Santa Cruz, Frederico de Barros Silva Crédito: Julio Mello

Alberto vai demitir assessores de Lersch
Com o afastamento do vereador Paulo Lersch, sob determinação da justiça, o suplente Alberto Heck, também do PT, assumiu a cadeira na última segunda-feira. Conversei com ele ontem por telefone e ele me disse que vai pedir a exoneração do assessor Carlos Henrique da Silva. Com relação a outra assessora, autora das denúncias contra Paulo Lersch, Heck vai deixar ela ficar até o final do mês. Me confirmou que até entende o pedido do Promotor, para que a mesma não seja demitida. Contudo, ele acha que as coisas devem ficar bem separadas. Ou seja, justiça é uma coisa e legislativo é outra. Portanto, a mesma deverá ser demitida no final do mês.

Alberto Heck, PTAlberto Heck, PT Crédito: Assessoria/Câmara

O nome da vez
O ex-prefeito e deputado federal Sérgio Moraes, chefão do PTB, já tem um nome para ser candidato a prefeito em 2019. E não será nenhum veterano do partido. Moraes notou potencial no vereador Mathias Bertram. Jovem empresário que se elegeu na eleição passada e tem sido bastante elogiado pelo ex-deputado federal. Portanto, nem Carlão, Elstor Desbessel, Kelly Moraes ou até mesmo o deputado Federal, seu filho, Marcelo Moraes. Sérgio Moraes tem provado por anos a fio de que tem faro para escolher os seus candidatos e pouco tem errado ao longo da sua vida política. Foi assim, quando resolveu apoiar Sartori, com apenas 3% de intenção de voto. Também resolveu apoiar o eleito senador Luís Carlos Heinze, quando este nem era citado entre os quatro primeiros nas pesquisas. O filho mais novo, chamado de Serginho, poderá ser candidato a vereador.

Vereador do PTBVereador do PTB Crédito: Assessoria/Câmara

Copos plásticos podem ser utilizados 
Projeto que previa restrição a copos plásticos é rejeitado. O vereador Francisco Carlos Smidt (PTB) colocou em votação o projeto que previa a proibição da comercialização e a utilização de copos de plástico. O mesmo tinha como justificativa a agressão ao meio ambiente e o fato de que o copo plástico pudesse ser substituído pelo biodegradável. A proibição atingiria restaurantes, bares, quiosques, ambulantes, hotéis e similares. Na tribuna, o próprio vereador Francisco Carlos Smidt apresentou sua justificativa e uma lista de materiais com tempo de anos que leva para se desintegrarem na natureza. Os vereadores Mathias Bertram (PTB), Bruno César Faller (PDT) e Licério Agnes (PP), se manifestaram contrários, pois, além de a maioria dos produtos serem derivados do plástico, o biodegradável ainda não está no mercado e quando está, se torna caro. Votaram contrários ao projeto os vereadores Mathias Bertram (PTB), Dino Marcos (PSB), Licério Agnes (PP) André Scheibler (SD), Alceu Crestani (PSDB), Ari Thessing (PT) Solange Finger (SD), Alex Knak (MDB) e Bruno Faller (PDT).

Carlão do PTBCarlão do PTB Crédito: Assessoria/Câmara

CPI poderá ser instalada na Câmara segunda-feira
O vereador Paulo Lersch, preso no Presídio Regional, poderá ter maiores problemas a partir de segunda-feira. A Presidente da Câmara de Vereadores, Bruna Molz, PTB, deverá fazer a denúncia em plenário, contra ele, na reunião ordinária. Uma vez apresentada a denúncia e aceita pelos demais pares, imediatamente deverá ser votada uma comissão parlamentar de inquérito, composta por três vereadores. Apenas a presidente Bruna Molz, não poderá participar da comissão. O vereador Alberto Heck, poderá pedir para não participar, alegando impedimento íntimo para tal, sendo assim, a decisão fica para o plenário.