Edição do dia 13/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Solidariedade declara apoio a Telmo
POLÍTICA
Saiba como ter desconto especial no IPTU do ano que vem
GERAL
A Hipnose pode auxiliar no autodesenvolvimento de forma eficaz
EMPRESARIAL - Especialista desmistificou tema e apontou benefícios da técnica no Café Empresarial
Reforma Tributária é tema da apresentação de Rigotto em Santa Cruz
GERAL
Dada a largada para a Semana Farroupilha
GERAL - Abertura aconteceu no Parque de Eventos na manhã desta sexta-feira
Fórum atrai dois secretários de Estado a Santa Cruz do Sul
GERAL - Representantes de todas as 28 regiões estiveram na Unisc nessa quinta-feira
Lino e Laila serão tema do Novo Cemai
GERAL
Aulas de autoescola com ou sem simulador de direção?
GERAL
Sessão especial para o ensino médio
VARIEDADES
Estudante de Santa Cruz conquista certificado de excelência internacional
EDUCAÇÃO
RGE instala aquecedores solares nas residências de 150 famílias
GERAL
Embarques devem superar os US$ 2 bilhões
GERAL
Depressão deve ser tratada no início, afirma especialista
ESPECIAIS - Mulheres sofrem de depressão duas vezes mais do que os homens
Tributo a Herb Alpert é hoje
VARIEDADES - Teatro do Mauá recebe apresentação às 20h
Sociedade Ginástica: Jantar Baile marca comemoração dos 126 anos
EMPRESARIAL
Farmácia Municipal reabre na segunda no novo prédio
SAÚDE
Grupo Tholl traz Casinha de Chocolate
VARIEDADES
18,2 mil exemplares foram vendidos
VARIEDADES - Além do sucesso em vendas, o público também compareceu e lotou a Praça Getúlio Vargas

Ampliando acessos

Osvino Toillier - 05/07/2019

Existe relação entre o aumento da expectativa da vida e as descobertas na área da saúde, como a vacina da gripe. Essas foram conquistas alcançadas aos poucos permitindo que o país mais que dobrasse, no último século, a expectativa de vida de 1910, que não ultrapassava 35 anos. Porém esse aumento não veio de forma repentina e nem chegou a todas as classes sociais. 
No início do século XX, as condições de saúde no Brasil ainda eram precárias para a maior parte da população, especialmente para quem morava no campo. Estudo de 1916 apontava que 15% da população rural tinha doença de Chagas, 40% foram diagnosticados com malária e 70% estavam infectados com ancilostomíase (amarelão).
Em meados de 1920, a urbanização sofreu um impulso devido ao aumento da escolarização e industrialização. Isso fez o governo da época tomar algumas medidas para evitar epidemias. Uma delas foi a extensão das áreas de saneamento. 
Desde o início do século XX, algumas medidas estavam sendo tomadas para combater epidemias e doenças na cidade e no campo. Porém apenas entre 1953 e 1956, ações foram realizadas com o intuito de beneficiar milhões de pessoas por todo o país. Foi inaugurado o Ministério da Saúde e o Departamento Nacional de Endemias Rurais, ambos com o propósito de melhorar a vida dos habitantes do campo e cidade.
Agora, se pararmos para pensar, todas essas mudanças na área da saúde no Brasil não foram em vão. Mesmo as mudanças que julgamos serem pequenas ajudaram a melhorar a expectativa de vida, por isso necessários investimentos em saúde preventiva e saneamento básico diminuindo as diferenças entre grupos sociais e regiões.  

Vitor André Schmidt
Estudante do 9º ano da Escola Educar-se
*Redação escrita a partir de proposta interdisciplinar de Ciências, História e Língua Portuguesa.