Edição do dia 16/08/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Candidatas a soberanas da 35ª Oktoberfest participam de uma caminhada no centro
VARIEDADES
Gérson Vargas, Mauri Frantz e Jeferson Redondo aderem ao PSD
POLÍTICA
CDL Santa Cruz divulga vencedores do Dia dos Pais
GERAL - Promoção CDL Presente com Você fez o sorteio no final da tarde desta sexta-feira, dia 16, na Praça Getúlio Vargas
Mais uma edição do Brique da Praça acontece neste domingo
GERAL
Inscrições para o desfile cívico-militar encerram no dia 24
GERAL
Fogo simbólico chega nesta segunda-feira
GERAL
Santa Cruz agora tem uma Escola de Gestão
ESPORTES
Avenida perde jogo-treino, antes da Copinha
ESPORTES
Finalistas serão conhecidos no sábado
ESPORTES
Semifinalistas serão definidos em Rio Pardinho
ESPORTES
Tênis Clube Santa Cruz ganha reconhecimento
ESPORTES
Clássico do Vale do Rio Pardo é neste sábado
ESPORTES
Copa Truck: Santa Cruz do Sul abre terceira fase
ESPORTES
Fernando Jr. defenderá liderança correndo em casa
ESPORTES - Também haverá a Copa Truck e a Hyundai Copa HB20 movimentando o Autódromo
Dia do Escritor na Escola: um incentivo à educação
EDUCAÇÃO - Instituição realizou mais uma edição do projeto anual com escritoras santa-cruzenses
Semana da Pátria é tema de concurso nas escolas
EDUCAÇÃO
PPPs: O futuro dos serviços públicos?
GERAL - Workshop realizado na Unisc falou sobre a tendência das parcerias público-privadas
CDL Santa Cruz: Sorteio será nesta sexta
GERAL - Atividade ocorre às 17h, na Casa da CDL, na Praça da Getúlio Vargas

Vida e Veneno

Valério Garcia - 27/07/2019

Como sou da área da Biologia sempre procuro observar tudo que tem vida, ou ao menos, é importante para a vida. Biologia vem do prefixo grego “bios” que significa vida e do sufixo “logos” que significa estudo. Então: estudo da vida.
Veneno significa: substância que mata os seres vivos ou os torna doentes.
Como estamos vendo são duas palavras antagônicas, que nos remetem a pensar e questionar sobre o momento que estamos vivendo na área educacional e ecológica em nosso país. Até a data de 22 de julho de 2019, o governo liberou 262 (duzentos e sessenta e dois) novos produtos agrotóxicos para serem utilizados no Brasil, ou seja, nos seus primeiros sete meses de governo. Grande parte desses produtos estão proibidos na União Europeia e em outros países por, comprovadamente, causarem sérios problemas à saúde humana. Muitos são classificados como extremamente maléficos ao organismo de todo e qualquer ser vivo. Mas aqui no Brasil, parece que esses estudos não tem importância nenhuma, aliás, num país onde a educação está colocada em segundo plano, não é novidade esse comportamento. Estamos sendo envenenados à longo prazo, sem que percebamos a gravidade disso, tudo arquitetado pela ganância dos governantes em suas atitudes repugnantes de favorecimento a alguns, em prejuízo de outros.
Outro fato comprovado que chama a atenção é o desmatamento desenfreado na maior reserva ecológica mundial chamada Amazônia. Todos os dias dezenas, centenas de hectares de florestas dão lugar a queimadas, cortes e outras aberrações que estão destruindo nossa floresta. Somem as casas e fontes de alimentos de outros seres vivos que também são proprietários desse ecossistema. Tudo em nome de um pseudoprogresso, que está levando à nossa autodestruição. Qual escolha queremos para nosso semelhante? Vida ou morte?
O que mais me chama a atenção é o vergonhoso despreparo do governo em tentar explicar o inexplicável, evidenciando um desconhecimento científico, sendo ridículo e desrespeitoso envolvendo várias questões do nosso País. Nosso meio ambiente agoniza frente à ignorância e nós pagaremos um preço muito caro com isso, ao menos que façamos alguma coisa... e urgente! Bom fim de semana.