Edição do dia 18/10/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Os últimos dias da 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Confira o que aconteceu nesta semana e o que vai movimentar o fechamento da festa
1ª Semana Lixo Zero: Tudo pronto na programação
GERAL - Objetivo é incluir o município na lista de cidades com o título Lixo Zero, concedida pelo ILZ
Menos barulho nas comemorações de fim de ano
GERAL - Assembleia Legislativa aprovou dois projetos referentes ao uso de fogos de artifício
Evento apresenta o que há de melhor em arquitetura
GERAL - Os ambientes foram decorados por profissionais renomados
Equipe do Colégio Mauá se destaca no Nacional
GERAL
Novo Cabrais: Novas soberanas serão conhecidas nesta sexta
VARIEDADES
Novo Cabrais: Uma história que se constrói a cada dia
GERAL - Município comemora 23 anos de emancipação político-administrativa com desenvolvimento e progresso
Novo Cabrais: Saúde realiza atividade de prevenção
SAÚDE
Novo Cabrais: Feira de Saúde terá palestras sobre depressão e suicídio
SAÚDE - Evento tratará tema que vem em crescente demanda no município e na região e também oferecerá serviços gratuitos
Empregar RS disponibilizará 50 vagas
GERAL
Marcel Knak é o novo coordenador
GERAL - Ele será responsável por atender 23 municípios da região
Fios de Esperança: um ato de amor
GERAL - Projeto voluntário promove a autoestima e melhora a qualidade de vida de pacientes com câncer
Dia do médico: Celebre o profissional que cuida da sua saúde
ESPECIAIS
Dia do pintor: Eles dão mais cor ao nosso mundo
ESPECIAIS
Farsul em Campo: Seminário teve um dia repleto de atividades
GERAL - Evento contou com a participação de aproximadamente 150 pessoas
Pompéia de cara nova
EMPRESARIAL - A loja ampliou o espaço e o mix de produtos
Influencers Live Show: Gravações iniciam na próxima semana
GERAL - O programa vai ao ar a partir do dia 2 de novembro
Entrega de recursos ocorre na próxima terça-feira
GERAL

Assoeva fora da Taça Brasil de Futsal

Focando no Esporte - Júlio Mello - 06/08/2019

A Confederação Brasileira de Futsal (CBFS) decidiu no final de semana, retirar a Assoeva da Taça Brasil de Futsal, que está sendo realizada em Erechim. Quem estava de fora era a ACBF, que reclamou bastante e conseguiu vencer no final. A direção da Assoeva lançou uma nota de repúdio endereçada a CBFS. “A Assoeva/Unisc/ALM vem por meio deste, lamentar a decisão do STJD e da Confederação Brasileira de Futebol de Salão que a excluiu da 46ª Taça Brasil de Futsal, que inicia nesta segunda-feira, dia 5, na cidade de Erechim. Entendemos que os participantes do torneio são os atuais campeões de cada estado e por esta razão a vaga do RS seria da ACBF. No entanto, os clubes que disputam a Taça Brasil precisam estar jogando a competição no seu estado organizada pela respectiva federação estadual, o que não é o caso da ACBF. Desta forma, a exemplo do que já ocorreu na disputa da Copa do Brasil neste ano, a Assoeva foi a indicada pela Federação Gaúcha de Futebol de Salão para representar o estado na Taça Brasil neste ano. O clube sente-se desrespeitado com esta decisão arbitrária tomada para favorecer o time de Carlos Barbosa. Além disso, é vergonhoso a falta de consideração com a nossa equipe, que já estava com seu calendário alterado para poder participar da competição e já estava até em deslocamento a Erechim”. Infelizmente a força da ACBF é grande junto a Confederação Brasileira.

ACBF ganhou no nome
Vou escrever aqui, apenas o que deveria ser de acordo com o que fez a direção da Federação Gaúcha de Futsal (FGFS), ou seja, o que seria o certo. A ACBF tomou a decisão de não jogar o campeonato organizado pela FGFS nesta temporada. Tomou a decisão sabendo das futuras consequências. Mesmo assim, seguiu nesta direção. Ou seja, confiando na sua força política, no que acertou, infelizmente para a Assoeva, que já estava organizada para esta competição. Portanto, venceu o nome ACBF.

Um time altamente social e vencedor
Não se trata apenas de futsal. Podemos dizer que o futsal em Santa Cruz quebra paradigmas e o tal do preconceito. Cresceu muito ao longo dos anos. Temos em Santa Cruz várias equipes de futsal feminino. Todas com meninas talentosas. Eu poderia citar várias aqui neste espaço. Novas ou veteranas elas jogam de verdade. Uma das boas equipes que temos em Santa Cruz é o Excudetto das minhas amigas Rose e Elisa. As duas tocam este time já tem uma longa data. Este clube tem história em nossa cidade. Tem sido campeão por vários anos. Na semana passada ergueu o troféu de mais um campeonato em nível regional. Nesta equipe, tem muita gente que trabalha para que tudo dê certo. Além da Rosimeri Faleiro, uma das fundadoras, se juntou ao grupo a Coach, Adriane Frederich. O treinador Jorge Rech, que é preparador de goleiros da Assaf e já trabalhou com goleiros de grandes equipes. Como Cristian da ACBF e Léo da Abelc, é o comandante das meninas. Ele está muito orgulhoso do trabalho que vem realizando. “Já são quatro títulos que tenho junto com elas”. Na verdade, ainda existe muita discriminação com o futsal feminino. Quando surgiu o Excudetto, lá nos anos 90, mais precisamente em 1993, o início teve apenas 12 jogadoras. Hoje tem 25 meninas treinando. Portanto, a evolução foi grande, mas ainda tem sempre alguém para denegrir o futsal feminino. Contudo, o trabalho não para e as conquistas passam por cima dos pensamentos incertos sobre o futsal feminino.

Time conta com 25 jogadoras no elencoTime conta com 25 jogadoras no elenco Crédito: Divulgação

Atleta e preparadora física
A jovem jogadora Elisa é conhecida no futsal de Santa Cruz. Além de ser atleta do Excudetto ela é a responsável pela preparação física da equipe. De acordo com a Rosimeri Faleiro, o desempenho do time passa pelo bom trabalho exercido pela Elisa. “Ela é profissional, tem Cref, estuda bastante o futsal e nos ajuda muito dentro de quadra”. Elisa joga na ala direita e também é uma das que começaram no Excudetto. Variavelmente ela é escolhida como uma das melhores em quadra ou fica goleadora dos campeonatos por onde joga.

Além de jogar, Elisa é a preparadora física da equipeAlém de jogar, Elisa é a preparadora física da equipe Crédito: Divulgação

Trabalho forte em prol do esporte
Certamente o que vou escrever aqui faz parte de uma homenagem mais que justa a este senhor de cabeça branca. Claro de tanto se incomodar com os seus alunos. Falo do Jorge Rech, preparador de goleiros da Assaf. Ele tem sido este profissional há muitos anos dentro do Tricolor e sempre de forma beneficente com a causa do futsal. Por tudo, o que tem feito em nome do futsal e agora como técnico do futsal feminino, merece um muito obrigado da comunidade. Digo isso agora, pois tenho a certeza de que o mesmo pode ler e se sentir orgulhoso com o elogio merecedor. Parabéns Jorge por tudo o que fez pelo Futsal de Santa Cruz e agora mais precisamente no futsal feminino.

Treinador está feliz com o seu trabalho no ExcudettoTreinador está feliz com o seu trabalho no Excudetto Crédito: Julio Mello