Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

E de repente o silêncio!

Osvino Toillier - 01/11/2019

A vida, plena de vibrações, de repente se recolhe ao silêncio. Precisa dele para descansar. Temos alguma dificuldade em abrir espaço em nossa vida para este importante elemento, porque não sabemos como lidar com ele. Temos de fazer algo para substituí-lo e nos livrarmos desta estranha companhia. Parece que temos de fazer barulho para espantar os fantasmas...
Temos tantas perguntas, mas onde encontrar as respostas? Rezar é uma solução para as aflições do coração. Encontrei no poeta indiano Rabindranath Tagore estas palavras: “Não me deixe rezar por proteção contra os perigos, mas pelo destemor em enfrentá-los; não me deixe  implorar pelo alívio da dor, mas pela coragem de vencê-la; não me deixe procurar aliados na batalha da vida, mas a minha própria força; não me deixe suplicar com temor aflito para ser salvo, mas esperar paciência para  merecer a liberdade; não me permita ser covarde, sentindo sua clemência apenas para meu êxito, mas me deixe sentir a força de sua mão quando eu cair”.
Aqui é preciso entender que o “silêncio vai além das palavras”, como nos ensina Tagore. É tomada de consciência de nossa finitude, de nosso limitado período de vida.
A vida é um mistério, e você precisa descobrir toda a magia e beleza que está adormecida dentro de cada um de nós. Creia na beleza das coisas, tenha fé em Deus e sensibilidade para as coisas simples, saiba apreciar a beleza de uma flor, o borbulhar da água de um riacho, acredite nos seus sonhos e no amor e terá descoberto o caminho mágico que levará ao encanto da vida.