Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

Lutero X Halloween

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 01/11/2019

Na data de 31 de outubro de 1517 Martinho Lutero tornou públicas suas 95 teses, que fixou na porta da Igreja do Castelo de Wittenberg, protestando contra diversos pontos da doutrina da Igreja Católica Romana.
Tal atitude teve repercussões enormes não apenas no campo da religião, pois foi sem dúvida o movimento que enfrentou de forma vigorosa a supremacia da Igreja Católica na época. Mas também foi um momento de transformação da visão do trabalho e acumulação   em relação da religião. A doutrina protestante não condenou a acumulação da riqueza desde que fruto de trabalho honesto e digno, sendo que inclusive a riqueza nesta condição seria uma benção de Deus. 
A influência do protestantismo nesta nova forma de olhar o mundo da religião e acumulação de riqueza, foi objeto de estudo do intelectual alemão Karl Emil Maximilian Weber (1864/1920), em sua obra “A ética protestante e o espírito do capitalismo”. 
A preliminar acima somente tenta justificar a importância que reforma protestante teve para o mundo ocidental e que no decorrer desta semana comemorou 502 anos, mas que, para minha surpresa teve manifestações muita tímidas seja dos meios de comunicação social e das redes sociais. Sem fazer qualquer juízo religioso, é inegável a relevância de tal momento histórico para o mundo religioso e econômico, que em nossos dias somente não passa despercebido em razão de alguns municípios decretarem feriado na data.
Mas para minha surpresa, já o Halloween, famoso “dia das bruxas” dos americanos, teve comemoração vistosa em nossa cidade, onde várias escolas incentivaram seus alunos a usarem fantasias de bruxos, monstros com sangue escorrendo dos olhos e tudo mais. Algumas escolas do idioma Inglês justificam tal medida usando o argumento de que se trata de uma imersão na cultura da língua. Também houve desfile da monstros na cidade.
O paradoxalidade acima retrata reflete de forma muito clara a complexidade de nossos tempos, pois, esquecemos temas importantes da história da humanidade, e de simultaneamente aderimos a modismos que muito pouco ou quase nada fazem sentido para nossa vida.