Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

Saudades Eternas

Valério Garcia - 01/11/2019

O dia 02 de novembro é destinado à lembrança das pessoas que nos foram queridas e estão em outra dimensão que as várias religiões explicam, ou tentam explicar. É um dia onde reflexões nos afloram na memória. Quantas pessoas que amávamos já não estão mais entre nós!
Aqueles que tem 50 anos ou mais, assim que nem eu, cumpriam um ritual com seus pais ou familiares neste dia: visitar os entes queridos que estavam sepultados nos cemitérios da cidade ou região. Dia de orações, nostálgico e de tristeza. Ficava-se ouvindo as histórias de nossos antepassados e os motivos de sua morte e seus sofrimentos na vida terrena. Mas era nossa obrigação esta visita e fomos educados para que este dia fosse de reverência aos mortos. Hoje, vejo poucos jovens nesta missão. Até posso estar enganado...
É importante que resgatemos este costume, esta devoção por aqueles que nos foram queridos e importantes. Procuro lembrar somente das coisas boas que vivemos no período em que estivemos juntos na vida terrena. Lembranças boas, só nos fazem bem, e acredito que à eles, também. A vida passa muito rápido e a gente vai observando a idade que muitos tinham quando “partiram” e, constata que, talvez, nosso tempo já tenha cruzado a linha divisória da metade de nossas vidas, aqui neste chão, neste plano. Fomos educados somente para a vida, enquanto que a única certeza de nossas vidas, é a morte. 
Devemos procurar explicações em nossas religiões, sejam elas quais forem, desde que sempre procurem fazer o bem, sem ostentações ou cobranças materiais, afinal de contas a alma das pessoas não precisa de dinheiro ou qualquer outro bem, apenas de orações e bons pensamentos. 
Nos dias de hoje, procuremos conviver intensamente com as pessoas, fundamentados no amor durante todos os momentos; deixemos de lado o orgulho, as mesquinharias, pois não sabemos quando chegará o nosso dia. E quando ele chegar, que sejamos lembrados por tudo aquilo de bom que fizemos nesta breve estada por aqui.
Bom final de semana.