Edição do dia 06/12/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

A crítica social no Catolicismo
EDITORIAL
Operação Papai Noel começa na próxima Terça-feira
GERAL - A novidade é a implantação da uma base móvel, equipada com câmeras, computadores e outros dispositivos de segurança
Multi Espaço VIA 9: cultura, educação e um bom café
GERAL - O local conta com loja de artesanatos e realiza diversos eventos e atividades
Neste sábado tem Prefeitura nos Bairros
GERAL
Feira do Livro de 2020 será em maio
GERAL - Patrona, Homenageado e Personalidade Incentivadora da Leitura foram divulgados nesta sexta-feira
Secretaria de Cultura registra 172 entes e agentes culturais
POLÍTICA - Cadastro havia sido fechado em agosto, mas foi reaberto no mês passado
Força-Tarefa fiscaliza supermercado no centro
GERAL - Ação realizou a segunda operação do grupo em Santa Cruz nesta semana
Campanha realiza exames preventivos gratuitos de câncer de pele neste sábado
SAÚDE - Os atendimentos acontecem das 9h às 15h, no Ambulatório do COI do Hospital Ana Nery
Greve do Magistério atinge mais de 1,5 mil escolas
EDUCAÇÃO - Com 80% de participação da categoria, a greve é considerada histórica
Economista dá dicas para utilizar o 13ºsalário
ECONOMIA - O pagamento é uma oportunidade para colocar as finanças em dia, afirma Silvio Cezar Arend
Cartório ainda aguarda mais de 30 mil para recadastramento biométrico
GERAL
Inscrições abertas para o Educar-se nas Férias 2020
EDUCAÇÃO
Alta no preço da carne resulta no aumento da Cesta Básica
ECONOMIA
Saiba os dias de abertura do comércio neste Natal
GERAL
Novo Cabrais: Bryan é mais um ganhador da promoção
GERAL
Novo Cabrais: Escolinha ACF é campeã geral da Uef Cup
ESPORTES
Abertura da Christkindfest acontece hoje
VARIEDADES - Programação se estende até o dia 22 de dezembro, com atividades artísticas e culturais e Casa do Papai Noel
Storch Contabilidade conta com novas e modernas instalações
GERAL

Novamente a Educação

Valério Garcia - 22/11/2019

Não tenho mais como definir o sentimento daqueles profissionais ligados à educação. A rede escolar não se resume apenas aos professores, vários outros servidores são imprescindíveis ao bom funcionamento de uma escola. Desde que o aluno sai da sua casa, uma quantidade grande de profissionais está pronta para o seu zelo, seu apoio e sua caminhada para a aprendizagem, que é o grande objetivo da educação. Eis alguns: o motorista do transporte escolar que madruga nas estradas para que o estudante chegue no horário; o funcionário da escola que abre cedo o prédio fazendo sua limpeza e manutenção; as merendeiras que já estão limpando e preparando a merenda escolar que, para muitos, é a primeira refeição do dia; a direção e supervisão que tudo planejam voltado ao aluno; o professor que juntamente com seus pupilos são a grande razão da entidade chamada Escola. Tudo isso coordenado e apoiado pela Secretaria da Educação e seus diferentes profissionais, sempre voltados para o bem da Educação. 
Na educação “desfilam” todos os moradores de uma cidade, por quase todos os dias. Se não é um aluno é pai, mãe, avô(a), tio, tia, sobrinho(a), padrinho, madrinha, etc... Todos nós temos um vínculo inseparável com a educação, queiramos ou não! Ela é a mola propulsora do conhecimento e do progresso, através dela que as coisas existem e acontecem. Não consigo imaginar um lugar profícuo sem a presença das letras, números, dos estudos e dos profissionais que ali estão inseridos. Em muitos lugares ela tem uma atenção diferenciada, como deveria ser, como deveriam tratar sempre.
O que está acontecendo no Brasil e no nosso Estado? Um constante desrespeito às Instituições e aos profissionais que nelas atuam. As entrevistas que tenho assistido com o Ministro dito da educação são impressionantes para não dizer estarrecedoras. Mostra um despreparo pedagógico, acadêmico, psicológico e principalmente, profissional. Mas me detenho aqui no Estado onde estamos mais próximos. Querem tirar dos professores e funcionários da área educacional direitos que levaram décadas para serem conquistados, anos para serem construídos. Parece que tudo é culpa da Educação. Mas devemos fazer uma auto-crítica: temos um pouco de culpa sim, afinal de contas esses cidadãos que estão no comando receberam o voto dos nossos alunos e o que é pior: o voto de alguns colegas também. Mobilizemos nossos deputados pois, se isso acontecer, qualquer dia até nossa profissão será extinta, como querem alguns. Bom fim de semana.