Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Costuras e Reformas Suzana Ramos: ateliê comemora quatro anos
GERAL
Resultado financeiro da 35ª Oktoberfest supera R$ 1,6 milhão
GERAL
Contatos feitos via redes sociais são falsos
GERAL - Instituto Consulpam alerta sobre suposta contratação de equipe para trabalhar no concurso da Prefeitura
Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos

E passamos do Natal e chegamos ao final do ano

De Olho na Informação - Júlio Mello - 28/12/2019

O Natal já foi. Agora vem aí o final de ano. O que mais se fala? Sim, o aumento das vendas do comércio. Pouco é dito sobre o real motivo desta data tão significativa para todos os cristãos.  O Natal é uma data comemorativa que simboliza o nascimento de Jesus Cristo. Esta celebração acontece há mais de 1.600 anos no dia 25 de dezembro. Na verdade, a palavra Natal se refere ao nascimento ou ao local onde alguma pessoa nasceu. A sua origem vem da data em que os cristãos comemoram o nascimento de Jesus Cristo. Durante muitos anos após seu nascimento, essa comemoração era feita em dias diferentes, pois não se sabia a data exata de seu nascimento. Foi no século IV que se estabeleceu a comemoração do Natal no dia 25 de dezembro, pelo Papa Julius. Portanto, não é somente para comer peru ou dar presentes para os nossos queridos familiares e amigos. O Natal virou data comercial devido ao mundo em que vivemos, onde o que mais vale é o dinheiro.

Natal triste devido ao preço da carne?
Outra coisa que não posso concordar. Não se pode simplesmente dizer que o Natal seria assim, somente por não poder comer picanha ou alcatra devido ao preço que subiu absurdamente. A nossa colega, Sara Rohde, por exemplo, certamente não teve este problema. Ela não come carne, claro que é uma opção sua, mas não sofreu com isso. Acho até que nem se importaria com a falta da carne. Portanto, nem só de carne vive o homem, e no caso aqui, a mulher também.

Não foi só 10%
Falando em carne. Eu estava conversando com um empresário que compra carne de frigoríficos e ele me confirmou que não é apenas 10% que subiu o preço da carne. Segundo este senhor, a porcentagem foi bem maior. Em torno de 30% ou mais ainda. O que certamente vai refletir diretamente no bolso do trabalhador. Infelizmente quem vai sofrer mais é sempre o mais humilde. Muita gente vai ter que substituir a carne de gado por frango ou ovo de galinha. Não tem jeito.

Imposto bom é o que tem retorno direto
Imposto bom é aquele que o cidadão paga e tem retorno garantido. O imposto que se paga para as Prefeituras do seu município é o imposto bom. Ou seja, o cidadão tem retorno garantido em obras no seu bairro. Portanto, não se pode deixar de pagar o imposto. Alguém pode dizer: “Para aí seu Júlio Mello, mas o imposto de Santa Cruz está errado e tu fica aí falando que tem que pagar imposto”. Outro ainda pode dizer: “Mas o meu IPTU está totalmente errado. A Prefeitura errou nos cálculos”. Pode acontecer. Qualquer cidadão pode ir na Prefeitura e reclamar e certamente, se estiver errado, vai ocorrer uma revisão. Contudo, ainda assim temos que pagar o imposto sim. Um dos nossos deveres como cidadãos é este. Sei que a gritaria é grande em nossa cidade e tem muita gente chorando mesmo. Eu acompanhei as explicações dos técnicos da Prefeitura dias atrás lá Câmara de Vereadores. Notei que um deles, se não me engano o nome dele era Antônio, deu explicações com uma certa firmeza. O que passou a ideia de que se tiver algum problema, o setor vai corrigir. Agora é necessário que as pessoas procurem a Prefeitura, mais precisamente a secretaria da Fazenda, para que estes verifiquem se existe ou não algum erro. Portanto gente, este IPTU é um dos impostos que devemos pagar para termos retorno em obras, infraestrutura, saúde e educação. Este é o imposto bom de se pagar.

Presidente da Câmara sanciona lei do vereador Knak
A presidente da Câmara de Vereadores, Bruna Molz (PTB) sancionou a lei de autoria do vereador Alex Knak (MDB) que estabelece prioridade de matrícula e transferência às crianças e adolescentes que estão sob guarda de mulheres vítimas de violência doméstica e familiar, nas escolas municipais de ensino infantil e fundamental de Santa Cruz do Sul. Segundo o autor da proposta, as mudanças de endereço são medidas essenciais para que a mulher, ameaçada, constrangida ou violentada, possa escapar dos atos de violência contra si perpetrados. Reiniciar a vida noutra cidade ou bairro, afastando-se da pessoa agressora, traz consequências de toda ordem, desde a perda do emprego ao realocamento dos dependentes em nova escola próxima à sua nova residência. E, para mitigar esses impactos e desburocratizar o por vezes entrelaçado processo de matrícula ou transferência escolar, propusemos o presente projeto”, justifica. Assim, segundo o vereador Alex Knak, pessoas que estejam coagidas, intimidadas, violentadas em seus direitos mais essenciais, merecem tratamento diferenciado para que se coloquem em passo de igualdade com os demais. “Desta forma estamos atendendo não só aos enquadrados na Lei Maria da Penha, mas também os rumos traçados pela Constituição Federal e Estatuto da Criança e do Adolescente, no que estabelece o direito à educação. Estamos dando nossa contribuição à parcela importante da comunidade”, cita Alex.

Bruna Molz, PTB, sancionou a leiBruna Molz, PTB, sancionou a lei Crédito: Divulgação

Apenas um pedido às nossas autoridades
Não tenho nada contra ninguém. Muito pelo contrário, acho interessante algumas autoridades aqui da nossa querida Santa Cruz. Contudo, eu pediria que algumas coletivas fossem marcadas em horário comercial, até porque, o nosso trabalho é justamente regido assim. Outra coisa, se as autoridades não quiserem atender a imprensa, que saiam de seus cargos e deixem alguém que possa responder pela área. Volto a repetir, nada contra ninguém. Mas está na hora dos assessores de algumas autoridades, não todas, ajudarem. Dar conselhos e não só concordar com os erros e ficar na berlinda. Assessor serve para ajudar.

Mais uma vez em Santa Cruz
O renomado árbitro de futebol, Anderson Daronco, do quadro da Federação Gaúcha de Futebol (FGF), Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e Federação Internacional de Futebol (FIFA), vem a Santa Cruz mais uma vez. Ele vai apitar a final do Municipal domingo, entre São Martinho e Pinheiral. Daronco já esteve em Santa Cruz apitando os jogos da Copa Cidade, Regional e também no nosso interior. Trata-se de uma pessoa bastante agradável, além de ser um dos melhores do país. Parabéns para ele, que gosta de prestigiar o nosso futebol amador. Seja bem vindo meu amigo.

Ginásio inaugurado
A Prefeitura de Santa Cruz realizou na tarde de quinta-feira, 26,a inauguração do Ginásio de esportes do Bairro Faxinal Menino Deus. O ato foi realizado pela secretaria de esportes. O Coordenador de Esportes, Cleber Pereira, esteve no local e agradeceu a presença da comunidade. Também destacou que o Estação Cidadania e Esporte vai ser da Comunidade como um todo e não apenas de um seguimento. Na oportunidade também foi colocado em funcionamento o novo placar eletrônico, semelhante ao do já instalado no Ginásio Poliesportivo. “Este ginásio está capacitado para receber torneios, ginastas e esportistas das mais variadas modalidades, mas o foco será o ambiente para formação de futuros atletas”, finalizou Cleber Pereira. A obra começou a ser idealizada na gestão do ex-secretário de Esportes, Henrique Hermany, com verbas do governo federal. Em contato com este jornalista, ele detalhou quais foram os passos para a construção desta grandiosa obra. Hermany afirmou que os mais de R$ 3 milhões foram buscados junto ao governo federal em conjunto com a ex-senadora Ana Amélia Lemos, com uma contra partida do governo municipal. "Duas coisas inéditas nesta obra. O saldo em vez de devolver eu consegui recolocar de novo na obra, que são os equipamentos de ginástica, academia e placar eletrônico. A outra é o prefeito Telmo Kirst, que não acompanhou a obra, não vistoriou a obra e nem inaugurou a obra", palavras do Henrique Hermany, ex-secretário do governo municipal.

Ginásio está liberado para a comunidadeGinásio está liberado para a comunidade Crédito: Divulgação