Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Costuras e Reformas Suzana Ramos: ateliê comemora quatro anos
GERAL
Resultado financeiro da 35ª Oktoberfest supera R$ 1,6 milhão
GERAL
Contatos feitos via redes sociais são falsos
GERAL - Instituto Consulpam alerta sobre suposta contratação de equipe para trabalhar no concurso da Prefeitura
Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos

Que venha 2020

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 28/12/2019

A impressão que todos nós temos é de que o tempo está passando mais rápido, tanto é que quando chegamos ao final do ano, tem-se a impressão de que houveram meses que foram pulados de tão efêmero que foi o ano.
Sabemos que a quantidade de dias do ano não alterou, mas em compensação as atribulações e compromissos que assumimos são infinitamente maiores de nossa possibilidade de atendimento, o que leva ao processo interminável de que sempre estamos com algo por ser executado ou cumprido, fazendo com que não percebamos o passar dos minutos, horas e dias. 
Esta roda viva tem um efeito colateral muito grave, o de não saborear momentos importantes, sendo que muitas vezes já estamos mentalmente ocupados com a outra tarefa que está a nossa espera. A pergunta que muitos fazem, o que e como reduzir a velocidade de tempo?
Tenho para mim que não há resposta única para tal complexa questão, mas levanto algumas hipóteses que acredito serem úteis para enfrentar tal pertinente assunto.
A primeira sobre qual tenho pensado, é se realmente todas as coisas e compromissos que assumimos são relevantes e/ou importantes para uma vida saudável? A resposta que chego é de que muito do nosso tempo é gasto com a pré-ocupação, ou seja, não poucas vezes ficamos ocupando nosso tempo com situação que sequer vai acontecer. A sugestão que tenho para tal quadro de ansiedade, é de que se resolva o que nos cerca antes de gastar energia com o improvável. É importante aqui frisar que planejamento é algo totalmente diverso de pré-ocupação.
Segunda hipótese, cabe questionar se tudo o que desejo de fato tem o valor que compense gastar minha vida para conquistar, pois não é incomum que após um esforço enorme e o objetivo alcançado já estamos com outro desejo, e sequer saboreamos os frutos da conquista anterior. Saber valorizar as conquistas e maturar o processo de escolha de um novo desafio é muito importante. 
Terceiro, reserve um tempo para reflexão diariamente, sobre o que é importante e o que te motiva, e coloque na balança da vida tudo o que você já fez e conquistou, e certamente irá perceber que gastou muita energia com situações que muito pouco lhe serviram, mas que gastaram um tempo importante, que poderia ter sido compartilhado com pessoas que necessitam da tua presença.
Assim, para que consigamos em 2020 reduzir a velocidade do tempo e não sermos escravos de ambições que muitas vezes sequer nossas são, sugiro as três hipóteses acima para começo de conversa. Feliz ano novo para todos.