Edição do dia 22/02/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Serviços são alterados neste Carnaval
GERAL
Crime de importunação sexual tem pena de até cinco anos de reclusão
ECONOMIA
Avenida joga amistoso na tarde deste sábado nos Eucaliptos
ESPORTES
Sistema usado no HSC é eleito melhor prontuário eletrônico da América Latina
GERAL
Prefeitura inicia melhorias no campo do Bom Jesus
ESPORTES - Investimentos serão realizados para implantação de novo gramado e iluminação
Edemilson pede demissão da prefeitura
GERAL - Secretário de Cultura deverá assumir compromissos pessoais com produções culturais
Locomotiva: os passos para a revitalização
VARIEDADES - O monumento estava em Canoas, antes de ser trazido para Santa Cruz, em 2015
Mistura de enérgico com álcool pode ser perigosa
GERAL - Cardiologista não recomenda realizar a combinação das bebidas, pois pode causar graves danos ao organismo e dependência
Sihmatel: 22 anos de tradição
EMPRESARIAL - Empresa está em novo endereço, com espaço mais amplo para melhor atender seus clientes
Avenida joga amistoso na tarde deste sábado nos Eucaliptos
ESPORTES - Técnico quer ajustar equipe para estreia dia 1º de março em Rio Grande
Caxias e Grêmio decidem primeiro turno na serra
ESPORTES
Afasc: Os resultados das categorias de base
ESPORTES
Judô: União Corinthians busca apoio para auxiliar atleta surda
ESPORTES
Lifasc: Posse da nova coordenação ocorre dia 27
ESPORTES
Santa-cruzenses correm para regularizar título de eleitor
GERAL - Fila quilométrica foi registrada na manhã de ontem, 21, nas imediações da Justiça Eleitoral
Seminário regional debate sobre a água
GERAL - Ação realizada na quarta, 19, foi uma promoção das prendas da 5ª Região Tradicionalista
Brigada Militar prende foragido
POLÍCIA
PRE combate embriaguez no feriadão de Carnaval
POLÍCIA

Os limites do mercado

Olhar Parcial - Edison Rabuske - 08/02/2020

Os movimentos que estamos tendo notícia no decorrer do último período demonstram de que os discursos fáceis não resistem ao mundo da vida. As vitórias de líderes neoliberais da Argentina e Chile, ao que indicam os movimentos populares destes países, estão com seus dias contados, em razão da total dissintonia entre a vida das pessoas e o mundo ficcional idealizado pelos arautos das políticas concentradoras de renda da extrema direita.
O Estado mínimo apregoado aos quatro ventos por setores conservadores destes dois Países, dão a dimensão de que o andar baixo da pirâmide social paga conta, com menos saúde, menos educação, menos emprego e políticas públicas de habitação e distribuição de renda, culminando com um processo natural de rejeição de políticas concentradoras de renda. 
E neste sentido, cabe um alerta para o Brasil, que no decorrer do 2019, através de um governo que demonstra total desconhecimento de políticas públicas para expansão de emprego e renda, acha por exemplo importante, aumentar a cota de compras em freeshopping dos aeroportos internacionais, prejudicando de uma vez só o comércio interno e renunciando à receita tributária. Tal exemplo, somente dá a dimensão do descompasso do governo com a vida real dos brasileiros.
E pelo que se observa, tal visão equivocada das políticas públicas de Estado logo adiante vai cobrar sua fatura, pois não é racional acreditar que o governo não deve ser um fomentador dos empreendimentos privados e públicos, seja com concessão de bolsas de estudo em universidades públicas e privadas, ou então, com abertura de crédito para empreendedores da construção civil, como inclusive já ocorreu no passado em nosso País.
A gestão pública estatal exige uma compreensão poliédrica da vida de um País, em especial, no caso do Brasil, que é a oitava economia do mundo, mas ostenta indicadores péssimos de distribuição de renda. Não há mais espaço para a velha tese da “mão invisível do mercado”, que tudo regula através da ainda mais velha cantilena da “oferta e procura”. A sociedade contemporânea exige uma visão holística de seus gestores públicos, e não mera retórica embolorada.