Edição do dia 12/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Mudanças são anunciadas nas secretarias
GERAL
Dia de visitações, experiências e expectativas no Viva Unisc 2019
GERAL
Solenidade marca aniversário do General Gomes Carneiro
GERAL - Na ocasião também foi comemorada a chegada do III Batalhão ao município
Pequenas atitudes
OPINIÃO
Verrugas Estelares
OPINIÃO
Em defesa da vida
OPINIÃO
CDL aponta 800 vagas temporárias
ECONOMIA - Expectativa é de boas oportunidades de emprego para o período
ACI: Eleição ocorre hoje
GERAL
Vigilância Colaborativa: Lançamento do Programa acontece hoje
GERAL
GREVE: Polícia Civil paralisa nesta quarta-feira
POLÍCIA
Campeonato Municipal inicia no próximo dia 22
ESPORTES
AMO/Unimed VTRP: Atletas brilham pelo estado
ESPORTES
Dois times largam com vitória na estreia da Copa Lisaruth
ESPORTES
Estadual sub 19: Santa Cruz vence fora e fica perto da final
ESPORTES
Regional: São José larga na frente nas semifinais
ESPORTES
Universidade aguarda mais de cinco mil estudantes
GERAL
Bate papo: Doações por incentivos fiscais
ECONOMIA
Comdica realiza 4ª Noite Cultural na Unisc
VARIEDADES - O evento que tem entrada franca visa enaltecer projetos sociais realizados por diversas entidades

Futsal: Apagão que custou caro

Com atuação fraca da Assaf na segunda etapa, time leva 7 a 2 do Bento Gonçalves

ESPORTES - 15/05/2012

Diego Dettenborn - [email protected]

Não deu para a Assaf no último final de semana diante do Bento Gonçalves. Oportunidades não faltaram na serra, a equipe comandada pelo técnico Paulo Rocha inaugurou o placar na serra e chegou a abrir 2 a 0 em cima dos donos da casa. No entanto o segundo tempo foi lamentável para a equipe de Santa Cruz e o resultado final resumiu o que se viu dentro de quadra: Assaf 2 x 7 Bento Gonçalves.
A Assaf foi superior durante grande parte do primeiro tempo de partida. A equipe demonstrando tranquilidade chegou de forma natural aos 2 x 0 com Bipe logo aos seis minutos de jogo e Marquinhos aos 11. Com um toque envolvente e mostrando um futebol com personalidade, digno de uma equipe que realmente almeja estar entre os três ao término do estadual, os santa-cruzenses pareciam não sentir o peso da partida.
O time da serra foi sufocado até os 15 minutos do primeiro tempo. O Bento começou então a investir forte nas jogadas ofensivas, e faltando cerca de 20 segundos para o final da primeira etapa, Pelé chutou de fora da área, a bola desviou na zaga e morreu dentro do gol do goleiro Cristian: Assaf 2 x 1 Bento Gonçalves
Na volta do intervalo é que veio a frustração Tricolor. O que se viu dentro das quatro linhas no Ginásio Municipal de Bento Gonçalves foi um verdadeiro apagão do time comandado por Paulo Rocha.
 

 

Arquivo/RJ

Equipe deverá sofrer mudanças nos próximos dias

 

A equipe errava insistentemente tanto com a bola, como quando estava sem ela. Erros de marcação, toque de bola e falhas defensivas permitiram aos donos da casa uma reação incrível. No primeiro minuto da etapa final, Pelé interceptou a bola chutada por Maninho e deixou tudo igual, 2 a 2 na serra. A partir daí a partida foi de um time só. A Assaf não conseguia chegar ao gol adversário e, quando estava na defesa, era falha. Logo vieram os gols do Bento Gonçalves. Piolho, dispensado da Assaf ano passado, marcou três vezes, William e Carlão deram números finais ao embate. Assaf 2 x 7 Bento Gonçalves.
A Assaf agora volta a entrar em quadra na quarta-feira, dia 23. O time santa-cruzense irá receber a Assoeva no Ginásio Poliesportivo em um dos maiores clássicos da Série Ouro de futsal.

Desabafo

O presidente da Assaf, Paulo Meinhardt, ressaltou a situação pós-partida. “Uma instituição como a Assaf não pode jamais passar por isso. Não pela derrota em si, mas pela forma que ela se deu. Um apagão como este não tem explicação. Após o que aconteceu lá na serra, alguma coisa vai ser feita, algo que realmente mexa no grupo. Não vamos esperar mais, pode ser tarde.”