Edição do dia 15/08/2017

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Sub-15 do Cestinha é campeão Sul-Brasileiro de Clubes de 2017
ESPORTES - Projeto do Sesi e da Unisc conquistou título em Caxias do Sul
POE prende foragidos da justiça em Santa Cruz
POLÍCIA - Brigada Militar realizou duas prisões na tarde desta quarta, de pessoas que estavam procuradas
Avenida renova com treinador do Acesso
ESPORTES - Fabiano Daitx vai comandar o Periquito também na Série A
Santa Cruz do Sul recebe a 4ª etapa do Brasileiro de Endurance
ESPORTES - Prova de longa duração acontecerá neste sábado, dia 19 de agosto
Começam nesta quarta-feira as semifinais da Copa do Brasil
ESPORTES - Olhares gaúchos estão voltados para Grêmio x Cruzeiro, na Arena
Detran recicla 395 toneladas de sucata em Osório e Candelária
GERAL - Material de quase 800 veículos será reciclado
Brigada Militar apreende máquinas caça-níqueis
POLÍCIA - Bar em Venâncio Aires disponibilizava três dispositivos de jogos de azar aos seus usuários
Acesso Grasel receberá mais um trecho para acostamento
GERAL - Prefeitura de Santa Cruz realiza a obra na lateral da principal via de acesso à cidade
TCE-RS determina redução na cobrança da tarifa de ônibus intermunicipal
ECONOMIA - Agência reguladora identificou cobrança ilegal de taxa de embarque para quem não pega o ônibus na rodoviária
Centro de Triagem de presos começa a operar em Porto Alegre
POLÍCIA - Estado anunciou prazo para construção de mais duas unidades prisionais

Hospitalzinho: Telmo Kirst considera o assunto encerrado

SAÚDE - 21/04/2017

Nem a ameaça de protestos e de fechamento da BR 471 vão intimidar o prefeito Telmo Kirst, com relação à decisão de interromper as atividades do pronto atendimento no Hospitalzinho, no horário das 23h às 7h. Conforme ele afirmou de modo enfático, a Administração Municipal de Santa Cruz do Sul não voltará atrás na decisão tomada.

Para o chefe do Executivo, todo esse burburinho não passa de uma encenação político-partidária, organizada por um inexpressivo grupo de pessoas que perdeu duas eleições e até hoje não aceitou o fato. “Quando assumi o governo encontrei o Hospitalzinho em situação precária e sem condições de atendimento. Esses que agora estão aí fazendo barulho, à época, não diziam nada”, disparou. Ele ainda fez questão de dizer que transformou o local em um grande Complexo de Saúde, com farmácia distrital, plantão adulto e pediátrico e ambulância 24 horas.

“Nenhuma força de manifestação me fará voltar atrás”. Para o prefeito, o assunto está superado. Ele afirma que se houver uma melhora real no orçamento do Município e superação da crise econômica nacional, a Prefeitura vai estudar a possibilidade de retomar o antigo horário. No momento, a prioridade do governo é a saúde financeira do município e a responsabilidade com o dinheiro público.