Hospitalzinho: Telmo Kirst considera o assunto encerrado

SAÚDE - 21/04/2017

Nem a ameaça de protestos e de fechamento da BR 471 vão intimidar o prefeito Telmo Kirst, com relação à decisão de interromper as atividades do pronto atendimento no Hospitalzinho, no horário das 23h às 7h. Conforme ele afirmou de modo enfático, a Administração Municipal de Santa Cruz do Sul não voltará atrás na decisão tomada.

Para o chefe do Executivo, todo esse burburinho não passa de uma encenação político-partidária, organizada por um inexpressivo grupo de pessoas que perdeu duas eleições e até hoje não aceitou o fato. “Quando assumi o governo encontrei o Hospitalzinho em situação precária e sem condições de atendimento. Esses que agora estão aí fazendo barulho, à época, não diziam nada”, disparou. Ele ainda fez questão de dizer que transformou o local em um grande Complexo de Saúde, com farmácia distrital, plantão adulto e pediátrico e ambulância 24 horas.

“Nenhuma força de manifestação me fará voltar atrás”. Para o prefeito, o assunto está superado. Ele afirma que se houver uma melhora real no orçamento do Município e superação da crise econômica nacional, a Prefeitura vai estudar a possibilidade de retomar o antigo horário. No momento, a prioridade do governo é a saúde financeira do município e a responsabilidade com o dinheiro público.



voltar


Editora Dreher Ltda.

DIRETOR: André Felipe Dreher

EDITOR: Nelson Treglia

comercial@riovalejornal.com.br
jornalismo@riovalejornal.com.br
assinaturas@riovalejornal.com.br
ESCRITÓRIO E REDAÇÃO
Rua Osvaldo Cruz, 402 - Fone: 3056.3210 - 3056.3211
CEP: 96820-742 - Santa Cruz do Sul - RS
Representante em Porto Alegre
Elenco de Veículos de Comunicação
Rua Santana, 1106 - Conj. 402 - Fone: (51) 3217.5331