Edição do dia 17/01/2020

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Costuras e Reformas Suzana Ramos: ateliê comemora quatro anos
GERAL
Resultado financeiro da 35ª Oktoberfest supera R$ 1,6 milhão
GERAL
Contatos feitos via redes sociais são falsos
GERAL - Instituto Consulpam alerta sobre suposta contratação de equipe para trabalhar no concurso da Prefeitura
Atividades na rede municipal são oferecidas no período das férias
GERAL
Distribuição de fraldas em novo endereço
GERAL
Salário mínimo sobe para R$ 1.045
ECONOMIA - Reajuste decorre da inflação mais alta em 2019
Doces que empoderam mulheres e combatem o trabalho infantil
VARIEDADES
Banco de Móveis já contabiliza mais de duas mil doações
GERAL
Pedido de aposentadoria
GERAL - Passados seis meses de espera, segurado pode exigir agilidade na Justiça
Portas Abertas já realizou 11.064 atendimentos
SAÚDE
Saiba como retirar medicamentos na farmácia de Monte Alverne
SAÚDE
Iniciam as obras do posto de saúde sustentável
SAÚDE - Primeira unidade do Brasil começou a tomar forma na última terça-feira
Tarifa adicional de cheque especial não será cobrada
ECONOMIA
Saúde estuda redistribuição de incentivos estaduais para hospitais
SAÚDE
IPE Saúde amplia pagamentos assistenciais para 2020
SAÚDE
Vacina pentavalente já está disponível em Santa Cruz
SAÚDE
Porto Verão Alegre 2020 passa em Santa Cruz do Sul
VARIEDADES
The Wailers volta ao Rio Grande do Sul
VARIEDADES - Após quatro anos desde o último espetáculo, banda jamaicana retorna tocando os maiores sucessos

Corrupção no esporte

Jogos Olímpicos e caso do Internacional demonstram que a área esportiva também é maltratada em nosso país

EDITORIAL - 12/09/2017

Lamentavelmente, o Brasil passa por um processo muito difícil e penoso, mas necessário, de combate à corrupção. E, para nos entristecermos ainda mais, a área esportiva também está envolvida nessa problemática, conforme foi divulgado na semana passada pela imprensa nacional e internacional. A notícia propagada é de que o Governo do Estado do Rio de Janeiro (gestão anterior à atual) e o Comitê Olímpico Brasileiro (COB) teriam comprado votos para que a capital fluminense sediasse os Jogos Olímpicos de 2016.

Antes de qualquer coisa, do ponto de vista esportivo e da fascinação de ter os Jogos no Brasil, foi maravilhoso que uma cidade tão simbólica do nosso país, tenha reunido atletas de todo o mundo para um dos eventos mais importantes da humanidade.

Mas não podemos fechar os olhos para algo que é extremamente grave, e é preciso admitir: se esta compra de votos de fato ocorreu, isto só reforça o arrependimento de termos feito os Jogos Olímpicos em nosso país, por mais belo que seja este megaevento e por quanto tenha sido significativa a sua realização no Brasil. Muito, muito triste.

Na semana passada também, um dos maiores clubes do país, o Internacional de Porto Alegre, teve noticiada uma movimentação irregular de R$ 40 milhões pela gestão anterior do clube. Outro exemplo alarmante do que se faz em relação ao esporte do nosso país.

O lado positivo dessa notícia do Inter é que a gestão atual do clube foi quem tomou a iniciativa para fazer o levantamento relativo a essas irregularidades. Mas, mesmo assim, é algo que deveria preocupar aos desportistas do Rio Grande do Sul e do Brasil.

Se o Inter tomou a iniciativa de apurar seus problemas administrativos, e o resultado foi este, imaginem se todos os clubes e entidades esportivas tomassem igual iniciativa. Seria desastroso com certeza, mas é preciso apurar, sim.