Edição do dia 20/10/2017

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Empregar RS acontece no próximo dia 27
GERAL
Unisc TV passa a exibir programação pela internet
GERAL
Educar-se realiza Noite Cultural
VARIEDADES
Abre edital para cadastramento de peritos médicos
GERAL
Serviço de odontologia no município completa 30 anos
GERAL - Em comemoração, programação especial será realizada na próxima quarta-feira
Souza Cruz abre processos de seleção para 30 vagas de estágio
GERAL - Candidatos devem ter previsão de formatura entre janeiro de 2020 e janeiro de 2021
Agentes da vigilância visitarão residências para avaliar focos de Aedes Aegypti
GERAL - As larvas coletadas no Levantamento de Índice Rápido (Lira) serão analisadas no laboratório da 13ª Coordenadoria Regional de Saúde
Heitor Petry assume a vice-presidência do Fórum dos Coredes RS
GERAL
Unisc figura entre as 150 melhores empresas para se trabalhar
GERAL - Essa é a 10ª vez consecutiva que a universidade aparece na lista divulgada pela revista Você S/A e pela Fundação Instituto de Administração (FIA)
Agentes visitarão residências para avaliar focos de Aedes Aegypti
SAÚDE - Todos os 38 bairros da cidade serão avaliados simultaneamente
FC SANTA CRUZ: Jantar em apoio à base é neste sábado
ESPORTES - Festa ocorre no mesmo dia em que equipe Juvenil decide vaga nas quartas do Gauchão
SRFis Unisc e Acadef fazem entrega de órteses e próteses
GERAL - Encontro ocorreu nas dependências da Unisc a pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), vindos de vários municípios
Hospital Santa Cruz participa de encontro da Rede Cegonha
GERAL
Unimed VTRP é uma das melhores empresas para trabalhar
GERAL - Levantamento do ranking da Revista Você S/A foi divulgado na noite dessa terça-feira
Lifasc: Copa MD Pneus tem oito partidas pelas quartas-de-final
ESPORTES - Bola rola em uma fase decisiva da Copa Valdino Brutscher
Dois jogos abrem as quartas do Regional neste sábado
ESPORTES - Campeonato dá início a sua fase quente e decisiva
Evento mundial sobre tabaco acontece na próxima semana
GERAL - Delegações de 22 países participam em Santa Cruz do Sul do evento que não é aberto à comunidade
Daniel Zimpel é campeão estadual do Circuito Sesc
ESPORTES - Atleta da AMO/Unimed VTRP conquistou título da temporada

Mulheres conversam sobre a utilização de chás e o cultivo de hortas orgânicas

No mês voltado à saúde da mulher, a rede de atenção básica de Santa Cruz do Sul desenvolve uma série de atividades de orientação

GERAL - 09/10/2017

A comunidade de Rio Pardinho, na Academia de Saúde da localidade, pôde aprender um pouco mais sobre a importância da alimentação saudável na prevenção de doenças como câncer, hipertensão e diabetesA comunidade de Rio Pardinho, na Academia de Saúde da localidade, pôde aprender um pouco mais sobre a importância da alimentação saudável na prevenção de doenças como câncer, hipertensão e diabetes Crédito: Luiz Fernando Bertuol/PMSCS

No mês voltado à saúde da mulher, a rede de atenção básica de Santa Cruz do Sul desenvolve uma série de atividades de orientação voltadas a grupos de usuárias das Unidades Básicas de Saúde (UBS) e das Estratégias de Saúde da Família (ESFs). Neste a segunda-feira, dia 9, a comunidade de Rio Pardinho, na Academia de Saúde da localidade, pôde aprender um pouco mais sobre a importância da alimentação saudável na prevenção de doenças como câncer, hipertensão e diabetes.
Na primeira parte da programação, alunas da Farmácia Escola da Unisc, sob a orientação da farmacêutica Mênia Bach, explanaram sobre a preparação e a utilização correta de chás. Diferente do que pode supor o senso comum, não é por serem naturais que as ervas podem ser consumidas indiscriminadamente. Como rotina são indicados os chás alimentícios, como maçã e abacaxi. Já os elaborados com plantas medicinais têm ação terapêutica e, portanto, devem ser consumidos esporadicamente e no intuito de fazer cessar algum desconforto ou mal estar físico.
Se usados de forma indiscriminada, os chás podem ter consequências negativas para a saúde. “Por mais que se pense que é natural, é preciso ter cuidado”, alertou Mênia. Na interação com medicamentos os chás podem anular ou potencializar seus efeitos. “É importante sempre informar ao médico o consumo de chás quando a pessoas estiver utilizando algum tipo de medicação”, observou. Também, segundo ela, é importante observar a utilização de plantas conhecidas e o estado de conservação em que se encontram.
Com relação aos benefícios da bebida, embora jamais substitua a água potável, o chá facilita a eliminação de toxinas, favorece a temperatura corporal e auxilia na digestão. Durante a palestra também foram abordadas as diferentes formas de preparo: maceração, infusão e decocção. Seu consumo deve acontecer logo após o preparo e nunca mais de três a quatro xícaras por dia. “O chá não pode ser armazenado pronto de um dia para o outro, nem mesmo do dia pra noite porque perde as propriedades”, disse a farmacêutica. No caso de raízes, cascas, frutos secos e ervas, a armazenagem é por, no máximo, seis meses.
Orgânicos – Na segunda parte da programação matutina, estagiários do Sindicato dos Trabalhadores Rurais e alunos da Escola Família Agrícola ensinaram às mulheres como fazer uma horta orgânica, aproveitando os pequenos espaços na propriedade rural. Foram abordados temas como a escolha do local, ferramentas, utensílios e insumos, plantio de hortaliças e consórcio com outras espécies, plantas repelentes, inseticidas naturais, colheita e armazenagem.
Para a assistente social do Sindicado, Salete Faber, vale a pena ter o hábito de cultivar as próprias verduras para ter na mesa produtos livres de agrotóxicos. “Se os índices de câncer estão aumentando, talvez nossa alimentação não esteja tão saudável. Vocês estão inseridas em uma comunidade rural, então aproveitem isto”, aconselhou.