Edição do dia 24/05/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida perde pela primeira vez na Série D
ESPORTES - Time foi derrotado pelo Joinville, em Santa Catarina, mas segue líder do Grupo A17
Genoma recebe o Juventude no domingo pelo Gauchão
ESPORTES - Jogos acontecem no Planeta Bola a partir das 14h
Seis projetos novos em debate na sessão da próxima semana
GERAL - Antes da sessão ordinária ocorre reunião especial para debate de questões pertinentes à Corsan, às 16h
Domingo tem feira de adoção na Praça Getúlio Vargas
GERAL
Semana dos Alimentos Orgânicos evidencia nova realidade de produção
GERAL - Evento promovido pela Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo teve abertura junto à Efasc, em Linha Santa Cruz
Vereadores Zé Abreu e Mathias Bertram visitam São Gabriel Saneamento
GERAL - Nível de satisfação dos moradores da cidade impressiona
Vereador Luizinho Ruas indica identificação de ruas no Loteamento Nova Santa Cruz
GERAL
Final de semana não tem jogos da Copa Cidade Miller Supermercados
ESPORTES
Lançada a quarta edição do Projeto Mestre Cuca, Comidas do Bem
GERAL
Transferida: megaoperação contra a dengue tem nova data
GERAL - Visitas às residências do Arroio grande e Santo Antônio foram transferidas para o dia 2 de junho devido a chuva
Havan: Quase 1,3 mil candidatos em dois dias
ECONOMIA - 85 primeiros contratados passarão por treinamento em outras unidades
Segundo dia de megaoperação contra o mosquito Aedes Aegypti é neste sábado
SAÚDE - As vistorias serão realizadas nos bairros Arroio Grande e Santo Antônio
Viação União Santa Cruz: Tecnologia, conforto e acessibilidade
GERAL - Empresa renova frota com a aquisição de oito novos ônibus compostos por alta tecnologia e acessibilidade
NOVO CABRAIS: Leitura dos hidrômetros será digital
GERAL - Equipamentos e sistema foram adquiridos pela prefeitura e em breve serão implantados no município
NOVO CABRAIS: Equipe da Educação recebe assessoria técnica
EDUCAÇÃO
NOVO CABRAIS: Prefeitura irá construir rede de água na Linha São João
GERAL - Investimento será de mais de R$ 100 mil e irá atender mais de 60 famílias cabraisenses
Prefeitura lança Programa Fila Zero
SAÚDE - O programa que inicia no dia 3 de junho, visa reduzir a fila de consultas e exames agendados
STICM: Em defesa da classe trabalhadora desde 1958
GERAL

O caso Dr. Bumbum: estamos retrocedendo!

OPINIÃO - 31/07/2018

Nos últimos dias virou notícia nacional mais um caso de óbito de paciente vítima de procedimento estético realizado por profissional não-habilitado. O caso chamou a atenção da mídia e da população, mas confesso que a mim não surpreendeu em nada. Casos como este do Rio de Janeiro acontecem todos os dias, em metrópoles e cidades como Santa Cruz do Sul.
Não pense que fiquei alheio a sentimentos pelo fato de não ter me surpreendido. Sinto muito pela perda de mais uma vida, pelos familiares da paciente e por todas outras pacientes que sofreram danos causados por este sujeito.  Explico no entanto, a minha falta de surpresa.
Vivemos tempos de barbárie e selvageria. Retrocedemos na evolução da espécie. Valores como ética, respeito e educação estão se perdendo diariamente. E não nas escolas e universidades, principalmente em nossos lares. Bandidos como este autodenominado “Dr. Bumbum” sempre existiram e vão existir. O que não se pode permitir é que um sujeito como este faça mais de 9 mil vítimas e somente ser preso quando um óbito vira notícia.
Quem faz um médico são seus pacientes. São eles que impulsionam bons e maus médicos. E os pacientes que dão fama a médicos como o “Dr. Bumbum” são muitos e se proliferam. Além dos 9 mil que ele alega ter atendido, são mais 600 mil em suas redes sociais, curtindo, compartilhando e idolatrando um psicopata. São pessoas com valores distorcidos, sem amor ou respeito à própria vida, que se submetem a procedimentos condenados pela medicina séria, em locais inapropriados, com profissionais de todo tipo, sem habilitação e nem sequer ética ou treinamento. 
Mas por que isso acontece? Porque é mais fácil. Este tipo de paciente não quer a realidade. Quer um procedimento da moda, uma promessa falsa, que tenha resultado imediato e sem período de recuperação. Sonha com um corpo que não é seu, quer procedimentos que não precisa ou que não são para o seu caso, e dá mais valor a informações de internet ou de uma vizinha do que a um médico sério e preparado. É uma questão de não assumir suas responsabilidades e, na verdade, pagar para qualquer um para que este as assuma.
Neste caso em especial, uma cascata de erros levou ao desastre. Um mau médico, sem ética, respeito ao paciente ou às leis, sem formação de cirurgia plástica ou dermatologia, que realizava procedimentos invasivos em local inadequado e com produto proibido para aquele fim. Uma paciente em idade que deveria ter maturidade, que possuía todos recursos de informação, escolheu fazer um procedimento condenado pela medicina, com um médico sem especialização, escolhido pelas redes sociais, numa cidade muito distante da sua, em um local impróprio para a realização do procedimento e sem informar à própria família.
A desculpa do “Eu não sabia” já não cola mais. Hoje, a maior arma que temos é a informação. Todos temos acesso a ela, cabe a cada um assumir sua responsabilidade. Se o paciente em caso de desejo ou necessidade de um procedimento médico, antes de fazê-lo, pesquisar, consultar, avaliar e se certificar, bandidos de jaleco não terão apelidos promocionais e somente fama de criminosos.

Dr. Vicente Scopel de Morais
Médico, cirurgião plástico