Edição do dia 20/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Feriado em Santa Cruz do Sul
GERAL - Saiba como funcionarão os principais serviços nesta sexta-feira, 20
Livro Dois meninos será lançado em Santa Cruz
VARIEDADES
JTI promove a língua inglesa entre colaboradores
GERAL
Equipes da Afubra realizam avaliações nas lavouras atingidas
GERAL
100 anos Sicredi VRP: Solenidade marca os 100 anos
ESPECIAIS
100 anos Sicredi VRP: Programação intensa durante todo o ano
ESPECIAIS
Dia do Contador: A saúde financeira do seu negócio depende dele
ESPECIAIS - Conheça um pouco mais sobre a profissão do contador e sua data comemorativa
Mensagem pelo Dia do Contador
ESPECIAIS - Rugard Kanitz - presidente do Sincotec VARP
Dia do Contador: Conheça os vencedores da 6ª edição do Concurso de Redação Tributação e Cidadania
ESPECIAIS
Preservação da cultura alemã no traje oficial
VARIEDADES
As donas das flores
GERAL - O trabalho delas é cultivar a natureza que enfeita a cidade
Shopping Santa Cruz recebe convidadas para bate-papo
GERAL - Quatro mulheres estarão à frente do evento de troca de experiências
Irmãos de Axé visitam Terreiro de Candomblé na Bahia
GERAL
Galo tem jogos importantes no final de semana
ESPORTES
Copa CFC Celso abre decisão em Linha Santa Cruz
ESPORTES
Assaf encara a Assoeva no Ginásio da Unisc neste sábado
ESPORTES
SCS Skate Contest: um incentivo ao esporte
ESPORTES
Gelson Conte substitui China Balbino no Avenida
ESPORTES

Sebrae RS propõe criação de comitês de empreendedorismo nos municípios gaúchos

Iniciativa envolve setor público, privado e Terceiro Setor com o objetivo de melhorar o ambiente de negócios do Estado

EMPRESARIAL - 01/08/2018

O empreendedorismo pode transformar a realidade das cidades do Rio Grande do Sul. Para mobilizar os diversos setores da sociedade a assumirem ações que promovam o desenvolvimento, o Sebrae RS está articulando uma série de iniciativas com o objetivo de criar Comitês de Empreendedorismo nos municípios gaúchos. Para participar do projeto foram escolhidas 22 cidades em todo o Estado. Em comum, essas localidades têm demonstrado compromisso em apoiar as micro e pequenas empresas como, por exemplo, a implantação da Lei Geral das MPEs e da Sala do Empreendedor, além de outras ações.
A técnica de Políticas Públicas do Sebrae RS, Roselaine Monteiro Moraes, explica que a estratégia de atuação do projeto tem quatro fases: levantamento dos principais indicadores municipais, capacitação das lideranças, plano de ação e formação do comitê de empreendedorismo. “Após o levantamento dos indicadores com dados socioeconômicos de cada município, iremos capacitar as lideranças locais para fortalecerem o protagonismo e a cooperação. O plano de trabalho vai levar em consideração o cenário municipal e as tendências para os próximos anos com ações de curto, médio e longo prazos”, detalha.
Para que possam implantar o Comitê de Empreendedorismo em seus municípios, serão trabalhados temas como liderança empreendedora, cooperação e ambiente empreendedor. “A finalidade é promover, articular e executar ações para a melhoria do ambiente de negócios, gerando transformação para as iniciativas empreendedoras”, resume. A meta é que as cidades envolvidas no projeto implantem seus Comitês de Empreendedorismo ainda este ano.
Rio Grande é pioneiro
Roselaine acrescenta que o Sebrae RS participa de todo o processo, desde o início, para estimular a criação dos comitês, até o apoio para a realização das ações apontadas em cada cidade. A primeira experiência deste projeto ocorreu no município de Rio Grande, implantado em 4 de julho. O presidente do Comitê de Empreendedorismo do município, Fábio da Silva Cunha, destaca que foram definidos cinco eixos de trabalho: desburocratização, educação empreendedora, inovação, indústria e logística, e turismo.
O comitê tem 50 representantes de diversas áreas da sociedade civil, como CDL, universidades, prefeitura, empresários e representantes de outras entidades. Em cada grupo atuam 10 participantes. “Para alguns temas, como educação empreendedora e turismo, o planejamento já está avançado e estamos definindo as ações e parcerias”, relata. “O objetivo é promover o desenvolvimento da cidade e atuar de forma proativa, sem esperar exclusivamente pelas decisões de governo”, conclui.
As próximas cidades que iniciarão o trabalho ainda em agosto são Capão da Canoa, Viamão, Torres e Gravataí.