Edição do dia 16/11/2018

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Assembleia reuniu cerca de 200 pessoas
RELIGIÃO - Evento aconteceu nesta quinta na Diocese em Santa Cruz do Sul
Dívidas do Estado e do IPE-Saúde prejudicam os hospitais gaúchos
SAÚDE
Painel marca 10 anos de publicações sobre racismo na região
VARIEDADES - No dia 19, ocorre o 2º Fórum Consciência Negra: Relações Raciais e Educação
Idosos de Santa Cruz participam da 15ª Convenção da Maturidade Ativa Sesc
VARIEDADES
Milhares de alunos participam do Viva Unisc
GERAL - O evento teve o objetivo de apresentar os cursos oferecidos, a infraestrutura e serviços da universidade
Semana de solenidades no Batalhão
VARIEDADES
Tá na Hora debate os rumos da economia do País
ECONOMIA
Encontro de Formação da Juventude acontece na Efasc
GERAL
Respeita as Minas é a nova música das Predominas
VARIEDADES - A letra aborda a importância da leitura e do conhecimento e presta uma homenagem à Francine Ribeiro
Vovó conta histórias
VARIEDADES
HSC promove evento de Humanização e de Segurança do Paciente
SAÚDE - Organização é do Grupo de Trabalho de Humanização e pelo Núcleo Interno de Gerenciamento de Risco do Paciente
Governo cubano deixará o Programa Mais Médicos
SAÚDE - A medida foi tomada após exigências do presidente eleito Jair Bolsonaro
Artes e Tradição se encontram em Santa Cruz
ESPECIAIS
CTG Lanceiros é Santa Cruz na Força A
VARIEDADES
Chegou a hora de conhecer o campeão dos aspirantes
ESPORTES - Decisão do Vale do Castelhano é neste sábado, em Alto Paredão
Genoma joga partidas decisivas neste fim de semana
ESPORTES - Entidade participa das semifinais do Regional e do Gaúcho, nas categorias de base
Lifasc: Empate marca super clássico na Copa CenterTech Informática
ESPORTES - Linha Santa Cruz e Pinheiral ficaram no 1x1. Também houve empate entre São José e Rio Pardinho
Regional 2018
ESPORTES - Trombudo e Saraiva fazem jogo de ida

IPE Saúde reajusta valor das consultas médicas

Decisão mostra novo posicionamento para recompor a remuneração dos médicos

SAÚDE - 11/09/2018

Argollo e Gabbardo apresentam conquista dos médicos e da população gaúchaArgollo e Gabbardo apresentam conquista dos médicos e da população gaúcha Crédito: Divulgação/Simers

O Instituto de Assistência à Saúde dos Servidores Públicos do RS – IPE Saúde e o Simers – Sindicato Médico do RS comunicam que, a partir do 1º de outubro, as consultas realizadas por médicos credenciados ao IPE terão um incremento médio de 35%. O valor para os que estão habilitados como Pessoa Jurídica passará para R$ 90,00, e para Pessoa Física será de R$ 62,00.

Mais de 8 mil profissionais credenciados serão beneficiados com esse reajuste. Essa medida representa R$ 35 milhões a mais por ano pelo pagamento das consultas. O presidente do IPE Saúde, João Gabbardo dos Reis, ressalta, porém, que o custo para a autarquia não aumentará. “Estamos trabalhando em diferentes medidas de gestão que nos possibilitaram este avanço. Entre elas, está a reformulação na sistemática de pagamentos de medicamentos”, comenta o presidente da autarquia.

Gabbardo acrescenta que a decisão de reajustar a remuneração dos médicos, o que não ocorria desde 2011, busca tornar o plano mais competitivo. “Com essa medida, mostramos um novo posicionamento do IPE para trabalhar na recomposição da remuneração dos médicos, em negociações com o Simers. Também esperamos aumentar a oferta de consultas, resolvendo um dos grandes problemas do IPE Saúde que era a dificuldade em agendar consultas. Não haverá motivos para distinção de atendimento”. 

Com isso, os médicos que estão atualmente credenciados como PF podem migrar para o modelo PJ, observa Gabbardo. As informações estão disponíveis no site do IPE Saúde (www.ipe.rs.gov.br).

O presidente do Simers, Paulo de Argollo Mendes, destaca que o reajuste, mesmo que não seja o ideal, mostra que a nova conduta do Instituto inverte a tendência de decréscimo da remuneração dos médicos, com aguda defasagem nos últimos anos. "O reajuste é importante, pois em vez de continuar reduzindo os valores, temos agora uma medida efetiva para tentarmos salvar o IPE", reforça Argollo. "Estamos dando o primeiro passo de uma sequência de conversações que estão sendo realizadas para promover a remuneração adequada à excelência dos serviços prestados pelos médicos", completa o presidente do Simers.