Edição do dia 15/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Bolsonaro assina decreto que flexibiliza a posse de armas
GERAL - Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo
Multas podem ter prazo prorrogado
GERAL - Conforme Fiscalização de Trânsito do município ainda não há regulamentação para abordagem
Ajude as famílias afetadas com a chuva
GERAL
No dia 25 de janeiro mais 146 vagas remanescentes serão disponibilizadas
EDUCAÇÃO - O edital com a faixa etária e a escola será divulgado pela Secretaria Municipal de Educação
Secretário Faisal Karam reúne-se com Federação das Apaes
EDUCAÇÃO
Gilberto Petry é o novo presidente do Conselho Deliberativo
GERAL
Frente fria volta a intensificar chuvas no estado nos próximos dias
GERAL
Censo 2018 da Educação Básica
EDUCAÇÃO - Inep divulga dados da rede estadual de ensino
Novos agentes reforçam os quadros da Susepe em abril
POLÍCIA - Antes eles fazem curso sobre as normas de política penitenciária do Estado
Primeira edição do Sisu 2019 deve abrir mais de 235 mil vagas
EDUCAÇÃO
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
ECONOMIA
Hemovida está com estoque acima da média
SAÚDE - Desde setembro do ano passado, o número de captação sanguínea tem sido maior do que o de transfusões
Nova praça de lazer será construída no centro
GERAL - Local escolhido foi o coração da cidade, ao lado da futura Biblioteca Municipal
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV
ECONOMIA
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
ECONOMIA
Receita abre consulta a restituição
GERAL - Serão contempladas as restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2018
Atividade do Varejo fecha 2018 com crescimento de 2,8%
ECONOMIA
STF vai julgar casos polêmicos a partir do próximo mês
GERAL

O futuro do combate à corrupção

Todo país realmente desenvolvido não se caracteriza por práticas ilegais e antiéticas

EDITORIAL - 04/12/2018

O próximo governo federal, sob a presidência de Jair Bolsonaro, assumiu como desafio o combate à corrupção. Tanto é assim que nomeou Sérgio Moro para o Ministério da Justiça. Foi Moro quem liderou a Operação Lava Jato, que “encurralou” diversos políticos, e muitos deles acabaram presos. Combater a corrupção cada vez com mais afinco é, de fato, uma necessidade no contexto nacional. O Petrolão é considerado o maior esquema de corrupção da História, em termos mundiais inclusive, pois jamais havia ocorrido tamanho desvio de recursos públicos. A Lava Jato escancarou uma face do Brasil que já era conhecida, a face da corrupção, mas mostrou que a ilegalidade e a falta de ética atuam em uma escala gigantesca no poder público - com o envolvimento, também, da iniciativa privada.

A eleição de Bolsonaro é decorrente, em grande parte, desta questão tão difícil no Brasil, a da corrupção. Quem votou no futuro presidente, teve como um dos motivos para a escolha, a gravidade com a qual a corrupção tomou conta do Brasil. Não sabemos ao certo se Bolsonaro será um grande presidente ou não, mas a eleição dele possui motivação bem definida.

Bolsonaro pode gerar dúvidas. Mas, com certeza, todo país realmente desenvolvido não se caracteriza por práticas ilegais e antiéticas. Esta é uma encruzilhada que o nosso país deve superar. Vamos ver se o próximo governo será, na prática, aquilo que se mostra na teoria, no que se refere a práticas corruptas. É essencial que haja, no Brasil, além de políticas anticorrupção, a aplicação dessas políticas de maneira isenta e sem favorecimentos.