Edição do dia 21/05/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Vencedores da Campanha CDL Presente Com você recebem seus prêmios
GERAL - Fátima Rose Nauderer foi contemplada uma TV de 49 polegadas
Especialista fala sobre liderança para melhorar os resultados do negócio
GERAL
Câmara aprova projeto que intensifica combate à dengue
GERAL
Câmara abre processo seletivo público para estágio
GERAL
Regulamento do Concurso de Soberanas da 35ª Oktoberfest está disponível
VARIEDADES - Documento pode ser retirado na secretaria da Assemp ou no site da festa
Combate à dengue: Vistoriados mais de 7,4 mil imóveis
SAÚDE - Segunda etapa da megaoperação é no próximo sábado, 25, nos bairros Arroio Grande e Santo Antônio
Assaf vence pela terceira vez na Ouro
ESPORTES
Segundona Gaúcha
ESPORTES - Com novo técnico, Galo sobe na tabela
Brasileiro Série D: Avenida vence e lidera grupo
ESPORTES - Equipe derrotou o Joinville dentro dos Eucaliptos, na tarde deste domingo
Casa de Artes Regina Simonis recebe os Tapetes Orientais
VARIEDADES
Nesta terça-feira será exibido o filme Oito e Meio
VARIEDADES - A obra retrata a história do cineasta Guido Anselmi
Hospital Santa Cruz completa 111 anos
SAÚDE
Ação escoteira realiza mais um EducAÇÃO
EDUCAÇÃO - As atividades foram realizadas no último sábado, na escola Gaspar Bartholomay
Assembleia de Deus celebra 65 anos
RELIGIÃO - O evento de aniversário contou com várias atividades e mais de 1,5 mil pessoas
CDL entrega prêmios nesta terça-feira
GERAL
Água: Agerst realiza audiência para discutir reajuste da tarifa
GERAL - O evento aberto ao público ocorrerá na quinta-feira
Brasil a longo prazo
EDITORIAL
Em ano de mudanças, Hospital Ana Nery apresenta sua nova marca
SAÚDE

Penas Eternas

OPINIÃO - 11/12/2018

Nós seres ainda imperfeitos pois estamos em processo e aperfeiçoamento espiritual, perdoamos nossos filhos infratores e procuramos infinitas vezes ao longo de nossas vidas ajuda-los a encontrarem o caminho da retidão, quanto mais nosso Pai Celestial que é perfeito em tudo. Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor.. (I João, 4:8)
A doutrina das penas eternas é extremamente inconsistente e não resiste a um exame sério porque, segundo ela, a misericórdia de Deus seria inferior à de suas próprias criaturas. Colocaria Deus como incapaz de resgatar um filho que tivesse errado. Nesse caso, Deus seria menos misericordioso do que um pai terreno.
Pode, a misericórdia da criatura ser maior do que a do Criador? Pode a bondade de um pai terreno ser maior que a do Pai Celestial? A esse respeito, é pertinente sejam lembrados ensinamentos de Jesus, quando compara o pai terreno com o Pai Celestial: E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? (Mateus, 7:9 e 10)
Por outro lado, se Deus é infinitamente misericordioso, como se dará o seu perdão? Deus simplesmente apagaria as culpas daquele que errou, esquecendo-as? Nesse caso Ele não seria justo, pois agiria do mesmo modo em relação à virtude e ao crime.
A razão nos leva à consideração de que Deus é, como ensina o Espiritismo, um ser infinito em suas perfeições, pois é filosoficamente impossível conceber o Criador de outra maneira, visto que, se Ele não apresentasse infinita perfeição, poderíamos conceber outro ser que lhe fosse superior. Sendo, portanto, infinitamente sábio, justo e misericordioso e conhecendo o futuro de cada ser, não podemos conceber que tenha Ele criado pessoas para serem eternamente desgraçadas em virtude de uma falta ou de um erro passageiro, derivado evidentemente da própria imperfeição do homem. 
O Espiritismo ensina que o perdão divino significa uma nova oportunidade através das vidas sucessivas (reencarnação) ao espírito falido, a fim de que possa reconstruir tudo o que ele danificou. Isto é, o pecador deve fazer o bem em igual medida ao mal anteriormente feito. Entretanto, não se trata de punição, mas de ação educativa. Sempre teremos uma nova oportunidade de novo recomeço.

H. C. Heine