Edição do dia 15/01/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Bolsonaro assina decreto que flexibiliza a posse de armas
GERAL - Com decreto, pessoas acima de 25 anos podem ter até 4 armas de fogo
Multas podem ter prazo prorrogado
GERAL - Conforme Fiscalização de Trânsito do município ainda não há regulamentação para abordagem
Ajude as famílias afetadas com a chuva
GERAL
No dia 25 de janeiro mais 146 vagas remanescentes serão disponibilizadas
EDUCAÇÃO - O edital com a faixa etária e a escola será divulgado pela Secretaria Municipal de Educação
Secretário Faisal Karam reúne-se com Federação das Apaes
EDUCAÇÃO
Gilberto Petry é o novo presidente do Conselho Deliberativo
GERAL
Frente fria volta a intensificar chuvas no estado nos próximos dias
GERAL
Censo 2018 da Educação Básica
EDUCAÇÃO - Inep divulga dados da rede estadual de ensino
Novos agentes reforçam os quadros da Susepe em abril
POLÍCIA - Antes eles fazem curso sobre as normas de política penitenciária do Estado
Primeira edição do Sisu 2019 deve abrir mais de 235 mil vagas
EDUCAÇÃO
Consultas de CPFs para vendas a prazo no comércio crescem 2,8%
ECONOMIA
Hemovida está com estoque acima da média
SAÚDE - Desde setembro do ano passado, o número de captação sanguínea tem sido maior do que o de transfusões
Nova praça de lazer será construída no centro
GERAL - Local escolhido foi o coração da cidade, ao lado da futura Biblioteca Municipal
Inflação para idosos fecha 2018 em 4,75%, informa FGV
ECONOMIA
Produção de bicicletas aumenta 15,9% no Brasil
ECONOMIA
Receita abre consulta a restituição
GERAL - Serão contempladas as restituições residuais referentes aos exercícios de 2008 a 2018
Atividade do Varejo fecha 2018 com crescimento de 2,8%
ECONOMIA
STF vai julgar casos polêmicos a partir do próximo mês
GERAL

O crescimento do debate político

EDITORIAL - 27/12/2018

O ano de 2018 foi de Copa do Mundo, e a Seleção Brasileira não se saiu muito bem: acabou derrotada nas quartas de final, diante da Bélgica. Embora o resultado não tenha agradado à torcida, a impressão que se tem é de que o futebol perdeu a preferência nas discussões. Agora tudo indica que a política é um assunto que gera mais interesse nos debates, especialmente nas redes sociais. Foi-se o tempo em que o futebol era “o ópio do povo”. Enquanto ganhávamos copas do mundo, e isto aconteceu cinco vezes, os grandes problemas nacionais eram varridos para “debaixo do tapete”.
Hoje a situação parece diferente. Existe uma polarização muito significativa entre esquerda e direita. E não é de agora. Lembremos como foi a campanha eleitoral de 2014: as redes sociais “explodiam” em debates e até em brigas. Nesses últimos anos, virou lugar comum dizer que “amigos e familiares se separam por causa da política”. Em 2018, esta realidade se manteve. Por um lado, os que defendiam ardorosamente o então candidato Jair Bolsonaro, e por outra parte, paixão semelhante se percebia nos defensores de Fernando Haddad. Não é algo ruim. Pelo contrário. A política deve ser discutida pela população, para que possamos crescer como país.
O que devemos evitar são as ofensas pessoais e a intransigência. O debate político deve ser estimulado, sem dúvida. E deve haver espaço para as diferentes linhas de pensamento. A democracia exige que os diversos lados sejam respeitados e ouvidos. Se quisermos amadurecer como nação, é preciso que todos possam se manifestar, se tiverem tal interesse.