Edição do dia 12/07/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Assaf vence mais uma dentro de casa
ESPORTES - Tricolor derrotou o São José de Cachoeira do Sul
Juliano Kommer atinge resultados expressivos
ESPORTES - Atleta da AMO destacou-se nas corridas realizadas em Estrela e Farroupilha
Copa Cidade: Empates predominam no futsal feminino
ESPORTES - Dos três jogos realizados na rodada, dois terminaram empatados
Categoria 2007 do Genoma está classificada para as quartas de final
ESPORTES - Equipe jogou pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho de Escolinhas
2º turno da reforma da Previdência, deverá ser votado em agosto
POLÍTICA - Inicialmente, presidente da Câmara, Rodrigo Maia, havia previsto a votação até este fim de semana
Abertas as inscrições para o Projeto Reativar
GERAL
Mauá: grandes resultados no Estadual de Atletismo
ESPORTES - Onze atletas do colégio participaram da competição em nível adulto
Duo Rellycário lança CD
VARIEDADES
Testemunhas de Jeová: Santa Cruz recebe congresso regional
RELIGIÃO - O público esperado é de 6 mil pessoas
Assembleia da Afubra será no dia 13
EMPRESARIAL
Comung motiva encontro na Assembleia Legislativa
GERAL
Projeto na área da educação incentiva o esporte
EDUCAÇÃO - Durante lançamento das atividades foram entregues diplomas aos medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática
Curso aborda teoria e prática da substituição tributária do ICMS
ECONOMIA
SICREDI: Centenário em grande estilo
EMPRESARIAL - Cooperativa vai investir ainda mais em projetos regionais
Destaques da Celebrar Mostra Noivas e Festas
ESPECIAIS - Em um único espaço diversas segmentações para a realização de eventos foram apresentadas
Futsal Feminino: Sexta à noite tem Copa Cidade
ESPORTES
Judô: Escola Juliano Campos é destaque em torneio
ESPORTES - Entidade participou da Copa Unisc e colheu diversos bons resultados
MB Challenge: Fernando Jr corre para manter liderança
ESPORTES

A mudança está onde a gente está

OPINIÃO - 27/12/2018

Crédito: Pixabay

Dia desses participei de um evento em que essa frase do título foi usada como motivo para mudar a dinâmica que nele seria feita. Nesse dia eu pude perceber o quanto o que está a nossa volta pode mudar tudo e fazer uma grande diferença em nossa vida e até na de quem está ao nosso redor. 
Fomos convidados pela palestrante a caminhar pelo espaço ao som de uma música animada. Em determinado momento ela interrompeu a música e pediu para que ficássemos parados. Pediu para que nos olhássemos no olho de quem estava ao nosso lado, que tirássemos um tempo para uma pausa e pudéssemos perceber o quanto esse tempo era importante. E então sugeriu que nos ligássemos de alguma forma para formar um grande círculo sem nenhum canto. Num primeiro momento fiquei nervosa, afinal eu estava distante de quem estava mais próximo de mim. Mas a sugestão de usar os materiais que tínhamos à nossa disposição fez com que a mudança fosse percebida e eu pudesse pegar um papel para me ligar a pessoa da direita, e segurar um jornal oferecido pela pessoa da esquerda. Teve gente que fez até contorcionismo para que a dinâmica desse certo, sempre cuidando para não forçar nada, pois se sentíssemos dor era preciso encontrar outra forma. 
Foi com essa dinâmica que percebi que ‘cada um soma com o outro’ e que o trabalho em equipe sempre é mais prazeroso. Naquele momento de ligar-se ao outro a solidariedade e o entendimento do limite de cada um fez pensar sobre a frase “ou todos se salvam, ou todos morrem afogados”. Não queríamos deixar ninguém de fora e precisamos encontrar saídas para formar um círculo de proximidade e de alternativas. E assim será o novo ano. Ele vem carregado de alternativas, oportunidades e mudanças. Cabe a cada um de nós parar para pensar sobre o que será melhor fazer, qual a melhor forma de não deixar que o círculo tenha cantos e que ‘as coisas só mudam, se você muda”. 
Não basta querermos mudar sem olhar ao nosso redor e encontrar o que precisa ser feito. Não basta culpar o outro pelo que eu posso mudar. Ao fazer a lista de 2019 e fazer o balanço de 2018 que possamos agradecer por tudo o que aconteceu, pois, tudo foi aprendizado e crescimento, mesmo aquilo que quisermos apagar da memória. Que a mudança esteja ao nosso redor e possa ser vista. E que possamos nos tornar pessoas melhores com simples gestos de solidariedade para que ninguém se afogue. 

*Viviane Scherer Fetzer
Jornalista e editora-chefe no Riovale Jornal