Edição do dia 20/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Feriado em Santa Cruz do Sul
GERAL - Saiba como funcionarão os principais serviços nesta sexta-feira, 20
Livro Dois meninos será lançado em Santa Cruz
VARIEDADES
JTI promove a língua inglesa entre colaboradores
GERAL
Equipes da Afubra realizam avaliações nas lavouras atingidas
GERAL
100 anos Sicredi VRP: Solenidade marca os 100 anos
ESPECIAIS
100 anos Sicredi VRP: Programação intensa durante todo o ano
ESPECIAIS
Dia do Contador: A saúde financeira do seu negócio depende dele
ESPECIAIS - Conheça um pouco mais sobre a profissão do contador e sua data comemorativa
Mensagem pelo Dia do Contador
ESPECIAIS - Rugard Kanitz - presidente do Sincotec VARP
Dia do Contador: Conheça os vencedores da 6ª edição do Concurso de Redação Tributação e Cidadania
ESPECIAIS
Preservação da cultura alemã no traje oficial
VARIEDADES
As donas das flores
GERAL - O trabalho delas é cultivar a natureza que enfeita a cidade
Shopping Santa Cruz recebe convidadas para bate-papo
GERAL - Quatro mulheres estarão à frente do evento de troca de experiências
Irmãos de Axé visitam Terreiro de Candomblé na Bahia
GERAL
Galo tem jogos importantes no final de semana
ESPORTES
Copa CFC Celso abre decisão em Linha Santa Cruz
ESPORTES
Assaf encara a Assoeva no Ginásio da Unisc neste sábado
ESPORTES
SCS Skate Contest: um incentivo ao esporte
ESPORTES
Gelson Conte substitui China Balbino no Avenida
ESPORTES

Quem comanda a Câmara de Vereadores?

A primeira sessão presidida por Bruna Molz acontece nesta terça-feira

POLÍTICA - 08/01/2019

Rosibel Fagundes
rosibel@riovalejornal.com.br

Vereadora Bruna MolzVereadora Bruna Molz Crédito: Jacson Miguel Stülp

A vereadora Bruna Jeanine Molz (PTB), assume na manhã desta terça-feira, 8, a presidência da Câmara de Vereadores de Santa Cruz.  A sessão extraordinária acontece a partir das 10h30.  Ela é a segunda mulher eleita a presidir o Legislativo, o que aconteceu em uma votação polêmica.  A primeira foi Solange Finger em 2014.   Bruna que é bacharel em Direito, tem 28 anos, é natural de Santa Cruz do Sul, no entanto cresceu em Candelária e também já residiu em Vale do Sol, onde após um período retornou a cidade natal.  É filha de Auri Molz e Ismênia Hein. O pai corretor de seguros e a mãe assessora e terapeuta holística. 
Ela conta que antes de entrar para a política já trabalhou como modelo, e também no comércio onde ajudava a mãe que tinha uma loja de roupas. Após a conclusão do curso de Direito, foi estagiária em um escritório de advocacia. No entanto a causa animal, foi o que a fez chegar aonde chegou. “Não tenho influência de familiares na política. Meu ativismo pela causa animal , meu amor pelos animais e a minha monografia foi sobre os direitos dos animais foram o que me deram impulso.  E uma coisa foi levando a outra. Entrei de cabeça na política e aprendi a gostar”. 
Em 2012, ela foi convidada a concorrer a vereadora pelo PP, no entanto não se elegeu. A partir daí, decidiu trabalhar no Canil Municipal, que na época era um Centro de Controle de Zoonoses  e que ela o transformou em Canil de Bem Estar Animal. Bruna conta que com este trabalho ficou conhecida e foi eleita como vereadora em 2016.  “Em nenhum momento pensei que chegaria onde estou, na verdade ser política não era meu sonho de início. Uma coisa foi levando a outra. Se me falassem há dez anos atrás que eu seria presidente da Câmara da Vereadores eu não acreditaria. Mas, eu acho que eu mereço estar onde eu estou, pois trabalho bastante e me dedico muito a isso”. 
Sobre ser a segunda mulher a comandar a Câmara santa-cruzense, ela garante que é motivo de orgulho. “É muita honra para mim. Só quem é mulher sabe o que existe de preconceito. O fato de estar ocupando espaços de lideranças na sociedade é algo prazeroso e de muito orgulho. Eu acho que as mulheres emponderadas hoje, são mulheres de sucesso. A mulher tem que estar cada vez mais no mundo da política. É triste que ainda exista a cota para eleger mulheres.”  
Sobre os sonhos e projetos ela garante que é uma mulher sonhadora e que o maior sonho é ver o Hospital Público Veterinário em funcionamento. “Fui eleita devido a causa animal e vou honrar até o final do meu mandato as minhas promessas. Este é o meu foco principal”.  Bruna afirma que ainda é muito cedo para dizer se quer ou não se reeleger. Mas garante que vai ser uma experiência e tanto ser presidente da Câmara. “É uma responsabilidade bem grande e prometo dar o melhor de mim. Também não quero encerrar minha luta apenas na Câmara de Vereadores. Quero dar continuidade ao meu trabalho e pretendo depois disputar uma vaga na Câmara de Deputados”, garantiu ela. 
Sobre as dificuldades que poderá encontrar no caminho ela ressalta que sempre existiram, mas, que agora devem se intensificar. “A gente enfrenta todos os dias resistência de todas as partes. Eu sou muito criticada pelas pessoas por lutar pela causa animal, por ser mulher, por ser jovem, e talvez aumente ainda mais por ser presidente da Câmara de Vereadores. Vai ser uma experiência nova, tenho minha graduação em Direito e tenho capacidade de estar aonde estou.  E eu pretendo fazer o meu melhor. Tudo ainda é muito cedo”, finalizou ela.

Jacson Miguel Stülp
Vereadora Bruna Molz
Foto : bruna molz – Jacson milguel stulp