Edição do dia 24/05/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida perde pela primeira vez na Série D
ESPORTES - Time foi derrotado pelo Joinville, em Santa Catarina, mas segue líder do Grupo A17
Genoma recebe o Juventude no domingo pelo Gauchão
ESPORTES - Jogos acontecem no Planeta Bola a partir das 14h
Seis projetos novos em debate na sessão da próxima semana
GERAL - Antes da sessão ordinária ocorre reunião especial para debate de questões pertinentes à Corsan, às 16h
Domingo tem feira de adoção na Praça Getúlio Vargas
GERAL
Semana dos Alimentos Orgânicos evidencia nova realidade de produção
GERAL - Evento promovido pela Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo teve abertura junto à Efasc, em Linha Santa Cruz
Vereadores Zé Abreu e Mathias Bertram visitam São Gabriel Saneamento
GERAL - Nível de satisfação dos moradores da cidade impressiona
Vereador Luizinho Ruas indica identificação de ruas no Loteamento Nova Santa Cruz
GERAL
Final de semana não tem jogos da Copa Cidade Miller Supermercados
ESPORTES
Lançada a quarta edição do Projeto Mestre Cuca, Comidas do Bem
GERAL
Transferida: megaoperação contra a dengue tem nova data
GERAL - Visitas às residências do Arroio grande e Santo Antônio foram transferidas para o dia 2 de junho devido a chuva
Havan: Quase 1,3 mil candidatos em dois dias
ECONOMIA - 85 primeiros contratados passarão por treinamento em outras unidades
Segundo dia de megaoperação contra o mosquito Aedes Aegypti é neste sábado
SAÚDE - As vistorias serão realizadas nos bairros Arroio Grande e Santo Antônio
Viação União Santa Cruz: Tecnologia, conforto e acessibilidade
GERAL - Empresa renova frota com a aquisição de oito novos ônibus compostos por alta tecnologia e acessibilidade
NOVO CABRAIS: Leitura dos hidrômetros será digital
GERAL - Equipamentos e sistema foram adquiridos pela prefeitura e em breve serão implantados no município
NOVO CABRAIS: Equipe da Educação recebe assessoria técnica
EDUCAÇÃO
NOVO CABRAIS: Prefeitura irá construir rede de água na Linha São João
GERAL - Investimento será de mais de R$ 100 mil e irá atender mais de 60 famílias cabraisenses
Prefeitura lança Programa Fila Zero
SAÚDE - O programa que inicia no dia 3 de junho, visa reduzir a fila de consultas e exames agendados
STICM: Em defesa da classe trabalhadora desde 1958
GERAL

Pagamentos na Justiça do Trabalho somaram R$ 2,64 bilhões em 2018

ECONOMIA - 29/01/2019

A Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul registrou, em 2018, o pagamento de R$ 2,64 bilhões em direitos reconhecidos nas ações judiciais. Desse total, R$ 758 milhões foram pagos em acordos entre empregado e empregador, R$ 85 milhões quitados espontaneamente pelos condenados e R$ 1,8 bilhão liquidado após a cobrança da dívida pela Justiça, procedimento chamado de “execução”. As decisões reverteram para os cofres públicos R$ 295,7 milhões, sendo R$ 255,1 milhões em contribuições previdenciárias e imposto de renda, e outros R$ 40,6 milhões a título de custas e multas. O orçamento da Instituição no ano passado foi de R$ 1,63 bilhão.
Os dados também revelam equilíbrio nas decisões. Dos processos solucionados no primeiro grau, 41% foram resolvidos por acordo entre as partes, 33% tiveram procedência parcial (autor ganhou um ou mais pedidos, mas outros não), 11% foram julgados totalmente improcedentes (nenhum pedido atendido) e apenas 3%, totalmente procedentes (todos os pedidos atendidos). Nos demais casos, o processo foi extinto (5%), arquivado (3%), teve desistência do reclamante (2%) ou outro encaminhamento (2%).
A presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 4a Região (RS), desembargadora Vania Cunha Mattos, destaca a vocação conciliadora da Justiça do Trabalho. Conforme a magistrada, a conciliação e a mediação integram o dia a dia da Instituição, impedindo greves, muitas delas em serviços essenciais, e resolvendo conflitos com a convergência de vontade das partes, o que assegura a pacificação social e o equilíbrio entre o capital e o trabalho. “Este papel a Justiça do Trabalho tem executado de forma eficiente e eficaz, o que permite afirmar que não só a Justiça do Trabalho cumpre a jurisdição, como produz a aproximação mais do que necessária entre as partes para a resolução dos conflitos”, observa a desembargadora.

Demanda

Em 2018, a Justiça do Trabalho gaúcha recebeu, no primeiro grau, 123.961 novos processos, 36% a menos que no ano anterior. No segundo grau, por sua vez, o ingresso de 84.189 casos novos representou aumento de 9% na demanda em relação a 2017.
Segundo o último relatório “Justiça em Números”, do Conselho Nacional de Justiça, 46% dos pedidos ajuizados pelos trabalhadores no Rio Grande do Sul referem-se a verbas rescisórias; 32%, a remuneração e verbas indenizatórias; 12%, a indenizações por danos morais e materiais; 4%, a férias; 3%, a responsabilidade de tomadores de serviço e 3%, a outras matérias.

Produtividade

O primeiro grau da Justiça do Trabalho do Rio Grande do Sul baixou, em 2018, 174.481 processos na fase de conhecimento, que vai do ajuizamento da ação ao julgamento, e outros 72.626 em fase de execução, etapa final em que são calculados e pagos os direitos reconhecidos em juízo. Na segunda instância foram baixados, no mesmo período, 67.369 processos.
Conforme o glossário do Conselho Nacional de Justiça, consideram-se "baixados" os processos arquivados definitivamente, os remetidos para outros tribunais, os encaminhados a instâncias superiores ou inferiores, bem como aqueles com decisões que transitaram em julgado e iniciou-se a liquidação (cálculo dos valores dos direitos reconhecidos nas decisões), cumprimento ou execução.

Tempo médio de julgamento

Em 2018, o tempo médio para o julgamento de um processo foi de 318 dias (cerca de 10 meses) no primeiro grau e de 172 dias (cinco meses e meio) na segunda instância.

Estoque

Em 31 de dezembro de 2018, a Justiça do Trabalho gaúcha contava com 233.277 processos pendentes no primeiro grau e 91.682, no segundo.