Edição do dia 17/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Seminário Empretec acontece em Santa Cruz do Sul
GERAL - O evento, que está com inscrições abertas, é promovido pelo Sebrae RS e acontecerá de 30/09 a 05/10
Sem meio-campo, Inter agora soma 9 vices nacionais
ESPORTES - Time gaúcho perdeu a Copa do Brasil dentro de casa para o Athletico/PR, campeão inédito do torneio
9ª edição do Open Extreme Brasil enaltece a história das danças urbanas
VARIEDADES - Grandes nomes das danças urbanas do Brasil ministram aulas neste fim de semana
Saúde reforça para o cuidado contra sífilis
SAÚDE
Gravidez na adolescência: número de casos diminui, mas ainda preocupa
GERAL
Semana Municipal de Educação no Trânsito é aprovada pela Câmara
GERAL - Iniciativa é do vereador Alberto Heck (PT) que destaca a destinação de recursos para a realização de uma semana de conscientização por um trânsito mais seguro
Projeto de alunas do Senac Santa Cruz do Sul ajuda na diminuição do uso de sacolas plásticas
GERAL
Conselho lança o Polo dos Vales
GERAL
ENTRE QUATRO: Encenação acontece hoje e amanhã
VARIEDADES
RECEITA FEDERAL: Nova sede atenderá a partir de 8 de outubro
GERAL - Além da Delegacia da Receita Federal, a Procuradoria Geral da Fazenda também deve ocupar o espaço
Fentifumo inicia pauta de negociação
GERAL - Primeira reunião com a Federação e os Sindicatos ocorre na próxima quinta-feira
Otelio Drebes realiza palestra a professores
EDUCAÇÃO
Semana do Ministério Público começa hoje
GERAL - Promotores do caso Bernardo Boldrini estarão presentes
Reunião sobre Plantas Biotivas inicia hoje
GERAL
Prefeitura lança Alvará Digital
GERAL - A partir de agora, o documento pode ser feito em poucas horas, sem precisar sair de casa
Educar-se e Centro de Línguas promovem imersão bilíngue
EDUCAÇÃO
Sincotec-Varp realiza capacitação nesta quarta
GERAL
Projeto vai apresentar Santa Cruz e a 35ª Oktoberfest
VARIEDADES - Nos dois sábados da Festa da Alegria, ônibus sairão de Porto Alegre, Caxias do Sul e Santa Maria

Mundo mais justo é possível

Imposto rigoroso para as pessoas mais ricas em termos globais, poderia reduzir os efeitos da desigualdade no planeta

EDITORIAL - 05/02/2019

A Oxfam, entidade que combate a pobreza em mais de 90 países, informou recentemente uma realidade que é muito preocupante. Segundo a organização, “as 26 pessoas bilionárias mais ricas possuem o mesmo em bens que as 3,8 bilhões de pessoas que fazem parte da metade mais pobre da população do planeta” (fonte: portal Carta Maior). A Oxfam defende a criação de um imposto para a população 1% mais rica. Isso permitiria arrecadar 418 bilhões de dólares por ano. O valor resolveria o problema da educação para todas as crianças que não frequentam a escola. Esse dinheiro que seria criado pelo imposto, permitiria também a implementação de serviços de saúde que evitariam 3 milhões de mortes.

Entre 1980 e 2016, a metade mais pobre da população mundial ganhou 12 centavos para cada dólar do crescimento de rendimento global. Já a população 1% mais rica ganhou 27 centavos de cada dólar.

De fato, um imposto rigoroso para as pessoas mais ricas em termos globais, poderia reduzir os efeitos da desigualdade no planeta. Os números levantados pela Oxfam são claros e objetivos; portanto, é bem nítido que a educação e a saúde dos mais pobres poderiam ser melhoradas com a arrecadação desse imposto.

Estamos diante de uma questão que precisa ser melhor trabalhada no meio político internacional. O Brasil, através de seus governantes, deveria se somar às discussões em torno do assunto. Precisamos de um mundo em que exista maior justiça social, embora a igualdade, dentro do cenário em que nos encontramos, seja impossível.  Mas podemos ter um mundo mais justo. É preciso sensibilidade para melhorar a situação.