Edição do dia 24/05/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida perde pela primeira vez na Série D
ESPORTES - Time foi derrotado pelo Joinville, em Santa Catarina, mas segue líder do Grupo A17
Genoma recebe o Juventude no domingo pelo Gauchão
ESPORTES - Jogos acontecem no Planeta Bola a partir das 14h
Seis projetos novos em debate na sessão da próxima semana
GERAL - Antes da sessão ordinária ocorre reunião especial para debate de questões pertinentes à Corsan, às 16h
Domingo tem feira de adoção na Praça Getúlio Vargas
GERAL
Semana dos Alimentos Orgânicos evidencia nova realidade de produção
GERAL - Evento promovido pela Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo teve abertura junto à Efasc, em Linha Santa Cruz
Vereadores Zé Abreu e Mathias Bertram visitam São Gabriel Saneamento
GERAL - Nível de satisfação dos moradores da cidade impressiona
Vereador Luizinho Ruas indica identificação de ruas no Loteamento Nova Santa Cruz
GERAL
Final de semana não tem jogos da Copa Cidade Miller Supermercados
ESPORTES
Lançada a quarta edição do Projeto Mestre Cuca, Comidas do Bem
GERAL
Transferida: megaoperação contra a dengue tem nova data
GERAL - Visitas às residências do Arroio grande e Santo Antônio foram transferidas para o dia 2 de junho devido a chuva
Havan: Quase 1,3 mil candidatos em dois dias
ECONOMIA - 85 primeiros contratados passarão por treinamento em outras unidades
Segundo dia de megaoperação contra o mosquito Aedes Aegypti é neste sábado
SAÚDE - As vistorias serão realizadas nos bairros Arroio Grande e Santo Antônio
Viação União Santa Cruz: Tecnologia, conforto e acessibilidade
GERAL - Empresa renova frota com a aquisição de oito novos ônibus compostos por alta tecnologia e acessibilidade
NOVO CABRAIS: Leitura dos hidrômetros será digital
GERAL - Equipamentos e sistema foram adquiridos pela prefeitura e em breve serão implantados no município
NOVO CABRAIS: Equipe da Educação recebe assessoria técnica
EDUCAÇÃO
NOVO CABRAIS: Prefeitura irá construir rede de água na Linha São João
GERAL - Investimento será de mais de R$ 100 mil e irá atender mais de 60 famílias cabraisenses
Prefeitura lança Programa Fila Zero
SAÚDE - O programa que inicia no dia 3 de junho, visa reduzir a fila de consultas e exames agendados
STICM: Em defesa da classe trabalhadora desde 1958
GERAL

Estacionamento rotativo: saiba onde é aplicado o valor

Em 2018 foram repassados mais de R$ 368.295 para serem investidos em segurança pública

GERAL - 12/02/2019

'Quem mais ganha é a comunidade. O dinheiro do estacionamento não fica com o Rapidinho, ele retorna como melhoria na segurança', garantiu o presidente do Consepro, Guido Hermes'Quem mais ganha é a comunidade. O dinheiro do estacionamento não fica com o Rapidinho, ele retorna como melhoria na segurança', garantiu o presidente do Consepro, Guido Hermes Crédito: Rolf Steinhaus

Rosibel Fagundes
rosibel@riovalejornal.com.br

Desde a alteração do sistema de estacionamento rotativo (Rapidinho) de Santa Cruz do Sul em junho de 2016, o Conselho Comunitário de Pró- Segurança Pública (Consepro), já arrecadou mais de R$ 4 milhões.  A implantação do novo modelo possibilitou mais praticidade ao usuário no momento de adquirir créditos e também contribuiu para o aumento da arrecadação e consequentemente garantiu mais investimentos na área da segurança pública do município como explica o presidente Guido Hermes. “Quem mais ganha é a comunidade. O dinheiro do estacionamento não fica com o Rapidinho, ele retorna como melhoria na segurança. Com este dinheiro pagamos os salários dos funcionários e, o que sobra é aplicado em órgãos de segurança pública como a Brigada Militar, Polícia Civil, Bombeiros, Superintendência dos Serviços Penitenciários e outros. Somente em 2018, o Consepro repassou mais de R$ 368.295 para a limpeza dos quartéis da Brigada Militar e do Corpo de Bombeiros e para a aquisição de veículos, mobiliário, computadores e demais demandas dos órgãos de segurança pública de Santa Cruz do Sul”.
Os investimentos mais recentes ocorreram em janeiro e fevereiro, quando foram repassados R$ 15.620 mil ao instituto Geral de Perícias (IGP), para o conserto de uma viatura. E outros R$ 4.574 mil foram destinados ao conserto da câmara fria do Instituto Médico Legal (IML). No entanto, para garantir que estes recursos continuem sendo aplicados no município, é preciso haver conscientização dos usuários para que os valores sejam pagos corretamente. Um levantamento feito pelo órgão revelou que nos últimos dois anos a inadimplência dos usuários atingiu a marca de R$ 1.443,070. Neste período, foram emitidas 721.535 mil advertências. Por ano, os valores correspondem a R$ 577 mil que deixam de ser pagos e consequentemente investidos no município.  
Segundo o presidente, a inadimplência média mensal é de 27%, o que significa que de cada 100 carros, 27 não pagam o estacionamento. “Temos alguns condutores que chegam a ultrapassar mil reais de inadimplência. Não existe uma legislação que o pune, e não podemos aplicar multa de forma automática”. Atualmente, o veículo com maior dívida com o Rapidinho acumula R$ 1.470,00 em aberto. De acordo com Guido Hermes, embora não exista uma punição aos devedores do Rapidinho, os débitos podem atrapalhar na hora de vender o veículo. “Hoje existem revendas que consultam a situação do carro, e em caso de dívidas o proprietário terá que quitá-las antes de vender”, afirmou o presidente. 
Sobre a cobrança do estacionamento aos sábados pela manhã, Guido avalia como positiva e afirma que há mais oferta de vagas desde que foi implantada a cobrança em agosto do ano passado. “A gente notou que houve uma melhora, porque quando se chegava no sábado pela manhã no centro, não se encontrava espaço para estacionar. Automaticamente quem vinha trabalhar no comércio acabava tomando a vaga dos clientes. Isso mudou. Começou a dar um escape, e esta mudança está sendo notada”.

Como funciona

O Consepro, órgão que administra o estacionamento Rapidinho em Santa Cruz é uma empresa sem fins lucrativos e de cunho social. Os membros da diretoria e conselho fiscal são voluntários e não recebem nenhum tipo de remuneração. O Rapidinho conta atualmente com 50 funcionários, sendo que destes 40 são fiscais que monitoram as 47 quadras de cobertura do estacionamento rotativo que compreende 1.530 vagas. Devido as alterações ocorridas em agosto de 2017, nenhum veículo estacionado na área azul pode permanecer na mesma vaga por mais de duas horas. Ao estacionar, o motorista deverá procurar um fiscal e pagar o valor de acordo com o tempo em que o veículo irá permanecer no local. Existe ainda a possibilidade de adquirir o crédito pré-pago no site do DigiPare. O horário de funcionamento do estacionamento rotativo é de segunda a sexta-feira das 9 horas às 12 horas e das 13 horas às 17 horas. Aos sábados, a fiscalização ocorre das 9h ao meio dia.  O valor cobrado é de R$2,00 para uma hora e de R$1,00 para meia hora. O tempo máximo de permanência no mesmo local é de duas horas, após ultrapassar o tempo-limite o motorista poderá receber uma advertência, e o mesmo está sujeito à multa. Além disso, o veículo também poderá ser guinchado. Isto porque, a fiscalização conta com o apoio dos fiscais de trânsito do Município (azuizinhos) e da Brigada Militar, que ao constatarem uma advertência emitida pelas fiscais do Rapidinho poderão conferir a irregularidade e aplicar o auto de infração de trânsito ou outra penalidade.