Edição do dia 24/05/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Avenida perde pela primeira vez na Série D
ESPORTES - Time foi derrotado pelo Joinville, em Santa Catarina, mas segue líder do Grupo A17
Genoma recebe o Juventude no domingo pelo Gauchão
ESPORTES - Jogos acontecem no Planeta Bola a partir das 14h
Seis projetos novos em debate na sessão da próxima semana
GERAL - Antes da sessão ordinária ocorre reunião especial para debate de questões pertinentes à Corsan, às 16h
Domingo tem feira de adoção na Praça Getúlio Vargas
GERAL
Semana dos Alimentos Orgânicos evidencia nova realidade de produção
GERAL - Evento promovido pela Articulação em Agroecologia do Vale do Rio Pardo teve abertura junto à Efasc, em Linha Santa Cruz
Vereadores Zé Abreu e Mathias Bertram visitam São Gabriel Saneamento
GERAL - Nível de satisfação dos moradores da cidade impressiona
Vereador Luizinho Ruas indica identificação de ruas no Loteamento Nova Santa Cruz
GERAL
Final de semana não tem jogos da Copa Cidade Miller Supermercados
ESPORTES
Lançada a quarta edição do Projeto Mestre Cuca, Comidas do Bem
GERAL
Transferida: megaoperação contra a dengue tem nova data
GERAL - Visitas às residências do Arroio grande e Santo Antônio foram transferidas para o dia 2 de junho devido a chuva
Havan: Quase 1,3 mil candidatos em dois dias
ECONOMIA - 85 primeiros contratados passarão por treinamento em outras unidades
Segundo dia de megaoperação contra o mosquito Aedes Aegypti é neste sábado
SAÚDE - As vistorias serão realizadas nos bairros Arroio Grande e Santo Antônio
Viação União Santa Cruz: Tecnologia, conforto e acessibilidade
GERAL - Empresa renova frota com a aquisição de oito novos ônibus compostos por alta tecnologia e acessibilidade
NOVO CABRAIS: Leitura dos hidrômetros será digital
GERAL - Equipamentos e sistema foram adquiridos pela prefeitura e em breve serão implantados no município
NOVO CABRAIS: Equipe da Educação recebe assessoria técnica
EDUCAÇÃO
NOVO CABRAIS: Prefeitura irá construir rede de água na Linha São João
GERAL - Investimento será de mais de R$ 100 mil e irá atender mais de 60 famílias cabraisenses
Prefeitura lança Programa Fila Zero
SAÚDE - O programa que inicia no dia 3 de junho, visa reduzir a fila de consultas e exames agendados
STICM: Em defesa da classe trabalhadora desde 1958
GERAL

Bolsonaro concede indulto a presos com doenças graves

Medida também beneficia detentos em estado terminal

GERAL - 12/02/2019

O presidente Jair Bolsonaro assinou decreto de indulto para conceder liberdade a presos portadores de doenças graves e em estado terminal. Assinado na sexta-feira, 8, o decreto foi publicado na edição desta segunda-feira, 11, do Diário Oficial da União.
O texto prevê indulto nos seguintes casos: paraplegia, tetraplegia ou cegueira adquirida posteriormente à prática do delito ou dele consequente. A condição precisa ser comprovada por laudo médico oficial ou por médico designado pelo juiz executor da pena. Também foram beneficiados os presos com doenças permanentes que imponham limitação de atividade e que exijam cuidados contínuos que não possam ser prestados no estabelecimento penal.
Portadores de doença grave, de câncer ou de aids também receberão o indulto, desde que em estágio terminal. A partir da publicação do decreto, caberá ao juiz do processo conceder ou rejeitar o perdão da pena. A medida será aplicada após o juiz ouvir o Ministério Público (MP) e a defesa do condenado, na hipótese de condenado primário, desde que não haja recurso da sentença interposto pela acusação.

Restrições

O decreto tem restrições. Está proibido o indulto a condenados por corrupção (ativa e passiva), crimes hediondos, de tortura e tráfico de drogas. Também não serão libertados presos condenados por crimes cometidos com grave violência contra pessoa, por envolvimento com organizações criminosas, terrorismo, violação e assédio sexual.
Outros crimes não contemplados no decreto são estupro de vulnerável, corrupção de menores, satisfação de lascívia mediante presença de criança ou adolescente e favorecimento da prostituição ou de outra forma de exploração sexual de criança ou adolescente ou de vulnerável.
O decreto proíbe ainda o indulto aos condenados por peculato, concussão e tráfico de influência. A medida também exclui aqueles que tiveram a pena privativa de liberdade substituída por restritiva de direitos ou multa, que tiveram suspensão condicional do processo e nos casos em que a acusação recorreu após o julgamento em segunda instância.

Lista

A lista da pessoas que entram nos requisitos deverá ser encaminhada à Defensoria Pública, ao MP, ao Conselho Penitenciário e ao juízo da execução pela autoridade que detiver a custódia dos presos.
De acordo com o texto, caberá ao condenado, a seu representante, ao cônjuge, companheiro, ascendente, descendente ou à sua defesa dar início ao procedimento. O indulto tramitará de ofício, quando os órgãos de execução penal não se manifestarem.
Bolsonaro assinou o decreto no Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Ele está internado no local desde o dia 28 em razão de uma cirurgia para retirar bolsa de colostomia e religar o intestino. (FONTE: Agência Brasil)