Edição do dia 12/07/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Assaf vence mais uma dentro de casa
ESPORTES - Tricolor derrotou o São José de Cachoeira do Sul
Juliano Kommer atinge resultados expressivos
ESPORTES - Atleta da AMO destacou-se nas corridas realizadas em Estrela e Farroupilha
Copa Cidade: Empates predominam no futsal feminino
ESPORTES - Dos três jogos realizados na rodada, dois terminaram empatados
Categoria 2007 do Genoma está classificada para as quartas de final
ESPORTES - Equipe jogou pela quarta rodada do Campeonato Gaúcho de Escolinhas
2º turno da reforma da Previdência, deverá ser votado em agosto
POLÍTICA - Inicialmente, presidente da Câmara, Rodrigo Maia, havia previsto a votação até este fim de semana
Abertas as inscrições para o Projeto Reativar
GERAL
Mauá: grandes resultados no Estadual de Atletismo
ESPORTES - Onze atletas do colégio participaram da competição em nível adulto
Duo Rellycário lança CD
VARIEDADES
Testemunhas de Jeová: Santa Cruz recebe congresso regional
RELIGIÃO - O público esperado é de 6 mil pessoas
Assembleia da Afubra será no dia 13
EMPRESARIAL
Comung motiva encontro na Assembleia Legislativa
GERAL
Projeto na área da educação incentiva o esporte
EDUCAÇÃO - Durante lançamento das atividades foram entregues diplomas aos medalhistas da Olimpíada Brasileira de Matemática
Curso aborda teoria e prática da substituição tributária do ICMS
ECONOMIA
SICREDI: Centenário em grande estilo
EMPRESARIAL - Cooperativa vai investir ainda mais em projetos regionais
Destaques da Celebrar Mostra Noivas e Festas
ESPECIAIS - Em um único espaço diversas segmentações para a realização de eventos foram apresentadas
Futsal Feminino: Sexta à noite tem Copa Cidade
ESPORTES
Judô: Escola Juliano Campos é destaque em torneio
ESPORTES - Entidade participou da Copa Unisc e colheu diversos bons resultados
MB Challenge: Fernando Jr corre para manter liderança
ESPORTES

Seminário aborda educação e computação

Conscientização de entidades do município para a implementação de computação na educação básica foi o foco

EDUCAÇÃO - 15/02/2019

Eduardo Kroth, falou sobre a importância da conscientização das entidadesEduardo Kroth, falou sobre a importância da conscientização das entidades Crédito: Viviane Fetzer

Nesta quinta-feira, 14 de fevereiro, aconteceu o seminário Educação e Computação - preocupação com o nosso amanhã, no Auditório da Associação de Entidades Empresariais de Santa Cruz do Sul (Assemp). A iniciativa contou com dois palestrantes, a professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), Leila Ribeiro, e o superintendente Regional do Serviço Social da Indústria (Sesi), Juliano Colombo. O evento é uma promoção da Assemp, Ascnor, Associação das Empresas de Tecnologia da Informação dos Vales do Rio Pardo e Taquari (ATIVales) e COMCITI.
“Esse evento está dando atenção a um tema recorrente: que ensino estamos repassando aos nossos estudantes? Que preparação estamos dando para as futuras profissões?. Queremos conscientizar empresários e gestores públicos sobre o futuro da educação básica”, explica o presidente do COMCITI, vice-presidente da Assemp e coordenador do Fórum de Tecnologia e Inovação da Ascnor, Eduardo Kroth, quando fala dos objetivos do seminário. Ele salientou que “é preciso conscientização de todas as entidades do município para poder avançar e recuperar o tempo atrasado. Esse seminário deveria ter sido feito lá em 2010, essa discussão já deveria ter sido feita, mas então agora trouxemos ela para dar força a implantação da computação na educação básica”. 
Segundo Leila Ribeiro, “a questão principal é que hoje a computação faz parte da vida de todo mundo”. Seja pela interface do Whatsapp, redes sociais, mesmo celular, hoje a geladeira tem processador, o rádio também. “Então se a gente não ensinar as pessoas a entenderem e a lidarem com isso, cada vez mais os cidadãos vão ficar a margem do mercado de trabalho, mas principalmente na sua vida, no dia-a-dia. Porque uma coisa é só usar e outra é entender o que está usando. A outra questão da computação é que ela ensina a pensar, ensina a resolver problemas, e ser melhor não só na área de computação, mas em todas as áreas. Tem uma série de estudos que mostra que nas escolas que ensinam computação os alunos vão muito melhor em matemática, em filosofia, em português. É realmente pra vida e não só para quem quer seguir uma carreira na área de exatas”, explicou.
Ela também comentou que existe uma série de conceitos/fundamentos que precisam ser ensinados e isso foi definido nas diretrizes para o ensino de computação na educação básica. “Sabendo isso, o professor pode trabalhar de diversas formas. O primeiro passo que foi definir as habilidades e competências, e que era o mais difícil, já foi dado. E agora tem que capacitar os professores, não é trivial, mas é complicado. Já tivemos várias discussões com o pessoal do Ministério da Educação (MEC). Inclusive o Conselho Nacional de Educação está com as Diretrizes e disseram que podem baixar uma norma a qualquer momento, só que eles precisam da aprovação do MEC e essa aprovação só  vem se existir viabilidade  de se implantar isso”, salientou. Agora é preciso buscar formas para implementar, “porque não adianta eles dizerem que é obrigatório se não existem as condições. Então precisamos encontrar essas formas de viabilizar tanto em municípios, Estado e país pra implantar a computação, porque é extremamente necessário pra vida das pessoas, quem não sabe computação, já não consegue um trabalho”, finalizou. 

Leila Ribeiro: Leila Ribeiro: Crédito: Viviane Fetzer

PALESTRANTES

Leila Ribeiro possui graduação em Ciências da Computação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (Ufrgs), mestrado em Ciências da Computação pela Ufrgs e doutorado em Informática pela Universidade Técnica de Berlim. Atualmente é professora titular da Ufrgs, e membro do IFIP TC1 (Foundations of Computer Science) e membro efetivo da Sociedade Brasileira de Computação (SBC), onde também é diretora de Ensino de Computação na Educação Básica.
Já Juliano Colombo é Bacharel em Ciências Contábeis, com Pós-Graduação em Gestão Empresarial, MBA em Marketing Estratégico e MBA em Finanças, Controladoria e Auditoria. Funcionário do Serviço Social da Indústria (Sesi) no Rio Grande do Sul há mais de 22 anos, ele exerce, desde 2015, a função de Superintendente Regional, tendo vasta experiência na implantação e gestão de projetos nas áreas de Educação e Saúde no trabalho.