Edição do dia 20/09/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Feriado em Santa Cruz do Sul
GERAL - Saiba como funcionarão os principais serviços nesta sexta-feira, 20
Livro Dois meninos será lançado em Santa Cruz
VARIEDADES
JTI promove a língua inglesa entre colaboradores
GERAL
Equipes da Afubra realizam avaliações nas lavouras atingidas
GERAL
100 anos Sicredi VRP: Solenidade marca os 100 anos
ESPECIAIS
100 anos Sicredi VRP: Programação intensa durante todo o ano
ESPECIAIS
Dia do Contador: A saúde financeira do seu negócio depende dele
ESPECIAIS - Conheça um pouco mais sobre a profissão do contador e sua data comemorativa
Mensagem pelo Dia do Contador
ESPECIAIS - Rugard Kanitz - presidente do Sincotec VARP
Dia do Contador: Conheça os vencedores da 6ª edição do Concurso de Redação Tributação e Cidadania
ESPECIAIS
Preservação da cultura alemã no traje oficial
VARIEDADES
As donas das flores
GERAL - O trabalho delas é cultivar a natureza que enfeita a cidade
Shopping Santa Cruz recebe convidadas para bate-papo
GERAL - Quatro mulheres estarão à frente do evento de troca de experiências
Irmãos de Axé visitam Terreiro de Candomblé na Bahia
GERAL
Galo tem jogos importantes no final de semana
ESPORTES
Copa CFC Celso abre decisão em Linha Santa Cruz
ESPORTES
Assaf encara a Assoeva no Ginásio da Unisc neste sábado
ESPORTES
SCS Skate Contest: um incentivo ao esporte
ESPORTES
Gelson Conte substitui China Balbino no Avenida
ESPORTES

Passagem de ônibus chega a R$4,25

A tarifa teve um aumento de 3,75% em Santa Cruz e entra em vigor nesta quinta, 28

ECONOMIA - 26/02/2019

Prefeito Telmo Kirst homologou o valor na última quinta-feiraPrefeito Telmo Kirst homologou o valor na última quinta-feira Crédito: Viviane Fetzer

Rosibel Fagundes
rosibel@riovalejornal.com.br

As passagens do transporte coletivo de Santa Cruz voltarão a subir a partir desta quinta-feira, 28. O reajuste, que altera os atuais R$ 4,00 para R$ 4,25, foi homologado pelo prefeito Telmo Kirst na tarde de quinta-feira, 21. A proposta havia sido sugerida pela Agência Reguladora de Serviços Públicos Delegados (Agerst).  Em janeiro, o Consórcio TCS teria apresentado uma proposta  de R$ 4,65 ou seja, o reajuste seria de 16,25%. Os valores  que foram avaliados como abusivos  pelo promotor de Defesa Comunitária Erico Barin, que solicitou uma reunião com  representantes da Agência. Inicialmente,  o valor proposto era de R4 4,23 após, foi estipulado em R$ 4,25. 
Conforme o promotor Erico Barin, “recebemos na manhã desta segunda-feira de forma oficial e entendemos que o cálculo apresentado se aproxima do que o nosso corpo técnico fez, ou seja, o reajuste em termos de cálculo entendemos que é adequado, mesmo com o recurso que houve internamente por parte da Agerst”.
O debate sobre o reajuste já se arrastava há quase dois meses. O Consórcio TCS solicitou em janeiro o aumento da tarifa para R$ 4,65. Para chegar ao valor, a empresa considerou a redução média de 15 mil passageiros por mês, ao longo do ano passado, mais correção de insumos e gastos com investimentos e pessoal, com a elevação de 16,25%. No entanto, o promotor de Defesa Comunitária, Érico Barin, disse que o valor lhe “soava abusivo”. Barin se reuniu com integrantes da Agerst para verificar o cálculo. O novo valor sugerido de R$ 4,23, e posteriormente R$ 4,25.
A pedido da Agerst, a prefeitura enviará à Câmara de Vereadores um projeto para contratação emergencial de um engenheiro mecânico. O objetivo é avaliar os custos operacionais do transporte coletivo. O Executivo também avaliará a contratação de um estudo técnico para verificar as linhas de ônibus e horários, além da análise de vias asfaltadas. O trabalho será encomendado na tentativa de encontrar meios de reduzir a tarifa. Ainda irá requisitar um estudo de custos do Consórcio TCS à Agerst, com vista ao equilíbrio financeiro do contrato vigente.