Edição do dia 19/11/2019

EDIÇÕES ANTERIORES FOTOS VIDEOS FALE CONOSCO HISTÓRICO - Primeira Edição SANTA CRUZ EM NÚMEROS TELEFONE ÚTEIS

Últimas Notícias

Nota da Prefeitura esclarece atendimentos na saúde feitos por sindicatos
SAÚDE - Ajustes que foram estabelecidos em comum acordo são apresentados
Projeto Carinhoso: atração cultural beneficiará a terceira idade
GERAL - Artistas locais levarão arte para casas geriátricas a partir do mês que vem
Samu: Regulação compartilhada deve entrar em operação até o fim do ano
SAÚDE
Campanhas estimulam a Solidariedade
GERAL
Escritora santa-cruzense lança o livro Melodia Perversa
VARIEDADES
Lifasc: Soberania dos visitantes domina
ESPORTES
Municipal Feminino: Muitos gols marcam a rodada
ESPORTES
Santa Cruz luta, mas perde nos pênaltis para o Soledade
ESPORTES
Regional 2019:Trombudo sai na frente nas semifinais
ESPORTES - Nos Aspirantes deu o Formosa contra o Unidos
Amigos do Cinema exibe Tarkovski
VARIEDADES
Associação Pró-Cultura: Vernissage abre última mostra
VARIEDADES
NOVEMBRO ROXO: Exposição dá início às atividades
SAÚDE - Hospital Santa Cruz preparou também palestra e oficina sobre o mês da Prematuridade
Cisvale debate temas expressivos para a região
GERAL
Portal Lunetas e Mercur promovem bate-papo sobre Infâncias
GERAL
Confraria Nativista: Nova diretoria será empossada
GERAL
Comissão Especial da OAB promove eventos para abordar a Reforma da Previdência
GERAL
Vacinação contra o Sarampo: Nova fase começou nesta segunda
SAÚDE
Santa Cruz tem oito escolas paralisadas
EDUCAÇÃO - Em outros sete educandários o atendimento é parcial e em quatro as atividades seguem normalmente

A negligência diária

EDITORIAL - 01/03/2019

Nesta semana a operação Força Tarefa coordenada pela Prefeitura e que envolve a secretaria de Administração, Guarda Municipal, a Vigilância Sanitária, a Secretaria do Meio Ambiente e o Corpo de Bombeiros da cidade realizou mais interdições em casas noturnas e boates. A Força tarefa surgiu com o intuito de oferecer segurança total aos frequentadores. Ao todo nos 30 dias de operação, 23 locais serão inspecionados no município. Neles, alguns pontos que foram motivo de notificação já poderiam ter sido evitados se não houvesse negligência por parte dos proprietários. 
Na primeira semana foram seis empreendimentos fiscalizados, um deles interditado e os seis receberam notificações. Nesta semana foram dois, sendo que tiveram 24 horas para regularizar diversas situações levantadas, tanto pela Prefeitura, quanto pelo Corpo de Bombeiros, como de risco iminente à circulação de pessoas. 
Medidas dessa natureza deveriam ser mensais para evitar tragédias como as da Boate Kiss, de Brumadinho e do Centro de Treinamento do Flamengo. Existem leis que devem ser cumpridas e regulamentações para inúmeras situações. Quem abre um empreendimento destes sabe o que precisa fazer. Bem como, sabe o que pode acontecer se não fizer. Caso aconteça o pior, é possível ficar tranquilo ao saber que a causa foi negligência?
Uma força tarefa assim não precisava ser feita caso as leis fossem respeitadas. Caso a preocupação não só com o lucro fizesse com que vidas fossem colocadas em risco. E caso o jeitinho brasileiro não falasse mais alto na hora de liberar o funcionamento de algo que não foi bem acabado. Alguns pontos apontados pela força tarefa, não são de tempo de uso, mas sim de má finalização antes de entrar em funcionamento. Por que ainda se busca soluções erradas para ações simples desses empreendimentos? Aos futuros empreendimentos, cuidem e pensem que a responsabilidade vai recair sobre vocês por terem negligenciado os pequenos detalhes que podem salvar a vida dos seus frequentadores.